Prefeitura promove ações culturais em praças do Benfica

INTERVENÇÃO

Prefeitura promove ações culturais em praças do Benfica como estímulo à paz

A iniciativa, denominada como “Juventude pela Vida”, é realizada pela Prefeitura de Fortaleza em parceria com a Universidade Federal do Ceará para promover a cultura de paz

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

16 de março de 2018 às 19:29

Há 1 ano
A ação tem como objetivo promover a paz e a cultura nos espaços públicos da capital (FOTO: Eumar Lima)

A ação tem como objetivo promover a paz e a cultura nos espaços públicos da capital (FOTO: Eumar Lima)

Após uma semana da ocorrência da chacina do Benfica, ações culturais foram promovidas nas Praças da Gentilândia e João Gentil na noite desta sexta-feira (16).

A iniciativa, denominada como “Juventude pela Vida”, é realizada pela Prefeitura de Fortaleza em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC) para promover a cultura de paz.

No evento, os ambulantes voltaram a trabalhar na praça da Gentilândia após passar uma semana com as suas atividades suspensas pela Polícia Militar e pela Prefeitura.

As atividades foram dividas nas duas praças. A Praça da Gentilândia ganhou campeonato de skate, intervenção de grafite, apresentação de MC’s, show da banda Caixeiros Viajantes entre outros.

Já na Praça João Gentil, são realizados zumba, grande roda de capoeira, brinquedos infláveis, pagode e campeonato de futebol. A programação gratuita iniciou às 14h e se estende até as 22h.

De acordo com o secretário de Juventude de Fortaleza Júlio Brizzi, o intuito é promover as atividades culturais nos espaços públicos da capital. “A ideia é ocupar a cidade e levar atividades culturais aos espaços públicos que são ocupados pela juventude da Capital cearense. O ato surge em memória aos jovens que perderam a vida por atos de violência, buscando ampliar o debate e a luta por paz na nossa cidade. É um grito de paz”, ressalta o titular.

Na noite desta quinta-feira (15), uma cerimônia ecumênica foi realizada para homenagear as setes vítimas da chacina do Benfica. O ato foi comandado por um padre, pai de santo e um pastor. Os moradores da região e parentes das vítimas acenderam velas e colocaram flores brancas em um dos pontos que algumas vítimas morreram na Praça da Gentilândia.

Publicidade

Dê sua opinião

INTERVENÇÃO

Prefeitura promove ações culturais em praças do Benfica como estímulo à paz

A iniciativa, denominada como “Juventude pela Vida”, é realizada pela Prefeitura de Fortaleza em parceria com a Universidade Federal do Ceará para promover a cultura de paz

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

16 de março de 2018 às 19:29

Há 1 ano
A ação tem como objetivo promover a paz e a cultura nos espaços públicos da capital (FOTO: Eumar Lima)

A ação tem como objetivo promover a paz e a cultura nos espaços públicos da capital (FOTO: Eumar Lima)

Após uma semana da ocorrência da chacina do Benfica, ações culturais foram promovidas nas Praças da Gentilândia e João Gentil na noite desta sexta-feira (16).

A iniciativa, denominada como “Juventude pela Vida”, é realizada pela Prefeitura de Fortaleza em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC) para promover a cultura de paz.

No evento, os ambulantes voltaram a trabalhar na praça da Gentilândia após passar uma semana com as suas atividades suspensas pela Polícia Militar e pela Prefeitura.

As atividades foram dividas nas duas praças. A Praça da Gentilândia ganhou campeonato de skate, intervenção de grafite, apresentação de MC’s, show da banda Caixeiros Viajantes entre outros.

Já na Praça João Gentil, são realizados zumba, grande roda de capoeira, brinquedos infláveis, pagode e campeonato de futebol. A programação gratuita iniciou às 14h e se estende até as 22h.

De acordo com o secretário de Juventude de Fortaleza Júlio Brizzi, o intuito é promover as atividades culturais nos espaços públicos da capital. “A ideia é ocupar a cidade e levar atividades culturais aos espaços públicos que são ocupados pela juventude da Capital cearense. O ato surge em memória aos jovens que perderam a vida por atos de violência, buscando ampliar o debate e a luta por paz na nossa cidade. É um grito de paz”, ressalta o titular.

Na noite desta quinta-feira (15), uma cerimônia ecumênica foi realizada para homenagear as setes vítimas da chacina do Benfica. O ato foi comandado por um padre, pai de santo e um pastor. Os moradores da região e parentes das vítimas acenderam velas e colocaram flores brancas em um dos pontos que algumas vítimas morreram na Praça da Gentilândia.