Presidente da Câmara de Quixadá é preso em operação do MP e da Polícia Civil

LICITAÇÕES

Presidente da Câmara de Quixadá é preso em operação do MP e da Polícia Civil

Além da casa do presidente da Câmara, a residência do prefeito Ilário Marques (PT), a Câmara de Quixadá e a sede administrativa da Prefeitura também foram alvos de buscas

Por Tribuna do Ceará em Ceará

24 de abril de 2019 às 12:03

Há 3 meses

Ministério Público e Polícia Civil deflagram operação em Quixadá. (FOTO: Divulgação/MPCE)

O presidente da Câmara Municipal de Quixadá, no sertão cearense, foi preso na manhã desta quarta-feira (24), em operação realizada pelo Ministério Público. Duas operações que investigam crimes contra a administração pública do município estão sendo realizadas em parceria com a Polícia Civil. A casa do prefeito Ilário Marques também foi alvo de buscas. Os dois são filiados ao PT.

A Procuradoria Geral de Justiça confirmou a prisão preventiva de Francisco Ivan Benfício de Sá, conhecido como Ivan Construções. Durante as operações, além da casa do presidente da Câmara, a residência de Ilário, a Câmara de Quixadá e a sede administrativa da Prefeitura também foram alvos de buscas.

As operações Casa de Palha e Fiel da Balança apuram crimes contra a administração pública de Quixadá, como fraude em licitações, peculato, que é quando o funcionário público desvia bens ou dinheiro em benefício próprio ou de outra pessoa, além de ações irregulares ligadas à realização de obras de engenharia no município.

Outros mandados de busca e apreensão, de prisão e de afastamento das funções públicas também foram cumpridos em três cidades do Ceará. Ao todo, foram expedidos sete mandados de prisão temporária.

Publicidade

Dê sua opinião

LICITAÇÕES

Presidente da Câmara de Quixadá é preso em operação do MP e da Polícia Civil

Além da casa do presidente da Câmara, a residência do prefeito Ilário Marques (PT), a Câmara de Quixadá e a sede administrativa da Prefeitura também foram alvos de buscas

Por Tribuna do Ceará em Ceará

24 de abril de 2019 às 12:03

Há 3 meses

Ministério Público e Polícia Civil deflagram operação em Quixadá. (FOTO: Divulgação/MPCE)

O presidente da Câmara Municipal de Quixadá, no sertão cearense, foi preso na manhã desta quarta-feira (24), em operação realizada pelo Ministério Público. Duas operações que investigam crimes contra a administração pública do município estão sendo realizadas em parceria com a Polícia Civil. A casa do prefeito Ilário Marques também foi alvo de buscas. Os dois são filiados ao PT.

A Procuradoria Geral de Justiça confirmou a prisão preventiva de Francisco Ivan Benfício de Sá, conhecido como Ivan Construções. Durante as operações, além da casa do presidente da Câmara, a residência de Ilário, a Câmara de Quixadá e a sede administrativa da Prefeitura também foram alvos de buscas.

As operações Casa de Palha e Fiel da Balança apuram crimes contra a administração pública de Quixadá, como fraude em licitações, peculato, que é quando o funcionário público desvia bens ou dinheiro em benefício próprio ou de outra pessoa, além de ações irregulares ligadas à realização de obras de engenharia no município.

Outros mandados de busca e apreensão, de prisão e de afastamento das funções públicas também foram cumpridos em três cidades do Ceará. Ao todo, foram expedidos sete mandados de prisão temporária.