TRT manda pagar horas extras por tempo gasto para ir de casa ao trabalho


TRT manda pagar horas extras por tempo gasto para ir de casa ao trabalho

Trabalhador vai receber o equivalente a uma hora por dia de trabalho, acrescida de 50%, usando o ônibus da empresa

Por Hayanne Narlla em Ceará

25 de março de 2014 às 11:03

Há 5 anos
Fazenda Amway Nutrilite do Brasil deverá pagar funcionário por tempo gasto entre casa e trabalho (FOTO: Reprodução Facebook)

Fazenda Amway Nutrilite do Brasil deverá pagar funcionário por tempo gasto entre casa e trabalho (FOTO: Reprodução Facebook)

O tempo gasto do trajeto de casa para o local de trabalho também será pago com horas extras. Foi o que decidiu a segunda turma Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) para um funcionário da Fazenda Amway Nutrilite do Brasil, localizado a 25 quilômetros da cidade de Ubajara, no interior do Ceará. O trabalhador vai receber o equivalente a uma hora por dia de trabalho, acrescida de 50%, usando o ônibus da empresa.

Os proprietários da empresa alegaram que o transporte oferecidas aos funcionários era um benefício. Eles podiam optar livremente por sua utilização, já que estava situada em local de fácil acesso e também era servida por transporte público regular. Porém, o relator do processo, juiz Emmanuel Teófilo Furtado, constatou que a fazenda era de difícil acesso.

>LEIA MAIS:

O pagamento das horas de percurso ocorre quando o empregador fornece o transporte para o trabalhador, desde que o local de trabalho seja de difícil acesso ou não seja servido por transporte público. Na prática, esse tempo gasto pelo empregado para ir e voltar ao trabalho é computado em sua jornada de trabalho para todos os efeitos legais.

“Não sendo a empresa servida por transporte público regular, bem como constatado que o reclamante era transportado ao seu local de trabalho por condução fornecida pela reclamada, faz nascer para o empregado o direito às horas”, concluiu o magistrado.

O trabalhador vai receber uma hora extra diária pelos 7 anos e 8 meses que trabalhou na fazenda Amway Nutrilite do Brasil.

Publicidade

Dê sua opinião

TRT manda pagar horas extras por tempo gasto para ir de casa ao trabalho

Trabalhador vai receber o equivalente a uma hora por dia de trabalho, acrescida de 50%, usando o ônibus da empresa

Por Hayanne Narlla em Ceará

25 de março de 2014 às 11:03

Há 5 anos
Fazenda Amway Nutrilite do Brasil deverá pagar funcionário por tempo gasto entre casa e trabalho (FOTO: Reprodução Facebook)

Fazenda Amway Nutrilite do Brasil deverá pagar funcionário por tempo gasto entre casa e trabalho (FOTO: Reprodução Facebook)

O tempo gasto do trajeto de casa para o local de trabalho também será pago com horas extras. Foi o que decidiu a segunda turma Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) para um funcionário da Fazenda Amway Nutrilite do Brasil, localizado a 25 quilômetros da cidade de Ubajara, no interior do Ceará. O trabalhador vai receber o equivalente a uma hora por dia de trabalho, acrescida de 50%, usando o ônibus da empresa.

Os proprietários da empresa alegaram que o transporte oferecidas aos funcionários era um benefício. Eles podiam optar livremente por sua utilização, já que estava situada em local de fácil acesso e também era servida por transporte público regular. Porém, o relator do processo, juiz Emmanuel Teófilo Furtado, constatou que a fazenda era de difícil acesso.

>LEIA MAIS:

O pagamento das horas de percurso ocorre quando o empregador fornece o transporte para o trabalhador, desde que o local de trabalho seja de difícil acesso ou não seja servido por transporte público. Na prática, esse tempo gasto pelo empregado para ir e voltar ao trabalho é computado em sua jornada de trabalho para todos os efeitos legais.

“Não sendo a empresa servida por transporte público regular, bem como constatado que o reclamante era transportado ao seu local de trabalho por condução fornecida pela reclamada, faz nascer para o empregado o direito às horas”, concluiu o magistrado.

O trabalhador vai receber uma hora extra diária pelos 7 anos e 8 meses que trabalhou na fazenda Amway Nutrilite do Brasil.