OAB cria comitê para combater a corrupção no Ceará - Noticias


OAB cria comitê para combater a corrupção no Ceará

A Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE) lança, nesta quinta-feira (4), o Comitê Institucional Permanente de Combate à Corrupção Pública. O objetivo, como o próprio nome sugere, é combater a corrupção pública no Estado do Ceará

Por Tribuna do Ceará em Ceará

4 de agosto de 2011 às 09:03

Há 8 anos

Após várias denúncias sobre supostas fraudes em licitações para a construção de banheiros para famílias carentes em vários municípios cearenses, a Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE) resolveu criar o Comitê Institucional Permanente de Combate à Corrupção Pública.

O lançamento ocorre na manhã desta quinta-feira (4). O objetivo, como o nome já sugere, é combater a corrupção pública nos municípios do Ceará. Saiba mais detalhes na entrevista exclusiva de Edimir Martins, coordenador do “Movimento Justiça Já” da OAB, ao Jangadeiro Online:

Redação Jangadeiro Online, com informações da OAB e colaboração da repórter Caroline Ribeiro

Publicidade

Dê sua opinião

OAB cria comitê para combater a corrupção no Ceará

A Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE) lança, nesta quinta-feira (4), o Comitê Institucional Permanente de Combate à Corrupção Pública. O objetivo, como o próprio nome sugere, é combater a corrupção pública no Estado do Ceará

Por Tribuna do Ceará em Ceará

4 de agosto de 2011 às 09:03

Há 8 anos

Após várias denúncias sobre supostas fraudes em licitações para a construção de banheiros para famílias carentes em vários municípios cearenses, a Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE) resolveu criar o Comitê Institucional Permanente de Combate à Corrupção Pública.

O lançamento ocorre na manhã desta quinta-feira (4). O objetivo, como o nome já sugere, é combater a corrupção pública nos municípios do Ceará. Saiba mais detalhes na entrevista exclusiva de Edimir Martins, coordenador do “Movimento Justiça Já” da OAB, ao Jangadeiro Online:

Redação Jangadeiro Online, com informações da OAB e colaboração da repórter Caroline Ribeiro