Coral formado por 40 detentos se apresenta no Theatro José de Alencar


Coral formado por 40 detentos se apresenta no Theatro José de Alencar

A apresentação é gratuita e os 800 lugares são abertos ao público

Por Tribuna do Ceará em Ceará

19 de novembro de 2012 às 08:19

Há 7 anos

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus) promove nesta terça-feira, (20), o 1º Concerto de Natal Justiça & Cidadania, a partir das 18h30, no Theatro José de Alencar. O momento conta com a apresentação do Coral Vozes da Liberdade, formado por 40 internos do sistema penitenciário cearense, e da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

O projeto é uma forma de auxiliar no resgate da auto-estima do encarcerado, de promover a cultura e, principalmente, de apresentar à sociedade o potencial de inclusão social da pessoa presa.

O repertório do Concerto é composto por clássicos natalinos como Noite Feliz e Bom Natal; além de músicas que exaltam valores familiares como Depende de Nós, dentre outras. A apresentação é gratuita e os 800 lugares do Theatro José de Alencar são abertos ao público.

Sobre o Coral

Coral Vozes da Liberdade

Coral Vozes da Liberdade se apresenta junto á Orquestra da UECE (FOTO: Divulgação/Sejus)

Formado por 40 detentos do sistema penitenciário cearense, o Coral Vozes da Liberdade é desenvolvido por meio de ensaios semanais, pela maestrina Bary Sampaio, para os internos do Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa (IPF) e do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), com aulas de canto e expressão corporal.

“A Sejus tem buscado incentivar a ressocialização com destaque para as ações de incentivo à educação, à cultura e ao trabalho, dando horizontes para aquela pessoa que cometeu um erro, mas busca uma nova chance quando retornar à sociedade”, enfatiza a secretária da Justiça e Cidadania, Mariana Lobo. Deste modo, diversas ações, vinculadas à Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso, tem sido traçadas com intuito de promover este resgate e oportunizar o retorno ao convívio social e o resgate da auto-estima dos encarcerados.

Esta é a segunda apresentação conjunta do Coral Vozes da Liberdade e a Orquestra Sinfônica da Uece. O primeiro encontro aconteceu na abertura V Congresso da Associação Interamericana de Defensores Públicos, em agosto de 2012.

Com informações da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará

Publicidade

Dê sua opinião

Coral formado por 40 detentos se apresenta no Theatro José de Alencar

A apresentação é gratuita e os 800 lugares são abertos ao público

Por Tribuna do Ceará em Ceará

19 de novembro de 2012 às 08:19

Há 7 anos

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus) promove nesta terça-feira, (20), o 1º Concerto de Natal Justiça & Cidadania, a partir das 18h30, no Theatro José de Alencar. O momento conta com a apresentação do Coral Vozes da Liberdade, formado por 40 internos do sistema penitenciário cearense, e da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

O projeto é uma forma de auxiliar no resgate da auto-estima do encarcerado, de promover a cultura e, principalmente, de apresentar à sociedade o potencial de inclusão social da pessoa presa.

O repertório do Concerto é composto por clássicos natalinos como Noite Feliz e Bom Natal; além de músicas que exaltam valores familiares como Depende de Nós, dentre outras. A apresentação é gratuita e os 800 lugares do Theatro José de Alencar são abertos ao público.

Sobre o Coral

Coral Vozes da Liberdade

Coral Vozes da Liberdade se apresenta junto á Orquestra da UECE (FOTO: Divulgação/Sejus)

Formado por 40 detentos do sistema penitenciário cearense, o Coral Vozes da Liberdade é desenvolvido por meio de ensaios semanais, pela maestrina Bary Sampaio, para os internos do Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa (IPF) e do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), com aulas de canto e expressão corporal.

“A Sejus tem buscado incentivar a ressocialização com destaque para as ações de incentivo à educação, à cultura e ao trabalho, dando horizontes para aquela pessoa que cometeu um erro, mas busca uma nova chance quando retornar à sociedade”, enfatiza a secretária da Justiça e Cidadania, Mariana Lobo. Deste modo, diversas ações, vinculadas à Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso, tem sido traçadas com intuito de promover este resgate e oportunizar o retorno ao convívio social e o resgate da auto-estima dos encarcerados.

Esta é a segunda apresentação conjunta do Coral Vozes da Liberdade e a Orquestra Sinfônica da Uece. O primeiro encontro aconteceu na abertura V Congresso da Associação Interamericana de Defensores Públicos, em agosto de 2012.

Com informações da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará