Cesta básica aumenta em 12%; confira dicas de economista para gastar menos

PESA NO BOLSO

Cesta básica aumenta em 12%; confira dicas de economista para gastar menos

Produtos como farinha, feijão e manteiga contribuíram diretamente para esse aumento

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

12 de fevereiro de 2017 às 06:45

Há 2 anos

O segredo é fazer a velha pesquisa para tentar economizar. (FOTO: Divulgação)

Em apenas um ano, a cesta básica em Fortaleza aumentou quase 12%. Produtos como farinha, feijão e manteiga contribuíram diretamente para esse aumento. As informações são da TV Jangadeiro.

Fortaleza teve a segunda maior variação do País, ficando atrás apenas de Maceió, que subiu 15,99%. Em um ano a farinha aumentou 47,35%, o feijão 43,31% e a manteiga teve um acréscimo, no mesmo período, de 51,88%.

A economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) Elizama Paiva explica esse aumento tão grande no preço da manteiga.

“Esse aumento se deve sobretudo a falta do produto do leite e aos custos. Assim, o que se observou é que as indústrias de laticínios tiveram que disputar o pouco leite disponível”, afirma Elizama.

Duas pessoas ouvidas na reportagem da TV Jangadeiro falaram de situações como a pesquisa e a mudança de preços, que é uma convivência diária do consumidor. “Em um supermercado tá um preço e em outro tá outro, aí a gente sempre faz aquele balanço no final do mês”, admite consumidora.

Elizama Paiva alerta, ainda, para a velha e boa pesquisa de preços. “O consumidor vai ter que ter aquele jogo de cintura para fazer a velha pesquisa, ou seja, é gastar realmente a sola do sapato”.

Comparando janeiro de 2016 com janeiro deste ano a cesta básica da capital cearense aumentou 11,89%. Nesse período a manteiga aumentou, 51,88%; a farinha 47,35% e o feijão 43,31%. Das 26 capitais pesquisadas, apenas sete tiveram aumento no valor da cesta.

Ouça a reportagem de Marco Meireles:

Publicidade

Dê sua opinião

PESA NO BOLSO

Cesta básica aumenta em 12%; confira dicas de economista para gastar menos

Produtos como farinha, feijão e manteiga contribuíram diretamente para esse aumento

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

12 de fevereiro de 2017 às 06:45

Há 2 anos

O segredo é fazer a velha pesquisa para tentar economizar. (FOTO: Divulgação)

Em apenas um ano, a cesta básica em Fortaleza aumentou quase 12%. Produtos como farinha, feijão e manteiga contribuíram diretamente para esse aumento. As informações são da TV Jangadeiro.

Fortaleza teve a segunda maior variação do País, ficando atrás apenas de Maceió, que subiu 15,99%. Em um ano a farinha aumentou 47,35%, o feijão 43,31% e a manteiga teve um acréscimo, no mesmo período, de 51,88%.

A economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) Elizama Paiva explica esse aumento tão grande no preço da manteiga.

“Esse aumento se deve sobretudo a falta do produto do leite e aos custos. Assim, o que se observou é que as indústrias de laticínios tiveram que disputar o pouco leite disponível”, afirma Elizama.

Duas pessoas ouvidas na reportagem da TV Jangadeiro falaram de situações como a pesquisa e a mudança de preços, que é uma convivência diária do consumidor. “Em um supermercado tá um preço e em outro tá outro, aí a gente sempre faz aquele balanço no final do mês”, admite consumidora.

Elizama Paiva alerta, ainda, para a velha e boa pesquisa de preços. “O consumidor vai ter que ter aquele jogo de cintura para fazer a velha pesquisa, ou seja, é gastar realmente a sola do sapato”.

Comparando janeiro de 2016 com janeiro deste ano a cesta básica da capital cearense aumentou 11,89%. Nesse período a manteiga aumentou, 51,88%; a farinha 47,35% e o feijão 43,31%. Das 26 capitais pesquisadas, apenas sete tiveram aumento no valor da cesta.

Ouça a reportagem de Marco Meireles: