Uso do Viagra pode restaurar potência sexual


Uso do Viagra pode restaurar potência sexual

O Viagra é usado no tratamento de disfunção erétil do homem, mais conhecida como impotência sexual

Por Jackson Cruz em Ceará

16 de agosto de 2012 às 14:00

Há 7 anos

É preciso consultar um especialista antes de começar a tomar o medicamento (FOTO: Divulgação)

Um medicamento baseado em uma pílula azul é bastante conhecida no universo masculino. O Viagra é usado no tratamento de disfunção erétil do homem, isto é, combate à impotência sexual. E assim como toda medicação, o viagra possui contra indicações, sendo importante um acompanhamento profissional.

Dúvidas em torno do assunto, há uma ótima notícia para aqueles que sofrem com tal mal: o uso do Viagra pode sim estimular potência sexual, tornando o homem independente da droga. “O Sildenafila que é o princípio ativo do Viagra, é um potente vasodilatador com importante efeito nos homens que necessitam e são respondedores do mesmo”, explica o urologista e mestre em Oncologia, Vladimir Pinheiro.

Vladimir avalia que não há uma idade específica para iniciar o consumo do remédio, porém recomenda-se o bom senso aos quanto ao uso. “Não teria uma contra indicação formal, porém é uma droga vasodilatadora e poderá causar em alguns jovens um episódio de hipotensão arterial, ou seja baixa de pressão em associação com uso de álcool”, conta.

Tratamento

Segundo o médico, geralmente homens de 50 a 60 anos são diagnosticados efetivamente com disfunção erétil de forma mais comum. Além disso, há outros aspectos que podem facilitar a manifestação do problema, como nos diabéticos, fumantes ou com alguma vasculopatia que altera a vascularização peniana.

O tratamento se dá após diagnosticar qual o tipo e a causa da disfunção erétil. “Em alguns casos, principalmente em adultos jovens, a principal causa é de origem psicogêncica. Esses casos podem necessitar de aconselhamento psicológico”, ressalta.

Publicidade

Dê sua opinião

Uso do Viagra pode restaurar potência sexual

O Viagra é usado no tratamento de disfunção erétil do homem, mais conhecida como impotência sexual

Por Jackson Cruz em Ceará

16 de agosto de 2012 às 14:00

Há 7 anos

É preciso consultar um especialista antes de começar a tomar o medicamento (FOTO: Divulgação)

Um medicamento baseado em uma pílula azul é bastante conhecida no universo masculino. O Viagra é usado no tratamento de disfunção erétil do homem, isto é, combate à impotência sexual. E assim como toda medicação, o viagra possui contra indicações, sendo importante um acompanhamento profissional.

Dúvidas em torno do assunto, há uma ótima notícia para aqueles que sofrem com tal mal: o uso do Viagra pode sim estimular potência sexual, tornando o homem independente da droga. “O Sildenafila que é o princípio ativo do Viagra, é um potente vasodilatador com importante efeito nos homens que necessitam e são respondedores do mesmo”, explica o urologista e mestre em Oncologia, Vladimir Pinheiro.

Vladimir avalia que não há uma idade específica para iniciar o consumo do remédio, porém recomenda-se o bom senso aos quanto ao uso. “Não teria uma contra indicação formal, porém é uma droga vasodilatadora e poderá causar em alguns jovens um episódio de hipotensão arterial, ou seja baixa de pressão em associação com uso de álcool”, conta.

Tratamento

Segundo o médico, geralmente homens de 50 a 60 anos são diagnosticados efetivamente com disfunção erétil de forma mais comum. Além disso, há outros aspectos que podem facilitar a manifestação do problema, como nos diabéticos, fumantes ou com alguma vasculopatia que altera a vascularização peniana.

O tratamento se dá após diagnosticar qual o tipo e a causa da disfunção erétil. “Em alguns casos, principalmente em adultos jovens, a principal causa é de origem psicogêncica. Esses casos podem necessitar de aconselhamento psicológico”, ressalta.