Após 20 anos juntos, noivos se casam no Dia dos Namorados


Após 20 anos juntos, noivos se casam no Dia dos Namorados

Mesmo na estreia da Copa do Mundo, o dia 12 de junho foi escolhido pela representatividade que a data traz

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

12 de junho de 2014 às 11:30

Há 5 anos
    Talita e Fernando estão juntos há 20 anos e possuem um filho de 15 (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

Talita e Fernando estão juntos há 20 anos e possuem um filho de 15 (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

Casar era o sonho de Talita Amaro. Aos 35 anos, a advogada tem uma relação sólida com o técnico em educação Fernando Oliveira, 38 anos. Já são 20 anos juntos, com um filho de 15. Após tanto tempo, resolveram oficializar a união de forma bem romântica: no Dia dos Namorados. Entretanto, surgiu um concorrente desleal: é dia da abertura da Copa e do 1º jogo da Seleção Brasileira.

“Comecei a organizar as preparações em maio de 2013. Eu tinha conhecimento da abertura da Copa do Mundo na mesma época, mas não tinha noção de que o dia da abertura seria também do primeiro jogo da seleção que sediaria a Copa. Soube disso alguns meses depois, uns dois. Mas eu mantive a data, por causa do dia dos namorados”.

O dia 12 de junho foi escolhido pela representatividade que a data traz. Romântica assumida, Talita escolheu desde o calendário até a decoração baseada na simbologia do amor a dois. A celebração religiosa será na capela do Colégio Christus, com uma baita festa em um buffet nas proximidades.

Na decoração, nada de cortinas amarelas ou tapetes verdes. Vai ser tudo baseado no tradicional mesmo. Mas como não se pode esquecer o clima de Copa, a noiva garante que pelo menos os acessórios da festa serão do Brasil. “Na hora da brincadeira que sempre tem, vamos distribuir uns adereços do Brasil, como tiara, bandeirinha, gravata e chapéu panamá”.

Serviços x jogo do Brasil

Um dos desafios que Talita teve que enfrentar foi o de serviços prestados na mesma hora da partida contra a Croácia. A partir das 12h, a maioria dos comércios locais fecharão para acompanhar o jogo. “Quando eu fechei a maior parte dos meus contratos, que foi bem antes, eles também não tinham noção de que ia ser dia de jogo. Tiveram que manter, porque já tinha contrato firmado”, explicou.

O salão de beleza que irá receber a noiva, a família e as damas de honra é um exemplo dos serviços contratados para a hora da partida. Ele funcionará exclusivamente para atender Talita. E na hora do jogo, às 17h em ponto, está marcada a estreia da Seleção Brasileira e o making off da noiva. “Eu não vou assistir ao jogo. Também não assistirão o meu maquiador, fotógrafo, a moça responsável pela filmagem”, revelou.

Já o noivo está autorizado a “curtir” a bola em campo no mesmo horário. A justificativa é que homem não precisa de tantos detalhes para se arrumar no casamento. “Só espero que ele esteja pontualmente na igreja. Que ele não se empolgue com os amigos na hora do jogo”, desabafou.

Desafios e receios

A expectativa para o dia é grande (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

A expectativa para o dia é grande (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

A expectativa para o dia é grande. Afinal, não é todo dia que se realiza um sonho. Porém, o receio com seu concorrente também aumenta ao passar dos dias. “Tenho receio de que as pessoas não compareçam. Eu espero os convidados comemorem o jogo do Brasil com moderação, com muita diversão, mas que não tenha excesso, que não atrapalhe”.

E não foi só o casamento que sofreu com a Copa do Mundo. A lua de mel do casal foi adiada para julho, por causa do evento e para não ficar longe dos amigos nesse período. Para os noivos, vai ter Copa e vai ter casamento.

Publicidade

Dê sua opinião

Após 20 anos juntos, noivos se casam no Dia dos Namorados

Mesmo na estreia da Copa do Mundo, o dia 12 de junho foi escolhido pela representatividade que a data traz

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

12 de junho de 2014 às 11:30

Há 5 anos
    Talita e Fernando estão juntos há 20 anos e possuem um filho de 15 (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

Talita e Fernando estão juntos há 20 anos e possuem um filho de 15 (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

Casar era o sonho de Talita Amaro. Aos 35 anos, a advogada tem uma relação sólida com o técnico em educação Fernando Oliveira, 38 anos. Já são 20 anos juntos, com um filho de 15. Após tanto tempo, resolveram oficializar a união de forma bem romântica: no Dia dos Namorados. Entretanto, surgiu um concorrente desleal: é dia da abertura da Copa e do 1º jogo da Seleção Brasileira.

“Comecei a organizar as preparações em maio de 2013. Eu tinha conhecimento da abertura da Copa do Mundo na mesma época, mas não tinha noção de que o dia da abertura seria também do primeiro jogo da seleção que sediaria a Copa. Soube disso alguns meses depois, uns dois. Mas eu mantive a data, por causa do dia dos namorados”.

O dia 12 de junho foi escolhido pela representatividade que a data traz. Romântica assumida, Talita escolheu desde o calendário até a decoração baseada na simbologia do amor a dois. A celebração religiosa será na capela do Colégio Christus, com uma baita festa em um buffet nas proximidades.

Na decoração, nada de cortinas amarelas ou tapetes verdes. Vai ser tudo baseado no tradicional mesmo. Mas como não se pode esquecer o clima de Copa, a noiva garante que pelo menos os acessórios da festa serão do Brasil. “Na hora da brincadeira que sempre tem, vamos distribuir uns adereços do Brasil, como tiara, bandeirinha, gravata e chapéu panamá”.

Serviços x jogo do Brasil

Um dos desafios que Talita teve que enfrentar foi o de serviços prestados na mesma hora da partida contra a Croácia. A partir das 12h, a maioria dos comércios locais fecharão para acompanhar o jogo. “Quando eu fechei a maior parte dos meus contratos, que foi bem antes, eles também não tinham noção de que ia ser dia de jogo. Tiveram que manter, porque já tinha contrato firmado”, explicou.

O salão de beleza que irá receber a noiva, a família e as damas de honra é um exemplo dos serviços contratados para a hora da partida. Ele funcionará exclusivamente para atender Talita. E na hora do jogo, às 17h em ponto, está marcada a estreia da Seleção Brasileira e o making off da noiva. “Eu não vou assistir ao jogo. Também não assistirão o meu maquiador, fotógrafo, a moça responsável pela filmagem”, revelou.

Já o noivo está autorizado a “curtir” a bola em campo no mesmo horário. A justificativa é que homem não precisa de tantos detalhes para se arrumar no casamento. “Só espero que ele esteja pontualmente na igreja. Que ele não se empolgue com os amigos na hora do jogo”, desabafou.

Desafios e receios

A expectativa para o dia é grande (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

A expectativa para o dia é grande (FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

A expectativa para o dia é grande. Afinal, não é todo dia que se realiza um sonho. Porém, o receio com seu concorrente também aumenta ao passar dos dias. “Tenho receio de que as pessoas não compareçam. Eu espero os convidados comemorem o jogo do Brasil com moderação, com muita diversão, mas que não tenha excesso, que não atrapalhe”.

E não foi só o casamento que sofreu com a Copa do Mundo. A lua de mel do casal foi adiada para julho, por causa do evento e para não ficar longe dos amigos nesse período. Para os noivos, vai ter Copa e vai ter casamento.