Empresa formada somente por mulheres aposta em ambiente de trabalho prazeroso


Empresa formada somente por mulheres aposta em ambiente de trabalho prazeroso

A Mosaico, de Fortaleza, existe desde 2008 e há três anos só possui funcionárias. Mais do que colegas de trabalho, as publicitárias e administradoras tornaram-se amigas

Por Renata Monte em Cotidiano

31 de março de 2015 às 11:00

Há 4 anos
Parte da equipe da Mosaico (FOTO: Renata Monte/Tribuna do Ceará)

Parte da equipe da Mosaico (FOTO: Renata Monte/Tribuna do Ceará)

Tem gente que passa mais tempo no trabalho do que em casa. Nesses casos, chefes e colegas acabam participando mais da vida das pessoas do que a própria família. Se o local não for um ambiente agradável e causar algum tipo de desconforto para o funcionário, o trabalho pode virar um transtorno. Não é o caso da agência de branding Mosaico, em Fortaleza, que investe no bem-estar dos servidores. Ou melhor, das servidoras. A empresa é composta apenas por mulheres.

Em um espaço pequeno e aconchegante, quatro publicitárias e duas administradoras trabalham com o fortalecimento das marcas das empresas através da emoção causada no público. Conviver só com mulheres diariamente não é fácil, mas o sexteto garante que a amizade é tão forte que os conflitos são superficiais. O slogan “Contém afeto” exprime exatamente o que acontece dentro da organização. “Quando uma chega de mau humor ou triste, todas já sabem que aquela vai ser a mais cuidada do dia”, conta a publicitária Juliana Praça, proprietária da Mosaico.

A empresa, que surgiu em 2008, já passou por diversas reformulações no quadro de funcionários, mas há três anos não há troca. “Parece que a sintonia da equipe atual faz com que as coisas permaneçam no lugar”, comenta Rayra Costa, outra publicitária da Mosaico. Além dela e de Juliana, Carolina Freitas, Smyrna Jamacaru, Anne Louize Pontes, Janaína Praça e a cadela Divy compõe a equipe.

Divy é a mascote da empresa, que tomava conta do local. Rayra se apegou tanto ao animal que, todas as noites, leva a cadela para casa. O clima no trabalho é de harmonia. Da combinação dos móveis e das cores ao relacionamento entre elas. Algumas se sentem tão à vontade que andam descalças pelo trabalho. “É quase natural, é um conforto muito grande”, explica Rayra.

Divy e equipe Mosaico no Carnaval (FOTO: Arquivo pessoal)

Divy e equipe Mosaico no Carnaval (FOTO: Arquivo pessoal)

A forma de gerir a Mosaico partiu de um incômodo de Juliana quando era funcionária de outra empresa. A publicitária não gostava das normas mais rígidas do local e quis fazer o contrário quando criou o próprio negócio. “Eu vim de uma empresa muito engessada. Tinha crachá, tinha que bater ponto, e isso me incomodava. Quando montei a Mosaico, quis adotar esse jeito mais relaxado”.

Carolina comenta que até tentaram deixar a empresa mais formal, mas não deu certo e perceberam que conseguiam trabalhar mais e melhor do jeito mais descontraído. “Eu sinto que a gente acaba passando essa nossa essência para os clientes”, afirma.

Segundo a gestora em Recursos Humanos, Lise Aguiar, esse tipo de ambiente de trabalho acaba estimulando ainda mais a criatividade. “É preciso entender que cada um tem um estilo diferente de funcionar e até um horário melhor para trabalhar. Mas vale lembrar que essa flexibilidade talvez não funcione em outras empresas”, explica.

As meninas buscam ainda passar um pouco da rotina delas pelo Instagram da Mosaico com a hashtag #AquiDeDentro. “Aqui todo mundo sabe da vida de todo mundo e, para isso acontecer, é preciso muita confiança na outra. Nossa melhor metodologia é essa e fazemos bem o nosso trabalho assim”, finaliza Juliana.

 

Publicidade

Dê sua opinião

Empresa formada somente por mulheres aposta em ambiente de trabalho prazeroso

A Mosaico, de Fortaleza, existe desde 2008 e há três anos só possui funcionárias. Mais do que colegas de trabalho, as publicitárias e administradoras tornaram-se amigas

Por Renata Monte em Cotidiano

31 de março de 2015 às 11:00

Há 4 anos
Parte da equipe da Mosaico (FOTO: Renata Monte/Tribuna do Ceará)

Parte da equipe da Mosaico (FOTO: Renata Monte/Tribuna do Ceará)

Tem gente que passa mais tempo no trabalho do que em casa. Nesses casos, chefes e colegas acabam participando mais da vida das pessoas do que a própria família. Se o local não for um ambiente agradável e causar algum tipo de desconforto para o funcionário, o trabalho pode virar um transtorno. Não é o caso da agência de branding Mosaico, em Fortaleza, que investe no bem-estar dos servidores. Ou melhor, das servidoras. A empresa é composta apenas por mulheres.

Em um espaço pequeno e aconchegante, quatro publicitárias e duas administradoras trabalham com o fortalecimento das marcas das empresas através da emoção causada no público. Conviver só com mulheres diariamente não é fácil, mas o sexteto garante que a amizade é tão forte que os conflitos são superficiais. O slogan “Contém afeto” exprime exatamente o que acontece dentro da organização. “Quando uma chega de mau humor ou triste, todas já sabem que aquela vai ser a mais cuidada do dia”, conta a publicitária Juliana Praça, proprietária da Mosaico.

A empresa, que surgiu em 2008, já passou por diversas reformulações no quadro de funcionários, mas há três anos não há troca. “Parece que a sintonia da equipe atual faz com que as coisas permaneçam no lugar”, comenta Rayra Costa, outra publicitária da Mosaico. Além dela e de Juliana, Carolina Freitas, Smyrna Jamacaru, Anne Louize Pontes, Janaína Praça e a cadela Divy compõe a equipe.

Divy é a mascote da empresa, que tomava conta do local. Rayra se apegou tanto ao animal que, todas as noites, leva a cadela para casa. O clima no trabalho é de harmonia. Da combinação dos móveis e das cores ao relacionamento entre elas. Algumas se sentem tão à vontade que andam descalças pelo trabalho. “É quase natural, é um conforto muito grande”, explica Rayra.

Divy e equipe Mosaico no Carnaval (FOTO: Arquivo pessoal)

Divy e equipe Mosaico no Carnaval (FOTO: Arquivo pessoal)

A forma de gerir a Mosaico partiu de um incômodo de Juliana quando era funcionária de outra empresa. A publicitária não gostava das normas mais rígidas do local e quis fazer o contrário quando criou o próprio negócio. “Eu vim de uma empresa muito engessada. Tinha crachá, tinha que bater ponto, e isso me incomodava. Quando montei a Mosaico, quis adotar esse jeito mais relaxado”.

Carolina comenta que até tentaram deixar a empresa mais formal, mas não deu certo e perceberam que conseguiam trabalhar mais e melhor do jeito mais descontraído. “Eu sinto que a gente acaba passando essa nossa essência para os clientes”, afirma.

Segundo a gestora em Recursos Humanos, Lise Aguiar, esse tipo de ambiente de trabalho acaba estimulando ainda mais a criatividade. “É preciso entender que cada um tem um estilo diferente de funcionar e até um horário melhor para trabalhar. Mas vale lembrar que essa flexibilidade talvez não funcione em outras empresas”, explica.

As meninas buscam ainda passar um pouco da rotina delas pelo Instagram da Mosaico com a hashtag #AquiDeDentro. “Aqui todo mundo sabe da vida de todo mundo e, para isso acontecer, é preciso muita confiança na outra. Nossa melhor metodologia é essa e fazemos bem o nosso trabalho assim”, finaliza Juliana.