Câmeras da AMC desmentem versão de motorista que capotou carro na Av. Bezerra de Menezes


Câmeras da AMC desmentem versão de motorista que capotou carro na Av. Bezerra de Menezes

O condutor alegou que entrou na faixa exclusiva de ônibus após ser “fechado” por motorista. Câmeras mostraram que não foi bem assim

Por Mayana Fontenele em Cotidiano

30 de julho de 2015 às 17:32

Há 4 anos
O infrator que conduzia o veículo na faixa exclusiva de ônibus está sujeito à multa no valor de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. (Foto: AMC)

O infrator que conduzia o veículo na faixa exclusiva de ônibus está sujeito a multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. (Foto: AMC)

Na noite desta terça-feira (28), por volta das 21 horas, um carro do modelo Astra da cor prata capotou na Avenida Bezerra Menezes, no Bairro São Gerardo. O homem que conduzia o veículo relatou que dirigia pela via rápida quando foi “fechado” por um motoqueiro e, para não provocar maiores acidentes, desviou da moto em direção à faixa exclusiva de ônibus, capotando o carro.

Contudo, câmeras de fiscalização eletrônica instaladas na avenida desmentem a versão do motorista. As imagens registradas no vídeo mostram minutos antes do acidente, onde o condutor já seguia dirigindo pela faixa exclusiva de ônibus e para o carro no semáforo. Quando o semáforo abre, ele acelera e segue na faixa exclusiva.

Em alta velocidade, o motorista perdeu o controle, rodou na pista e se chocou com o gelo baiano no sentido contrário ao fluxo, vindo a tombar. Se não fosse pelo obstáculo, o veículo teria cruzado a via e chegado até a calçada, provocando maiores danos. O carro deixou marcas de frenagem na pista.

Em nota, a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) confirma que o condutor já foi identificado e autuado por infringir o Art. 184 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), praticando uma infração do tipo grave, sujeito à multa no valor de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira de habilitação.

Na versão do motorista, ele ainda conta o que estava indo buscar o filho no hospital, e o suposto motociclista que teria causado o acidente, não foi atingido e nem parou para socorrê-lo. O condutor do carro sofreu escoriações leves e foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Confira vídeo de flagrante da AMC:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15557080″]

Publicidade

Dê sua opinião

Câmeras da AMC desmentem versão de motorista que capotou carro na Av. Bezerra de Menezes

O condutor alegou que entrou na faixa exclusiva de ônibus após ser “fechado” por motorista. Câmeras mostraram que não foi bem assim

Por Mayana Fontenele em Cotidiano

30 de julho de 2015 às 17:32

Há 4 anos
O infrator que conduzia o veículo na faixa exclusiva de ônibus está sujeito à multa no valor de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. (Foto: AMC)

O infrator que conduzia o veículo na faixa exclusiva de ônibus está sujeito a multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. (Foto: AMC)

Na noite desta terça-feira (28), por volta das 21 horas, um carro do modelo Astra da cor prata capotou na Avenida Bezerra Menezes, no Bairro São Gerardo. O homem que conduzia o veículo relatou que dirigia pela via rápida quando foi “fechado” por um motoqueiro e, para não provocar maiores acidentes, desviou da moto em direção à faixa exclusiva de ônibus, capotando o carro.

Contudo, câmeras de fiscalização eletrônica instaladas na avenida desmentem a versão do motorista. As imagens registradas no vídeo mostram minutos antes do acidente, onde o condutor já seguia dirigindo pela faixa exclusiva de ônibus e para o carro no semáforo. Quando o semáforo abre, ele acelera e segue na faixa exclusiva.

Em alta velocidade, o motorista perdeu o controle, rodou na pista e se chocou com o gelo baiano no sentido contrário ao fluxo, vindo a tombar. Se não fosse pelo obstáculo, o veículo teria cruzado a via e chegado até a calçada, provocando maiores danos. O carro deixou marcas de frenagem na pista.

Em nota, a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) confirma que o condutor já foi identificado e autuado por infringir o Art. 184 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), praticando uma infração do tipo grave, sujeito à multa no valor de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira de habilitação.

Na versão do motorista, ele ainda conta o que estava indo buscar o filho no hospital, e o suposto motociclista que teria causado o acidente, não foi atingido e nem parou para socorrê-lo. O condutor do carro sofreu escoriações leves e foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Confira vídeo de flagrante da AMC:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15557080″]