Projeto do Rio São Francisco inicia nova etapa ainda sem beneficiar municípios


Projeto do Rio São Francisco inicia nova etapa ainda sem beneficiar municípios

O projeto pretende ofertar para 391 municípios dos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte

Por Tribuna do Ceará em Ceará

13 de maio de 2013 às 17:43

Há 6 anos

O Ministério da Integração Nacional publicou no Diário Oficial da União (DOU), nos dias 9 e 10 de maio, os avisos de licitação das Metas 3 Norte e 3 Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O projeto pretende ofertar para 391 municípios dos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Ao todo, serão 56 cidades cearenses beneficiadas com a obra.

As obras do projeto do Rio São Francisco. FOTO: Ministério da Integração/ Divulgação

As obras do projeto do Rio São Francisco. FOTO: Ministério da Integração/ Divulgação

De acordo com o ministério, o objetivo é a execução das obras complementares de cinco lotes: o Lote 6, em Mauriti (CE); o Lote 7, em São José de Piranhas (PB); o Lote 10 e o Lote 11, em Custódia (PE); e o Lote 12, em Monteiro (PB).

Além disso, com a conclusão do processo licitatório da Meta 3N, os trechos do Mauriti e São José de Piranhas serão retomados no Eixo Norte. No Eixo Leste, as atividades serão reforçadas nos municípios de Custódia e Monteiro (PB).

Atraso e investimentos

Mesmo com os investimentos, a obra ainda não conseguiu levar uma gota de água a lugar algum, o que vem despertando revolta da população e apreensão nos estados que seriam beneficiados. Com um custo inicialmente estimado em R$ 4,5 bilhões, a transposição agora está orçada em R$ 8,2 bilhões. A previsão de entrar em funcionamento em 2010 não pôde ser concretizada, e o Ministério da Integração promete entregá-la em 2015.

Metas de Conclusão

O Ministério da Integração Nacional estabeleceu, em 2011, um modelo de licitação, contratação e acompanhamento dos seis trechos de obras (Metas 1N, 2N, 3N, 1L, 2L e 3L).

Eixo Leste (Trecho V)

META 1L – Meta Piloto (16 quilômetros): Será concluída em abril de de 2014. Compreende a captação no reservatório de Itaparica até o reservatório Areias, ambos em Floresta (PE). É uma meta piloto para testes do sistema de operação. A Meta 1L apresenta 74,7% de conclusão.

META 2L (167 quilômetros): Inicia na saída do reservatório Areias, em Floresta (PE), e segue até o reservatório Barro Branco, em Custódia (PE). Deverá ser concluída no final de junho de 2015. A Meta 2L apresenta 53,8% de execução.

META 3L (34 quilômetros): Será finalizada em junho de 2015. Este trecho está situado entre o reservatório Barro Branco, em Custódia (PE), e o reservatório Poções, em Monteiro (PB). A Meta 3L apresenta 26,2% de execução.

Eixo Norte (Trecho I e II)

META 1N (140 quilômetros):Vai da captação do rio São Francisco, no município de Cabrobó (PE), até o reservatório de Jati, em Jati (CE), será concluída em setembro de 2014. A Meta 1N apresenta 42,3% de execução.

META 2N (39 quilômetros): Com conclusão prevista para dezembro de 2014, começa no reservatório Jati, no município de Jati (CE), e termina no reservatório Boi II, no município de Brejo Santo (CE). A Meta 2N apresenta 10,7% de execução.

META 3N (81 quilômetros):Será finalizada em dezembro de 2015. Estende-se do reservatório Boi II, no município de Brejo Santo (CE), até o reservatório Engenheiro Ávidos, no município de Cajazeiras (PB). A Meta 3N apresenta 30,4% de execução.

Ainda no Eixo Norte, a segunda fase do Projeto São Francisco compreenderá o trecho III (com aproximadamente 70 quilômetros), que vai de do reservatório Caiçara (PB) para a bacia do rio Salgado (CE), e o trecho IV (com aproximadamente 80 quilômetros), que vai do reservatório Caiçara ao reservatório Angicos na bacia do rio Apodi (RN).

Confira a tabela com as cidades do Ceará com o projeto

tabela usar

Publicidade

Dê sua opinião

Projeto do Rio São Francisco inicia nova etapa ainda sem beneficiar municípios

O projeto pretende ofertar para 391 municípios dos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte

Por Tribuna do Ceará em Ceará

13 de maio de 2013 às 17:43

Há 6 anos

O Ministério da Integração Nacional publicou no Diário Oficial da União (DOU), nos dias 9 e 10 de maio, os avisos de licitação das Metas 3 Norte e 3 Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O projeto pretende ofertar para 391 municípios dos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Ao todo, serão 56 cidades cearenses beneficiadas com a obra.

As obras do projeto do Rio São Francisco. FOTO: Ministério da Integração/ Divulgação

As obras do projeto do Rio São Francisco. FOTO: Ministério da Integração/ Divulgação

De acordo com o ministério, o objetivo é a execução das obras complementares de cinco lotes: o Lote 6, em Mauriti (CE); o Lote 7, em São José de Piranhas (PB); o Lote 10 e o Lote 11, em Custódia (PE); e o Lote 12, em Monteiro (PB).

Além disso, com a conclusão do processo licitatório da Meta 3N, os trechos do Mauriti e São José de Piranhas serão retomados no Eixo Norte. No Eixo Leste, as atividades serão reforçadas nos municípios de Custódia e Monteiro (PB).

Atraso e investimentos

Mesmo com os investimentos, a obra ainda não conseguiu levar uma gota de água a lugar algum, o que vem despertando revolta da população e apreensão nos estados que seriam beneficiados. Com um custo inicialmente estimado em R$ 4,5 bilhões, a transposição agora está orçada em R$ 8,2 bilhões. A previsão de entrar em funcionamento em 2010 não pôde ser concretizada, e o Ministério da Integração promete entregá-la em 2015.

Metas de Conclusão

O Ministério da Integração Nacional estabeleceu, em 2011, um modelo de licitação, contratação e acompanhamento dos seis trechos de obras (Metas 1N, 2N, 3N, 1L, 2L e 3L).

Eixo Leste (Trecho V)

META 1L – Meta Piloto (16 quilômetros): Será concluída em abril de de 2014. Compreende a captação no reservatório de Itaparica até o reservatório Areias, ambos em Floresta (PE). É uma meta piloto para testes do sistema de operação. A Meta 1L apresenta 74,7% de conclusão.

META 2L (167 quilômetros): Inicia na saída do reservatório Areias, em Floresta (PE), e segue até o reservatório Barro Branco, em Custódia (PE). Deverá ser concluída no final de junho de 2015. A Meta 2L apresenta 53,8% de execução.

META 3L (34 quilômetros): Será finalizada em junho de 2015. Este trecho está situado entre o reservatório Barro Branco, em Custódia (PE), e o reservatório Poções, em Monteiro (PB). A Meta 3L apresenta 26,2% de execução.

Eixo Norte (Trecho I e II)

META 1N (140 quilômetros):Vai da captação do rio São Francisco, no município de Cabrobó (PE), até o reservatório de Jati, em Jati (CE), será concluída em setembro de 2014. A Meta 1N apresenta 42,3% de execução.

META 2N (39 quilômetros): Com conclusão prevista para dezembro de 2014, começa no reservatório Jati, no município de Jati (CE), e termina no reservatório Boi II, no município de Brejo Santo (CE). A Meta 2N apresenta 10,7% de execução.

META 3N (81 quilômetros):Será finalizada em dezembro de 2015. Estende-se do reservatório Boi II, no município de Brejo Santo (CE), até o reservatório Engenheiro Ávidos, no município de Cajazeiras (PB). A Meta 3N apresenta 30,4% de execução.

Ainda no Eixo Norte, a segunda fase do Projeto São Francisco compreenderá o trecho III (com aproximadamente 70 quilômetros), que vai de do reservatório Caiçara (PB) para a bacia do rio Salgado (CE), e o trecho IV (com aproximadamente 80 quilômetros), que vai do reservatório Caiçara ao reservatório Angicos na bacia do rio Apodi (RN).

Confira a tabela com as cidades do Ceará com o projeto

tabela usar