Pai acusado de abusar sexualmente da filha tem liberdade negada - Noticias


Pai acusado de abusar sexualmente da filha tem liberdade negada

Um agricultor acusado de abusar sexualmente da filha, de 16 anos, teve o habeas corpus negado. A decisão foi proferida nesta segunda-feira (16), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE)

Por Rodrigo Cavalcante em Ceará

18 de abril de 2012 às 19:24

Há 7 anos

Um agricultor acusado de abusar sexualmente da filha, de 16 anos, teve o habeas corpus negado. A decisão foi proferida nesta segunda-feira (16), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

O réu teve a prisão preventiva decretada em julho de 2011, e estava detido na Cadeia Pública de Barbalha, a 525 km de Fortaleza. Segundo os autos, a vítima voltava para casa quando foi abordada pelo pai, que a amarrou e a levou para um matagal. A garota foi abusada sexualmente e acabou engravidando do acusado.

Depoimento

Em depoimento, o agricultor negou o estupro. A defesa ingressou com habeas corpus no TJCE objetivando a soltura do réu, sob a alegação de excesso de prazo na formação da culpa. Ainda segundo a defesa, a decisão que decretou a prisão do agricultor não foi fundamentada.

Ao analisar o caso, a 2ª Câmara Criminal negou o pedido de liberdade. De acordo com a relatora do processo, desembargadora Francisca Adelineide Viana, a prisão do acusado levou em conta a gravidade do crime e objetiva garantir a ordem pública.

Leia mais:
PMs acusados de tentativa de homicídio contra turistas são absolvidos

Publicidade

Dê sua opinião

Pai acusado de abusar sexualmente da filha tem liberdade negada

Um agricultor acusado de abusar sexualmente da filha, de 16 anos, teve o habeas corpus negado. A decisão foi proferida nesta segunda-feira (16), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE)

Por Rodrigo Cavalcante em Ceará

18 de abril de 2012 às 19:24

Há 7 anos

Um agricultor acusado de abusar sexualmente da filha, de 16 anos, teve o habeas corpus negado. A decisão foi proferida nesta segunda-feira (16), pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

O réu teve a prisão preventiva decretada em julho de 2011, e estava detido na Cadeia Pública de Barbalha, a 525 km de Fortaleza. Segundo os autos, a vítima voltava para casa quando foi abordada pelo pai, que a amarrou e a levou para um matagal. A garota foi abusada sexualmente e acabou engravidando do acusado.

Depoimento

Em depoimento, o agricultor negou o estupro. A defesa ingressou com habeas corpus no TJCE objetivando a soltura do réu, sob a alegação de excesso de prazo na formação da culpa. Ainda segundo a defesa, a decisão que decretou a prisão do agricultor não foi fundamentada.

Ao analisar o caso, a 2ª Câmara Criminal negou o pedido de liberdade. De acordo com a relatora do processo, desembargadora Francisca Adelineide Viana, a prisão do acusado levou em conta a gravidade do crime e objetiva garantir a ordem pública.

Leia mais:
PMs acusados de tentativa de homicídio contra turistas são absolvidos