Fortaleza já registrou em 15 dias mais chuva do que a média histórica de março

HAJA ÁGUA!

Fortaleza já registrou em 15 dias mais chuva do que a média histórica de março

Fortaleza foi a 7ª cidade cearense onde mais choveu na primeira quinzena de março

Por Tribuna do Ceará em Ceará

16 de março de 2019 às 17:24

Há 4 meses
Fortaleza já havia registrado mais chuvas do que a média histórica em janeiro e fevereiro (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

Fortaleza já havia registrado mais chuvas do que a média histórica em janeiro e fevereiro (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

O mês de março trouxe muita chuva para Fortaleza. E isso já fica comprovado pelos números. Nas duas primeiras semanas do mês, choveu mais na capital cearense do que a média histórica de março.

Até as 7h deste sábado (16), a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme) registrou a ocorrência de 357 milímetros em Fortaleza. A média histórica de março, considerando o período de 1981 a 2010, é de 323 mm. A variação até aqui, portanto, é de 10%.

Fortaleza é a 7ª cidade cearense onde mais choveu na primeira quinzena de março. No momento, a capital está atrás de Itaitinga (453 mm), Paraipaba (407 mm), São Gonçalo do Amarante (403 mm), Paracuru (402 mm), Amontada (392 mm) e Aquiraz (387 mm).

De todas essas cidades, somente Itaitinga não está no litoral. Itaitinga, por sinal, é a cidade que atinge o maior desvio em relação à média histórica de março, considerando as 12 onde mais choveu no mês. O normal é a marca de 250 mm – ou seja, desvio de 80%.

A capital cearense já havia assinalado mais chuvas do que a média nos meses de janeiro (290 mm contra 120 mm, crescimento de 240%) e fevereiro (466 mm contra 176 mm, crescimento de 264%).

Noite chuvosa

Municípios da região do Pecém e de Fortaleza registraram, entre as 7h desta sexta-feira (15) e as 7h deste sábado (16), as maiores chuva do Ceará, conforme a Funceme.

Os maiores acumulados se deram em dois postos de Itaitinga, com 120 mm e 103 mm. Horizonte, com 99 mm, e Paracuru, com 98 mm, vêm em seguida. Em Fortaleza, o maior observado foi no posto da Água Fria, onde foram registrados 73 mm.

Publicidade

Dê sua opinião

HAJA ÁGUA!

Fortaleza já registrou em 15 dias mais chuva do que a média histórica de março

Fortaleza foi a 7ª cidade cearense onde mais choveu na primeira quinzena de março

Por Tribuna do Ceará em Ceará

16 de março de 2019 às 17:24

Há 4 meses
Fortaleza já havia registrado mais chuvas do que a média histórica em janeiro e fevereiro (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

Fortaleza já havia registrado mais chuvas do que a média histórica em janeiro e fevereiro (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

O mês de março trouxe muita chuva para Fortaleza. E isso já fica comprovado pelos números. Nas duas primeiras semanas do mês, choveu mais na capital cearense do que a média histórica de março.

Até as 7h deste sábado (16), a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme) registrou a ocorrência de 357 milímetros em Fortaleza. A média histórica de março, considerando o período de 1981 a 2010, é de 323 mm. A variação até aqui, portanto, é de 10%.

Fortaleza é a 7ª cidade cearense onde mais choveu na primeira quinzena de março. No momento, a capital está atrás de Itaitinga (453 mm), Paraipaba (407 mm), São Gonçalo do Amarante (403 mm), Paracuru (402 mm), Amontada (392 mm) e Aquiraz (387 mm).

De todas essas cidades, somente Itaitinga não está no litoral. Itaitinga, por sinal, é a cidade que atinge o maior desvio em relação à média histórica de março, considerando as 12 onde mais choveu no mês. O normal é a marca de 250 mm – ou seja, desvio de 80%.

A capital cearense já havia assinalado mais chuvas do que a média nos meses de janeiro (290 mm contra 120 mm, crescimento de 240%) e fevereiro (466 mm contra 176 mm, crescimento de 264%).

Noite chuvosa

Municípios da região do Pecém e de Fortaleza registraram, entre as 7h desta sexta-feira (15) e as 7h deste sábado (16), as maiores chuva do Ceará, conforme a Funceme.

Os maiores acumulados se deram em dois postos de Itaitinga, com 120 mm e 103 mm. Horizonte, com 99 mm, e Paracuru, com 98 mm, vêm em seguida. Em Fortaleza, o maior observado foi no posto da Água Fria, onde foram registrados 73 mm.