Presos fazem acordo e decretam fim da greve de fome na CPPLI


Presos fazem acordo e decretam fim da greve de fome na CPPLI

Os presos jantaram na noite desta sexta-feira (22), após mais de 72 horas de privação voluntária de alimentação

Por Tribuna do Ceará em Ceará

22 de fevereiro de 2013 às 19:52

Há 6 anos

O presidiários que fazia greve de fome na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) I fizeram um acordo com a Coordenadoria do Sistema Penitenciário (Cosipe), decretando o fim do protesto, segundo a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus).

Os presos jantaram na noite desta sexta-feira (22), após mais de 72 horas de privação voluntária de alimentação e de terem alguns itens atendidos como: a nova logística na entrada das visitas (após a chegada dos novos agentes), dentre outras pautas que dizem respeito a rotina do cárcere como limpeza, disciplina e a retomada do Parlamento Carcerário (comissão de presos que conversa mensalmente com a direção de cada unidade).

Transferência

Mesmo com o fim da greve, 14 presos foram transferidos para Presídio Federal de Catanduvas. De acordo com a Sejus, estes internos atuaram como sendo alguns dos líderes de um movimento que constrangeu centenas de presos a pararem de comer durante os últimos dias com intuito de, por meio de pedidos que não poderiam ser atendidos, criar motivação para provocar desordem e caos na cidade de Fortaleza. Os relatórios da secretaria apontam que estes presos estariam envolvidos em tumultos, conflitos e no gerenciamento do crime organizado.

Com base nas informações estaduais, o Departamento Penitenciário Nacional acatou o envio dos mesmos, com as devidas autorizações judiciais dos dois estados (Ceará e Paraná). A Sejus ainda informou que a medida resguarda a segurança da sociedade e a paz social, tendo em vista as ameaças feitas por alguns presos.

Confira a lista dos presos transferidos

1. Adriano Pessoa Holanda

2. Alexandre Neto Pinheiro

3. Daniel Belmiro José Rodrigues

4. Francisco Arielson de Sousa

5. Francisco Francivanio Peixoto Fernandes

6. Francisco Jonas Andrade Albuqueque

7. Francisco Jorge Ciriaco da Costa

8. Jadson Rafael de Lima

9. Jean Carlos Moura dos Santos

10. Jean Maia da Costa

11. José Aldir Lopes de Oliveira

12. Marcilio Alves Feitosa

13. Paulo Laercio Perreira de Freitas

14. Rodrigo Lucchetti

Publicidade

Dê sua opinião

Presos fazem acordo e decretam fim da greve de fome na CPPLI

Os presos jantaram na noite desta sexta-feira (22), após mais de 72 horas de privação voluntária de alimentação

Por Tribuna do Ceará em Ceará

22 de fevereiro de 2013 às 19:52

Há 6 anos

O presidiários que fazia greve de fome na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) I fizeram um acordo com a Coordenadoria do Sistema Penitenciário (Cosipe), decretando o fim do protesto, segundo a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus).

Os presos jantaram na noite desta sexta-feira (22), após mais de 72 horas de privação voluntária de alimentação e de terem alguns itens atendidos como: a nova logística na entrada das visitas (após a chegada dos novos agentes), dentre outras pautas que dizem respeito a rotina do cárcere como limpeza, disciplina e a retomada do Parlamento Carcerário (comissão de presos que conversa mensalmente com a direção de cada unidade).

Transferência

Mesmo com o fim da greve, 14 presos foram transferidos para Presídio Federal de Catanduvas. De acordo com a Sejus, estes internos atuaram como sendo alguns dos líderes de um movimento que constrangeu centenas de presos a pararem de comer durante os últimos dias com intuito de, por meio de pedidos que não poderiam ser atendidos, criar motivação para provocar desordem e caos na cidade de Fortaleza. Os relatórios da secretaria apontam que estes presos estariam envolvidos em tumultos, conflitos e no gerenciamento do crime organizado.

Com base nas informações estaduais, o Departamento Penitenciário Nacional acatou o envio dos mesmos, com as devidas autorizações judiciais dos dois estados (Ceará e Paraná). A Sejus ainda informou que a medida resguarda a segurança da sociedade e a paz social, tendo em vista as ameaças feitas por alguns presos.

Confira a lista dos presos transferidos

1. Adriano Pessoa Holanda

2. Alexandre Neto Pinheiro

3. Daniel Belmiro José Rodrigues

4. Francisco Arielson de Sousa

5. Francisco Francivanio Peixoto Fernandes

6. Francisco Jonas Andrade Albuqueque

7. Francisco Jorge Ciriaco da Costa

8. Jadson Rafael de Lima

9. Jean Carlos Moura dos Santos

10. Jean Maia da Costa

11. José Aldir Lopes de Oliveira

12. Marcilio Alves Feitosa

13. Paulo Laercio Perreira de Freitas

14. Rodrigo Lucchetti