Com opções de lazer, Parque Pajeú ainda resguarda área verde do Centro


Com opções de lazer, Parque Pajeú ainda resguarda área verde do Centro

Com bicicletário, paisagismo, bancos e pisos bem conservados, além de iluminação reforçada, a praça é uma opção de lazer em Fortaleza

Por Roberta Tavares em Cotidiano

11 de setembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Parque Pajeú foi inaugurado em 1982, entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

Parque Pajeú foi inaugurado em 1982, entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

O Parque Pajeú ou das Esculturas, localizado no Centro de Fortaleza, é um daqueles lugares que você se apaixona assim que conhece, exceto pelo mau cheiro – cartão de visita de uma das únicas áreas verdes da região. O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes.

Com bicicletário, paisagismo, bancos, muros e pisos bem conservados, além de iluminação reforçada, a praça é uma opção de lazer na cidade pouco utilizada pelos moradores. Marcelo Medeiros tem uma banca de revistas no parque há 15 anos e admite que o local melhorou bastante, principalmente na segurança. “Faz tempo que não vejo assalto. Antes, tinha muito ladrão. Todo dia a gente ouvia alguém gritando dizendo que tinha sido assaltado, de manhã e no fim da tarde. Agora, a Guarda Municipal faz a segurança”, comenta.

Para Marcelo, é necessária a instalação de uma academia ao ar livre para entreter as mães que vão pegar os filhos na Escola Alba Frota, localizada no centro da praça. “A academia foi prometida em junho, mas até agora nada foi feito. Então, as pessoas que querem fazer exercícios vêm andar de bicicleta ou correr aqui”.

O casal Bruno Ferreira e Daniela Medeiros aproveita um dos bancos da praça para namorar, durante o intervalo da aula. “Já que no colégio não pode, a gente vem para cá”, brinca a jovem, de 19 anos. Frequentadores do parque há um mês, eles reclamam do lixo dentro do Riacho Pajeú, o que – muitas vezes – afasta as pessoas. Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe. “Poderia ser mais limpo, mas tenho que admitir que o parque é bonito demais”, revela o garoto.

E realmente existe beleza no local: crianças brincando com as mães, após as aulas; adolescentes conversando; e pessoas descansando após o trabalho no Centro da cidade. “Como trabalho perto, venho aproveitar meu horário de almoço aqui”, afirma Henrique Sampaio.

Arte destruída

O Parque Pajeú foi inaugurado em 1982 pela Prefeitura de Fortaleza, como fruto da urbanização do riacho de mesmo nome. Em 1997, vários artistas plásticos transformaram o parque em uma área de exposição permanente de esculturas, onde foram colocadas 16 peças de renomados cearenses. Entretanto, com o passar do tempo, as obras sumiram da área do parque, e as que permanecem estão deterioradas, resultado do descaso do poder público. Hoje, uma obra de arte desse porte custa, em média, R$ 200 mil. “Infelizmente, não tem quase nenhuma escultura, é uma pena. A arte foi completamente destruída”, lamenta Marcelo.

O rio tem sua nascente nas imediações da Rua Silva Paulet e percorre quase 5 mil metros até sua foz, na Praia Formosa. O riacho corre a céu aberto em alguns trechos, como atrás do Mercado Central, no Bosque do Paço Municipal e no Parque Pajeú. A maior parte está canalizada em galerias subterrâneas.

A assessoria de imprensa da CDL informou que a limpeza do riacho é realizada quinzenalmente pela Emlurb (Empresa Municipal de Limpeza e Urbanização).

Veja as fotos do Parque Pajeú:

PARQUE PAJEÚ
1/20

PARQUE PAJEÚ

O casal Bruno Ferreira e Daniela Medeiros aproveita um dos bancos da praça para namorar, durante o intervalo da aula (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
2/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
3/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
4/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
5/20

PARQUE PAJEÚ

Marcelo Medeiros tem uma banca de revistas no parque há 15 anos e admite que o local melhorou bastante, principalmente na segurança (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
6/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
7/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
8/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
9/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
10/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
11/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
12/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
13/20

PARQUE PAJEÚ

Henrique Sampaio trabalha no Centro e aproveita o local para descansar (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
14/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
15/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
16/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
17/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
18/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
19/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
20/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

Com opções de lazer, Parque Pajeú ainda resguarda área verde do Centro

Com bicicletário, paisagismo, bancos e pisos bem conservados, além de iluminação reforçada, a praça é uma opção de lazer em Fortaleza

Por Roberta Tavares em Cotidiano

11 de setembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Parque Pajeú foi inaugurado em 1982, entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

Parque Pajeú foi inaugurado em 1982, entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

O Parque Pajeú ou das Esculturas, localizado no Centro de Fortaleza, é um daqueles lugares que você se apaixona assim que conhece, exceto pelo mau cheiro – cartão de visita de uma das únicas áreas verdes da região. O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes.

Com bicicletário, paisagismo, bancos, muros e pisos bem conservados, além de iluminação reforçada, a praça é uma opção de lazer na cidade pouco utilizada pelos moradores. Marcelo Medeiros tem uma banca de revistas no parque há 15 anos e admite que o local melhorou bastante, principalmente na segurança. “Faz tempo que não vejo assalto. Antes, tinha muito ladrão. Todo dia a gente ouvia alguém gritando dizendo que tinha sido assaltado, de manhã e no fim da tarde. Agora, a Guarda Municipal faz a segurança”, comenta.

Para Marcelo, é necessária a instalação de uma academia ao ar livre para entreter as mães que vão pegar os filhos na Escola Alba Frota, localizada no centro da praça. “A academia foi prometida em junho, mas até agora nada foi feito. Então, as pessoas que querem fazer exercícios vêm andar de bicicleta ou correr aqui”.

O casal Bruno Ferreira e Daniela Medeiros aproveita um dos bancos da praça para namorar, durante o intervalo da aula. “Já que no colégio não pode, a gente vem para cá”, brinca a jovem, de 19 anos. Frequentadores do parque há um mês, eles reclamam do lixo dentro do Riacho Pajeú, o que – muitas vezes – afasta as pessoas. Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe. “Poderia ser mais limpo, mas tenho que admitir que o parque é bonito demais”, revela o garoto.

E realmente existe beleza no local: crianças brincando com as mães, após as aulas; adolescentes conversando; e pessoas descansando após o trabalho no Centro da cidade. “Como trabalho perto, venho aproveitar meu horário de almoço aqui”, afirma Henrique Sampaio.

Arte destruída

O Parque Pajeú foi inaugurado em 1982 pela Prefeitura de Fortaleza, como fruto da urbanização do riacho de mesmo nome. Em 1997, vários artistas plásticos transformaram o parque em uma área de exposição permanente de esculturas, onde foram colocadas 16 peças de renomados cearenses. Entretanto, com o passar do tempo, as obras sumiram da área do parque, e as que permanecem estão deterioradas, resultado do descaso do poder público. Hoje, uma obra de arte desse porte custa, em média, R$ 200 mil. “Infelizmente, não tem quase nenhuma escultura, é uma pena. A arte foi completamente destruída”, lamenta Marcelo.

O rio tem sua nascente nas imediações da Rua Silva Paulet e percorre quase 5 mil metros até sua foz, na Praia Formosa. O riacho corre a céu aberto em alguns trechos, como atrás do Mercado Central, no Bosque do Paço Municipal e no Parque Pajeú. A maior parte está canalizada em galerias subterrâneas.

A assessoria de imprensa da CDL informou que a limpeza do riacho é realizada quinzenalmente pela Emlurb (Empresa Municipal de Limpeza e Urbanização).

Veja as fotos do Parque Pajeú:

PARQUE PAJEÚ
1/20

PARQUE PAJEÚ

O casal Bruno Ferreira e Daniela Medeiros aproveita um dos bancos da praça para namorar, durante o intervalo da aula (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
2/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
3/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
4/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
5/20

PARQUE PAJEÚ

Marcelo Medeiros tem uma banca de revistas no parque há 15 anos e admite que o local melhorou bastante, principalmente na segurança (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
6/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
7/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
8/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
9/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
10/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
11/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
12/20

PARQUE PAJEÚ

Atualmente, a CDL cuida da limpeza e da jardinagem do local, evitando o acúmulo de lixo dentro da área do parque. Mas o cuidado que se faz mais urgente é o das águas do Pajeú, repletas de resíduos sólidos, cujo odor é sentido de longe (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
13/20

PARQUE PAJEÚ

Henrique Sampaio trabalha no Centro e aproveita o local para descansar (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
14/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
15/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
16/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
17/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
18/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
19/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)

PARQUE PAJEÚ
20/20

PARQUE PAJEÚ

O espaço de mais de 15 mil m², situado entre a Avenida Dom Manuel e a Rua 25 de Março, foi adotado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas, por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes (FOTO: Roberta Tavares/Tribuna do Ceará)