Ceará tem trechos entre os mais perigosos do Brasil


Rodovias: Ceará tem trechos entre os mais perigosos do Brasil

Os trechos que cortam o Ceará têm em comum a localização em áreas urbanas com intenso fluxo de veículos e de pedestres

Por Roberta Tavares em Ceará

20 de dezembro de 2013 às 09:31

Há 6 anos
Três trechos de BRs no Ceará estão entre os 100 mais perigosos do Brasil

Polícia fará operação para evitar acidentes nos trechos perigosos (FOTO: Marcos Dublê/TV Jangadeiro)

Três trechos de BRs no Ceará estão entre os 100 mais perigosos do Brasil, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O que têm em comum é a localização em áreas urbanas com intenso fluxo de veículos e de pedestres.

O 10º trecho mais perigoso do país está localizado na BR-222, nos quilômetros 0 a 10, entre Fortaleza e Caucaia (Região Metropolitana). No trecho, foram contabilizados 420 acidentes, com 281 feridos e 13 mortes, representando índice de gravidade de 2.150. A taxa é calculada considerando o número de acidentes no trecho e a sua gravidade.

O Ceará também está presente na 16ª posição, com o trecho nos quilômetros 0 a 10 da BR-116, na capital cearense. Com índice de gravidade 1.666, o trecho registrou 471 acidentes, com 154 feridos e 17 mortes. Por último, na posição 88º aparece o trecho da BR-116 (dos quilômetros 10 a 20). O índice é de 808, com 148 acidentes, 87 feridos e 9 mortes.

Trechos no Brasil

Nos 100 trechos mais perigosos, o governo registrou 784 mortes e 14.613 feridos, num total de 34.748 acidentes. O Ministério da Justiça informou que os 100 trechos abrangem 26,9% dos acidentes nas estradas federais do Brasil, e 9,6% das mortes nas rodovias. Estes 100 trechos identificados, de acordo com a PRF, correspondem a mil quilômetros, dos 68 mil de rodovias federais que há no país.

Segundo os índices de gravidade divulgados pelo Ministério da Justiça, o trecho mais perigoso do país é entre os quilômetros 200 e 210 da BR-101, em Santa Catarina, onde houve neste ano 1.049 acidentes, com 516 feridos e 13 mortos.

> LEIA MAIS

O segundo trecho mais perigoso do país é na BR-381, em Minas Gerais, entre os quilômetros 490 e 500, onde houve 889 acidentes em 2013, com 273 feridos e 20 mortes. Já o terceiro ponto mais perigoso está na BR-116, em São Paulo, entre os quilômetros 220 e 230, onde houve 612 acidentes, com 313 feridos e 18 mortes neste ano.

Operação Rodovida

Com o objetivo de garantir a segurança e a fluidez no trânsito de todos aqueles que precisam utilizar as rodovias federais para seus deslocamentos, a PRF vai intensificar a fiscalização, principalmente em pontos críticos onde, estatisticamente, há uma maior incidência de acidentes com vítimas.

A Rodovida acontecerá em duas etapas: 1ª etapa – fim de ano e férias: de 20 de dezembro de 2013 a 31 de janeiro de 2014; e 2ª etapa – carnaval: de 21 de fevereiro a 9 de março de 2014.

Publicidade

Dê sua opinião

Rodovias: Ceará tem trechos entre os mais perigosos do Brasil

Os trechos que cortam o Ceará têm em comum a localização em áreas urbanas com intenso fluxo de veículos e de pedestres

Por Roberta Tavares em Ceará

20 de dezembro de 2013 às 09:31

Há 6 anos
Três trechos de BRs no Ceará estão entre os 100 mais perigosos do Brasil

Polícia fará operação para evitar acidentes nos trechos perigosos (FOTO: Marcos Dublê/TV Jangadeiro)

Três trechos de BRs no Ceará estão entre os 100 mais perigosos do Brasil, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O que têm em comum é a localização em áreas urbanas com intenso fluxo de veículos e de pedestres.

O 10º trecho mais perigoso do país está localizado na BR-222, nos quilômetros 0 a 10, entre Fortaleza e Caucaia (Região Metropolitana). No trecho, foram contabilizados 420 acidentes, com 281 feridos e 13 mortes, representando índice de gravidade de 2.150. A taxa é calculada considerando o número de acidentes no trecho e a sua gravidade.

O Ceará também está presente na 16ª posição, com o trecho nos quilômetros 0 a 10 da BR-116, na capital cearense. Com índice de gravidade 1.666, o trecho registrou 471 acidentes, com 154 feridos e 17 mortes. Por último, na posição 88º aparece o trecho da BR-116 (dos quilômetros 10 a 20). O índice é de 808, com 148 acidentes, 87 feridos e 9 mortes.

Trechos no Brasil

Nos 100 trechos mais perigosos, o governo registrou 784 mortes e 14.613 feridos, num total de 34.748 acidentes. O Ministério da Justiça informou que os 100 trechos abrangem 26,9% dos acidentes nas estradas federais do Brasil, e 9,6% das mortes nas rodovias. Estes 100 trechos identificados, de acordo com a PRF, correspondem a mil quilômetros, dos 68 mil de rodovias federais que há no país.

Segundo os índices de gravidade divulgados pelo Ministério da Justiça, o trecho mais perigoso do país é entre os quilômetros 200 e 210 da BR-101, em Santa Catarina, onde houve neste ano 1.049 acidentes, com 516 feridos e 13 mortos.

> LEIA MAIS

O segundo trecho mais perigoso do país é na BR-381, em Minas Gerais, entre os quilômetros 490 e 500, onde houve 889 acidentes em 2013, com 273 feridos e 20 mortes. Já o terceiro ponto mais perigoso está na BR-116, em São Paulo, entre os quilômetros 220 e 230, onde houve 612 acidentes, com 313 feridos e 18 mortes neste ano.

Operação Rodovida

Com o objetivo de garantir a segurança e a fluidez no trânsito de todos aqueles que precisam utilizar as rodovias federais para seus deslocamentos, a PRF vai intensificar a fiscalização, principalmente em pontos críticos onde, estatisticamente, há uma maior incidência de acidentes com vítimas.

A Rodovida acontecerá em duas etapas: 1ª etapa – fim de ano e férias: de 20 de dezembro de 2013 a 31 de janeiro de 2014; e 2ª etapa – carnaval: de 21 de fevereiro a 9 de março de 2014.