Guido Mantega afirma que declaração de Cid Gomes é “equivocada”


Guido Mantega afirma que declaração de Cid Gomes é “equivocada”

Governador do Ceará havia declarado que a divulgação dos dados negativos seria uma forma de retaliação do ministro

Por Roberta Tavares em Ceará

17 de dezembro de 2013 às 09:51

Há 6 anos
Mantega rebate críticas de Cid Gomes (FOTO: Agência Brasil)

Mantega rebate críticas de Cid Gomes (FOTO: Agência Brasil)

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou, ainda na noite desta segunda-feira (16), que não procede a declaração feita pelo governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), de que estaria procurando retaliar o Estado do Ceará.

Guido Mantega informou, por meio de nota, que “considera equivocada qualquer ilação de que estaria plantando notícias negativas contra o Ceará”.

Na manhã de segunda, o governador havia declarado ainda que o relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) é atrasado e que a divulgação dos dados seria uma forma de retaliação do ministro. A declaração foi concedida após o TCU ter rebaixado a nota do Ceará no ranking de análise financeira dos Estados e ter classificado como “insuficientes” as garantias da gestão Cid Gomes para receber empréstimo de até R$ 100 milhões do Banco Mundial.

> LEIA MAIS

Em resposta, o Mantega disse que assinou, no dia 3 de dezembro, a aprovação de duas operações de crédito externo para o Estado do Ceará com aval da União. Uma no valor de US$ 400 bilhões junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), e outra de US$ 350 bilhões, entre o Ceará e o Banco Mundial.

Após ampla análise técnica, o “Ministério da Fazenda constatou que a situação financeira do Ceará era de baixo nível de endividamento, o que possibilitou a operação”, informou a nota.

Publicidade

Dê sua opinião

Guido Mantega afirma que declaração de Cid Gomes é “equivocada”

Governador do Ceará havia declarado que a divulgação dos dados negativos seria uma forma de retaliação do ministro

Por Roberta Tavares em Ceará

17 de dezembro de 2013 às 09:51

Há 6 anos
Mantega rebate críticas de Cid Gomes (FOTO: Agência Brasil)

Mantega rebate críticas de Cid Gomes (FOTO: Agência Brasil)

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou, ainda na noite desta segunda-feira (16), que não procede a declaração feita pelo governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), de que estaria procurando retaliar o Estado do Ceará.

Guido Mantega informou, por meio de nota, que “considera equivocada qualquer ilação de que estaria plantando notícias negativas contra o Ceará”.

Na manhã de segunda, o governador havia declarado ainda que o relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) é atrasado e que a divulgação dos dados seria uma forma de retaliação do ministro. A declaração foi concedida após o TCU ter rebaixado a nota do Ceará no ranking de análise financeira dos Estados e ter classificado como “insuficientes” as garantias da gestão Cid Gomes para receber empréstimo de até R$ 100 milhões do Banco Mundial.

> LEIA MAIS

Em resposta, o Mantega disse que assinou, no dia 3 de dezembro, a aprovação de duas operações de crédito externo para o Estado do Ceará com aval da União. Uma no valor de US$ 400 bilhões junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), e outra de US$ 350 bilhões, entre o Ceará e o Banco Mundial.

Após ampla análise técnica, o “Ministério da Fazenda constatou que a situação financeira do Ceará era de baixo nível de endividamento, o que possibilitou a operação”, informou a nota.