Tempo real: serviço informa a localização exata dos ônibus


Tempo real: serviço informa a localização exata dos ônibus

Iniciativa beneficia apenas usuários do transporte coletivo em Caucaia. Em Fortaleza, Etufor estuda formas de disponibilizar informações aos passageiros

Por Roberta Tavares em Ceará

18 de outubro de 2013 às 11:37

Há 6 anos
Serviço é disponibilizado durante todo o horário comercial (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Serviço é disponibilizado durante todo o horário comercial (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Muitos usuários do transporte coletivo reclamam do longo tempo de espera por um ônibus em Fortaleza e Região Metropolitana. Mas os passageiros que utilizam os coletivos em Caucaia já são beneficiados com serviço de consulta a horário e local onde os ônibus estão trafegando, em tempo real.

Segundo o setor de controle de tráfego da empresa Vitória, os ônibus são acompanhados por meio de Global Positioning System (GPS), ferramenta de radionavegação baseada em satélites. O sistema fornece diariamente relatórios sobre tempo de viagem, frequência de embarque e desembarque, velocidade média e quantidade de passageiros

O serviço é disponibilizado durante todo o horário comercial – das 8h às 18h. Para obter as informações desejadas sobre os coletivos, basta ligar para 3342.1148. Mais de 2 milhões de pessoas utilizam o transporte coletivo no município.

Situação em Fortaleza

Na capital cearense, são 1.795 ônibus (em 274 linhas) e 320 vans (em 16 linhas). O sistema da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) também é monitorado por GPS.

A Etufor tem acesso às informações sobre os coletivos em salas de monitoramento instalada no órgão e na sede dos terminais de integração. Segundo o diretor-técnico da empresa, Antônio Ferreira, apesar do monitoramento 24 horas, a demora da chegada dos ônibus decorre da falta de priorização do transporte coletivo.

“Os ônibus têm de disputar espaço com os automóveis, e isso prejudica os horários. Quando há congestionamento, os coletivos atrasam e, muitas vezes, começam a formar os comboios [grupo de veículos que, juntos, se dirigem para o mesmo destino]”, diz.

Ônibus a cada 5 minutos

Ferreira afirma ainda que devem ser mantidos 5 minutos de distância da chegada entre um ônibus e outro. Mas, de acordo com o estudante Rodrigo Azevedo, na prática não é o que acontece. “Cinco minutos é uma coisa quase utópica. No mínimo, os coletivos chegam de 15 em 15 minutos, e somente durante os horários de menor fluxo. Já me atrasei no trabalho por conta da demora”.

Para evitar que situações como essa aconteçam, o diretor-técnico da Etufor explica que não será preciso aumentar o número de ônibus trafegando em Fortaleza, e sim priorizá-los. “Se houvesse priorização, não teria tanta demora. Se tiver uma colisão, o intervalo que seria de 5 minutos aumenta para 15. O número de ônibus é mais que suficiente”.

Conforme Ferreira, a velocidade média dos coletivos atualmente é 15 km/h, no entanto, seria necessário que fosse 25 km/h. “Vamos estudar alguns serviços com o objetivo disponibilizar informações, como horário dos ônibus, aos passageiros, via celular. A implantação de corredores exclusivos na capital também já estão contribuindo para resolver o problema da demora”, assegura.

Publicidade

Dê sua opinião

Tempo real: serviço informa a localização exata dos ônibus

Iniciativa beneficia apenas usuários do transporte coletivo em Caucaia. Em Fortaleza, Etufor estuda formas de disponibilizar informações aos passageiros

Por Roberta Tavares em Ceará

18 de outubro de 2013 às 11:37

Há 6 anos
Serviço é disponibilizado durante todo o horário comercial (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Serviço é disponibilizado durante todo o horário comercial (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Muitos usuários do transporte coletivo reclamam do longo tempo de espera por um ônibus em Fortaleza e Região Metropolitana. Mas os passageiros que utilizam os coletivos em Caucaia já são beneficiados com serviço de consulta a horário e local onde os ônibus estão trafegando, em tempo real.

Segundo o setor de controle de tráfego da empresa Vitória, os ônibus são acompanhados por meio de Global Positioning System (GPS), ferramenta de radionavegação baseada em satélites. O sistema fornece diariamente relatórios sobre tempo de viagem, frequência de embarque e desembarque, velocidade média e quantidade de passageiros

O serviço é disponibilizado durante todo o horário comercial – das 8h às 18h. Para obter as informações desejadas sobre os coletivos, basta ligar para 3342.1148. Mais de 2 milhões de pessoas utilizam o transporte coletivo no município.

Situação em Fortaleza

Na capital cearense, são 1.795 ônibus (em 274 linhas) e 320 vans (em 16 linhas). O sistema da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) também é monitorado por GPS.

A Etufor tem acesso às informações sobre os coletivos em salas de monitoramento instalada no órgão e na sede dos terminais de integração. Segundo o diretor-técnico da empresa, Antônio Ferreira, apesar do monitoramento 24 horas, a demora da chegada dos ônibus decorre da falta de priorização do transporte coletivo.

“Os ônibus têm de disputar espaço com os automóveis, e isso prejudica os horários. Quando há congestionamento, os coletivos atrasam e, muitas vezes, começam a formar os comboios [grupo de veículos que, juntos, se dirigem para o mesmo destino]”, diz.

Ônibus a cada 5 minutos

Ferreira afirma ainda que devem ser mantidos 5 minutos de distância da chegada entre um ônibus e outro. Mas, de acordo com o estudante Rodrigo Azevedo, na prática não é o que acontece. “Cinco minutos é uma coisa quase utópica. No mínimo, os coletivos chegam de 15 em 15 minutos, e somente durante os horários de menor fluxo. Já me atrasei no trabalho por conta da demora”.

Para evitar que situações como essa aconteçam, o diretor-técnico da Etufor explica que não será preciso aumentar o número de ônibus trafegando em Fortaleza, e sim priorizá-los. “Se houvesse priorização, não teria tanta demora. Se tiver uma colisão, o intervalo que seria de 5 minutos aumenta para 15. O número de ônibus é mais que suficiente”.

Conforme Ferreira, a velocidade média dos coletivos atualmente é 15 km/h, no entanto, seria necessário que fosse 25 km/h. “Vamos estudar alguns serviços com o objetivo disponibilizar informações, como horário dos ônibus, aos passageiros, via celular. A implantação de corredores exclusivos na capital também já estão contribuindo para resolver o problema da demora”, assegura.