Criação da Universidade Federal do Cariri é aprovada e terá investimento de R$ R$ 157 milhões


Criação da Universidade Federal do Cariri é aprovada

De acordo com o relatório do deputado José Guimarães (PT-CE), está previsto o investimento de R$ 157 milhões

Por Tribuna do Ceará em Ceará

3 de abril de 2013 às 14:22

Há 6 anos

Um Projeto de Lei que cria a Universidade Federal Regional do Cariri (UFCA), com sede na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, foi aprovado nesta quarta-feira (3) pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. De acordo com o relatório do deputado José Guimarães (PT-CE), está previsto o investimento de R$ 157 milhões.

A nova universidade vai ser integrada pelos campi já existentes de Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato, que serão desmembrados da Universidade Federal do Ceará (UFC). Além disso, serão criados novos campi nos municípios de Icó e Brejo Santo.

“É uma conquista histórica, com papel estratégico para o desenvolvimento da região. Terá forte impacto na economia local, nos serviços e no comércio. A universidade já nasce pujante, com investimentos previstos em R$ 157 milhões até 2017, o maior já realizado em educação no Cariri. Estamos todos de parabéns”, comemorou o deputado Guimarães, que também foi relator da matéria na Comissão de Finanças e Tributação da Casa.

27 cursos de graduação

De acordo com o projeto, deverão ser oferecidos inicialmente 27 cursos de graduação. A meta do governo é atender a 6.490 estudantes de graduação e pós-graduação, além da contratação de 197 professores, 212 funcionários de nível superior e 318 profissionais de nível intermediário. O projeto também cria 482 cargos de direção e funções gratificadas.

Impacto orçamentário

O governo estima o impacto orçamentário decorrente da criação dos cargos de direção e de funções gratificadas em R$ 9,95 milhões para 2013. Já no que se refere aos cargos efetivos a serem criados, informa que o impacto será de forma gradativa, a partir do provimento desses, e estimado em R$ 13 milhões para 2013, R$ 19 milhões para 2014 e R$ 10 milhões para 2015.

“Com a criação da nova universidade no Cariri, o governo Dilma dá continuidade ao plano de expansão do ensino superior iniciado pelo governo Lula, mantendo o compromisso de garantir mais cidadania e desenvolvimento às cidades polo, no Ceará e no Brasil”, disse Guimarães.

Publicidade

Dê sua opinião

Criação da Universidade Federal do Cariri é aprovada

De acordo com o relatório do deputado José Guimarães (PT-CE), está previsto o investimento de R$ 157 milhões

Por Tribuna do Ceará em Ceará

3 de abril de 2013 às 14:22

Há 6 anos

Um Projeto de Lei que cria a Universidade Federal Regional do Cariri (UFCA), com sede na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, foi aprovado nesta quarta-feira (3) pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. De acordo com o relatório do deputado José Guimarães (PT-CE), está previsto o investimento de R$ 157 milhões.

A nova universidade vai ser integrada pelos campi já existentes de Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato, que serão desmembrados da Universidade Federal do Ceará (UFC). Além disso, serão criados novos campi nos municípios de Icó e Brejo Santo.

“É uma conquista histórica, com papel estratégico para o desenvolvimento da região. Terá forte impacto na economia local, nos serviços e no comércio. A universidade já nasce pujante, com investimentos previstos em R$ 157 milhões até 2017, o maior já realizado em educação no Cariri. Estamos todos de parabéns”, comemorou o deputado Guimarães, que também foi relator da matéria na Comissão de Finanças e Tributação da Casa.

27 cursos de graduação

De acordo com o projeto, deverão ser oferecidos inicialmente 27 cursos de graduação. A meta do governo é atender a 6.490 estudantes de graduação e pós-graduação, além da contratação de 197 professores, 212 funcionários de nível superior e 318 profissionais de nível intermediário. O projeto também cria 482 cargos de direção e funções gratificadas.

Impacto orçamentário

O governo estima o impacto orçamentário decorrente da criação dos cargos de direção e de funções gratificadas em R$ 9,95 milhões para 2013. Já no que se refere aos cargos efetivos a serem criados, informa que o impacto será de forma gradativa, a partir do provimento desses, e estimado em R$ 13 milhões para 2013, R$ 19 milhões para 2014 e R$ 10 milhões para 2015.

“Com a criação da nova universidade no Cariri, o governo Dilma dá continuidade ao plano de expansão do ensino superior iniciado pelo governo Lula, mantendo o compromisso de garantir mais cidadania e desenvolvimento às cidades polo, no Ceará e no Brasil”, disse Guimarães.