Projeto de lei busca incluir doadores de sangue e medula em grupos prioritários de vacinação

AVANÇO

Projeto de lei busca incluir doadores de sangue e medula em grupos prioritários de vacinação

Proposto pelo deputado Evandro Leitão (PDT), o projeto tem como finalidade ampliar o grupo de doadores de sangue e medula óssea no Ceará

Por Tribuna do Ceará em Ceará

13 de junho de 2019 às 07:00

Há 1 mês
A vacinação do grupo prioritário seguirá a mesma programação da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe (FOTO: Freepik)

A vacinação do grupo prioritário seguirá a mesma programação da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe (FOTO: Freepik)

Está em tramitação na Assembleia Legislativa do Ceará um projeto de lei que inclui doadores voluntários e sistemáticos de sangue e medula óssea nos grupos prioritários de vacinação gratuita contra vírus de gripe.

O projeto de lei, proposto pelo deputado Evandro Leitão (PDT), decreta que o doador voluntário de medula óssea, que tiver a comprovação da sua inscrição junto ao Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), será incluído nos grupos prioritários.

Ele comenta que o intuito é preservar a saúde de doadores de sangue sistemáticos e de medula. “Já foi lido no Plenário e aguarda o parecer da Procuradoria da Assembleia Legislativa”.

Evandro ressalta que a proposta poderá ainda aumentar a quantidade de pessoas interessadas em realizar doações. “Amenizando o déficit dos bancos de sangue e de medula óssea”.

Também é enquadrado o doador voluntário e sistemático de sangue que comprovar, por certidão ou outro documento expedido por órgão competente, a realização de três doações anuais, no caso dos homens, e duas no caso das mulheres.

A vacinação do grupo prioritário seguirá a mesma programação da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, definida pelo Ministério da Saúde. O projeto tem como finalidade ampliar o grupo de doadores de sangue e medula no Ceará.

Publicidade

Dê sua opinião

AVANÇO

Projeto de lei busca incluir doadores de sangue e medula em grupos prioritários de vacinação

Proposto pelo deputado Evandro Leitão (PDT), o projeto tem como finalidade ampliar o grupo de doadores de sangue e medula óssea no Ceará

Por Tribuna do Ceará em Ceará

13 de junho de 2019 às 07:00

Há 1 mês
A vacinação do grupo prioritário seguirá a mesma programação da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe (FOTO: Freepik)

A vacinação do grupo prioritário seguirá a mesma programação da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe (FOTO: Freepik)

Está em tramitação na Assembleia Legislativa do Ceará um projeto de lei que inclui doadores voluntários e sistemáticos de sangue e medula óssea nos grupos prioritários de vacinação gratuita contra vírus de gripe.

O projeto de lei, proposto pelo deputado Evandro Leitão (PDT), decreta que o doador voluntário de medula óssea, que tiver a comprovação da sua inscrição junto ao Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), será incluído nos grupos prioritários.

Ele comenta que o intuito é preservar a saúde de doadores de sangue sistemáticos e de medula. “Já foi lido no Plenário e aguarda o parecer da Procuradoria da Assembleia Legislativa”.

Evandro ressalta que a proposta poderá ainda aumentar a quantidade de pessoas interessadas em realizar doações. “Amenizando o déficit dos bancos de sangue e de medula óssea”.

Também é enquadrado o doador voluntário e sistemático de sangue que comprovar, por certidão ou outro documento expedido por órgão competente, a realização de três doações anuais, no caso dos homens, e duas no caso das mulheres.

A vacinação do grupo prioritário seguirá a mesma programação da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, definida pelo Ministério da Saúde. O projeto tem como finalidade ampliar o grupo de doadores de sangue e medula no Ceará.