Número de cearenses jovens fora do mercado de trabalho lotaria 12 Castelões

IBGE

Número de cearenses jovens fora do mercado de trabalho lotaria 12 estádios Castelão

Existem 757 mil jovens de 14 a 24 anos fora do mercado de trabalho, e desses 214 mil nem trabalham e nem estudam

Por Jangadeiro FM em Ceará

21 de novembro de 2016 às 06:30

Há 3 anos
O número cresceu de acordo com pesquisa (FOTO: Divulgação)

O número cresceu de acordo com pesquisa (FOTO: Divulgação)

Dados da pesquisa nacional por amostra de domicílios contínua do IBGE apontam que, no primeiro trimestre deste ano, 679 mil jovens estão fora do mercado de trabalho. No segundo trimestre, este número subiu para 757 mil, o equivalente a quase 12 vezes a capacidade do estádio Castelão.

Destes, 543 mil jovens são considerados ocupados, por estarem apenas estudando. Já o número de jovens que não trabalham e não estudam chega a 214 mil, como informa Francisco Lopes, chefe da unidade do IBGE no Ceará, na Rede Jangadeiro FM.

Para a consultora de Recursos Humanos e coach Ana Paula Vaz, o jovem desempregado deve investir em leituras. Além disso, a coach reforça que investir no desenvolvimento comportamental é crucial para continuar ativo no mercado de trabalho.

“A grande questão é como se aprimorar quando não está trabalho. Primeiro é ler mais, abrir a mente para se posicionar e saber o que quer e ter mais conhecimento. Isso auxila também na área que você quer se especializar”, comenta.

Apenas na capital cearense, 207 mil jovens de 14 a 24 anos estavam desempregados no primeiro trimestre deste ano, no segundo trimestre este número subiu para 231 mil.

Ouça a matéria do repórter Joao Ricart, da Rede Jangadeiro FM:

Publicidade

Dê sua opinião

IBGE

Número de cearenses jovens fora do mercado de trabalho lotaria 12 estádios Castelão

Existem 757 mil jovens de 14 a 24 anos fora do mercado de trabalho, e desses 214 mil nem trabalham e nem estudam

Por Jangadeiro FM em Ceará

21 de novembro de 2016 às 06:30

Há 3 anos
O número cresceu de acordo com pesquisa (FOTO: Divulgação)

O número cresceu de acordo com pesquisa (FOTO: Divulgação)

Dados da pesquisa nacional por amostra de domicílios contínua do IBGE apontam que, no primeiro trimestre deste ano, 679 mil jovens estão fora do mercado de trabalho. No segundo trimestre, este número subiu para 757 mil, o equivalente a quase 12 vezes a capacidade do estádio Castelão.

Destes, 543 mil jovens são considerados ocupados, por estarem apenas estudando. Já o número de jovens que não trabalham e não estudam chega a 214 mil, como informa Francisco Lopes, chefe da unidade do IBGE no Ceará, na Rede Jangadeiro FM.

Para a consultora de Recursos Humanos e coach Ana Paula Vaz, o jovem desempregado deve investir em leituras. Além disso, a coach reforça que investir no desenvolvimento comportamental é crucial para continuar ativo no mercado de trabalho.

“A grande questão é como se aprimorar quando não está trabalho. Primeiro é ler mais, abrir a mente para se posicionar e saber o que quer e ter mais conhecimento. Isso auxila também na área que você quer se especializar”, comenta.

Apenas na capital cearense, 207 mil jovens de 14 a 24 anos estavam desempregados no primeiro trimestre deste ano, no segundo trimestre este número subiu para 231 mil.

Ouça a matéria do repórter Joao Ricart, da Rede Jangadeiro FM: