Retrospectiva: 14 empreendedores criativos do Ceará que ganharam dinheiro em 2014


Retrospectiva: 14 empreendedores criativos do Ceará que ganharam dinheiro em 2014

Cearenses deram um show em inovação durante o ano. O desejo é que, em 2015, o estado tenha cada vez mais empreendedores sem medo de arriscar

Por Roberta Tavares em Cotidiano

28 de dezembro de 2014 às 10:00

Há 5 anos

Dizem que a necessidade é a mãe de todas as invenções. E, em 2014, os cearenses deram um show em inovação. Desenvolvimento de aplicativos criativos para smartphones, abertura de lojas a partir de sonhos, criação de bonecos de massa de modelar e até de miniaturas de caminhões foram as novidades do ano. O desejo é que, em 2015, o Ceará tenha cada vez mais pessoas empreendedoras, sem medo de arriscar. Confira 14 empreendedores do estado que foram tema de matérias do Tribuna do Ceará:

1. Cearense vira empresária de sucesso depois de se fantasiar como Mulher-Gato

Sylvia Design grita, pula e mia nas gravações, vencendo como uma das empreendedoras mais irreverentes do varejo de móveis em SP (FOTO: Divulgação)

Sylvia Design grita, pula e mia nas gravações, vencendo como uma das empreendedoras mais irreverentes do varejo de móveis em SP (FOTO: Divulgação)

Ela ganhou fama vestindo-se de Mulher-Gato e gritando ‘miau’ na TV para liquidar estoques de sofá. A menina humilde do interior do estado, que andava de jegue na infância, subia em árvores para pegar goiaba e tomava banho de rio, tornou-se uma empresária do ramo moveleiro que dá autógrafos e tira fotos com celebridade.

2. Rede cearense Bebelu vira a 5ª franquia de fast-food do Brasil

Empresário pretende triplicar o número de franquias em três anos (FOTO: Divulgação / Jarbas Oliveira)

Empresário pretende triplicar o número de franquias em três anos (FOTO: Divulgação / Jarbas Oliveira)

Rony Ximenes é empresário e diretor da Bebelu Lanches. O fundador Dernier Pessoas Rios criou a marca em 1986, a partir da necessidade de matar a fome dos amigos após noites de festas. Os sabores ganharam ar comercial em um carrinho de lanches ambulante montado na calçada da residência da família de Dernier, no Bairro Monte Castelo, em Fortaleza. Concorrente “mordida-a-mordida” com gigantes do ramo fast-food, a empresa cearense Bebelu conseguiu ocupar um lugar de destaque no setor alimentício nacional.

3. Mesmo com deficiência na mão, artesão cria bonecas que parecem reais

Por todo o lado lúdico que o “brincar de boneca” apresenta, as reborn babies são bastante procuradas para ajudar no tratamento da depressão e do Alzheimer (FOTO: Arquivo pessoal)

Por todo o lado lúdico que o “brincar de boneca” apresenta, as reborn babies são bastante procuradas para ajudar no tratamento da depressão e do Alzheimer (FOTO: Arquivo pessoal)

Silgene Evangelista vive da Arte Reborn, uma técnica capaz de “dar vida” a bonecas, mesmo com a dificuldade em se movimentar e a limitação em uma das mãos. A artesã conta que não pode falar que a boneca é vendida. Na verdade, ela é “adotada”, tamanha a semelhança com uma criança real. Dependendo das especificações, a boneca ela pode chegar a custar em torno de R$ 4 mil.

4. Startup cearense cria aplicativo que alerta motoristas sobre troca de óleo

O usuário escolhe a loja que mais lhe agrada e reserva o atendimento com o preço negociado pelo aplicativo (FOTO: Divulgação/Óleo web)

O usuário escolhe a loja que mais lhe agrada e reserva o atendimento com o preço negociado pelo aplicativo (FOTO: Divulgação/Óleo web)

Uma startup cearense desenvolveu um aplicativo para alertar motoristas sobre a troca de óleo do carro, indicando os produtos adequados, além de apontar as lojas especializadas próximas à localização do usuário. Foram 14 meses desde a concepção, desenvolvimento e cadastro das aplicações de lubrificantes de acordo com o modelo do carro e da indicação do produto pela montadora. Há 21.684 combinações de modelo, óleo e filtro.

5. Estudantes desenvolvem aplicativo para facilitar interação entre alunos

(IMAGEM: Divulgação)

(IMAGEM: Divulgação)

Um grupo de estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) teve a ideia de criar um aplicativo gratuito de celular para facilitar a interação entre os alunos. Intitulado iSA, o app objetiva permitir que o usuário encontre os locais de xerox, as bibliotecas, e ainda promover a relação dos estudantes.

6. Cearense lucra com lançamentos de dindins alcoólicos

A unidade custa R$ 2,50 (FOTO: Divulgação)

A unidade custa R$ 2,50 (FOTO: Divulgação)

A microempresária Carol Faruk apostou na simples e descolada ideia de vender dindins alcoólicos no começo do ano, e criou o Dindin do Brilho. As cores fortes dos dindins chamam a atenção. São 11 sabores que podem conter cachaça, vodca, rum, vinho ou saquê. O preço da unidade é R$ 2,50, mas pode ser barateado se for fechado um pacote.

7. Cearenses criam app que premia com descontos quem consegue se desconectar do celular

Offzone premia quem consegue obter sucesso no desafio de se desconectar do celular (FOTO: Divulgação)

Offzone premia quem consegue obter sucesso no desafio de se desconectar do celular (FOTO: Divulgação)

Os cearenses Rafael Coelho e Cardoso Neto criaram o Offzone. O aplicativo tem a proposta de fazer com que as pessoas possam, cada vez mais, sentirem-se próximas umas das outras. Essa aproximação entre os indivíduos é feita graças à reconexão ao mundo real. O Offzone premia quem consegue obter sucesso no desafio de se desconectar do celular e interagir com as pessoas ao redor.

8. Jornalista transforma cozinha de casa em padaria e faz sucesso nas redes sociais

Os valores variam de R$ 6 a R$ 35 (FOTO: Arquivo pessoal)

Os valores variam de R$ 6 a R$ 35 (FOTO: Arquivo pessoal)

Por insistência de uma amiga, a jornalista Kerla Alencar, de 38 anos, montou uma padaria na cozinha de casa. Tudo começou como um hobby, que acabou se tornando complemento de renda. O valor dos pães varia de R$ 6 a R$ 35. São feitos cerca de 70 produtos por semana – produção que a cozinha da jornalista dá conta.

9. Cearense cria miniaturas de caminhões que chamam a atenção pela riqueza de detalhes

Para agradar ao filho, Cícero criava os próprios brinquedos para criança (FOTO: Arquivo Pessoal)

Para agradar ao filho, Cícero criava os próprios brinquedos para criança (FOTO: Arquivo Pessoal)

Aos 15 anos, Cícero Rodrigues descobriu uma aptidão por artesanato, fazendo miniaturas de aviões e carros. Hoje com 48, persiste na habilidade, com mais tempo dedicado a fazer réplicas de caminhão em miniatura. Preocupado com a sustentabilidade, os materiais utilizados em sua arte são recicláveis: madeira, plástico e borracha.

10. Cearenses desenvolvem aplicativo que ajuda na malhação

A ideia é fidelizar os frequentadores das academias, evitando a evasão (FOTO: Reprodução)

A ideia é fidelizar os frequentadores das academias, evitando a evasão (FOTO: Reprodução)

A ideia surgiu a partir da união de três cearenses, que fundaram a startup FitPro. Musculação, luta, dança ou apenas ergometria. Não importa qual é o exercício. O app FitProapp funciona como um elo entre academias e alunos, facilitando a interação.

11. Artista faz bonecos incrivelmente realísticos com massa de modelar

Edinho é escultor e se inspira em personagens de filmes (FOTO: Arquivo Pessoal)

Edinho é escultor e se inspira em personagens de filmes (FOTO: Arquivo Pessoal)

Escultor por vocação e empreendedor por experiência. Edison Magalhães – ou Edinho Maga, como gosta de ser chamado – é cearense, tem 32 anos e é fã de filmes e super heróis. Após dez anos de muito trabalho, utilizando massinha de modelar, Edinho já enviou bonecos para diversos países, como França, Alemanha, Austrália, Vietnã e Paquistão. Os bonecos mais vendidos são os de Stallone como Rambo ou Rocky Balboa.

12. ‘Pizza no carrinho’: educador físico tira sonho do papel e monta pizzaria itinerante

Adriano Gurgel criou segundo horário de trabalho para transformar sonho em realidade (MONTAGEM: Reprodução/ Instagram)

Adriano Gurgel criou segundo horário de trabalho para transformar sonho em realidade (MONTAGEM: Reprodução/ Instagram)

O educador físico e aluno de gastronomia Adriano Gurgel resolveu tirar do papel um sonho antigo: montar uma pizzaria. Em abril deste ano, com a ajuda financeira dos pais, Adriano comprou uma Kombi adaptada para vendas e fundou o Pizza Nakombi. Algumas adaptações ainda foram necessárias, como a instalação de um forno, o que deixou o investimento total em torno de R$ 28 mil, de acordo com o empreendedor.

13. Professores e alunos cearenses desenvolvem app para romeiros e turistas em Canindé

O app Santuário de Canindé traz informações sobre locais de visitação e de serviço (FOTO: Arquivo pessoal)

O app Santuário de Canindé traz informações sobre locais de visitação e de serviço (FOTO: Arquivo pessoal)

Para ajudar os milhares de devotos que visitam a cidade, um grupo do Instituto Federal do Ceará (IFCE) desenvolveu um aplicativo para smartphones, com informações sobre a cidade. O app Santuário de Canindé traz informações sobre locais de visitação e de serviço sobre a cidade, como hotéis e restaurantes.

14. Apaixonada por doces, administradora abre confeitaria a partir de TCC de faculdade

Possina Siqueira abriu o próprio negócio logo depois de se formar; loja faz sucesso na Região do Cariri (FOTO: Divulgação/UFCA)

Possina Siqueira abriu o próprio negócio logo depois de se formar; loja faz sucesso na Região do Cariri (FOTO: Divulgação/UFCA)

Ana Possina Siqueira, de 27 anos, aliou o útil ao agradável. Montou o próprio negócio e realizou o sonho profissional logo depois de concluir o curso de Administração, na Universidade Federal do Cariri (UFCA). A cearense abriu loja referência em qualidade gastronômica na Região do Cariri. Seu trabalho de conclusão de curso serviu de base.

Publicidade

Dê sua opinião

Retrospectiva: 14 empreendedores criativos do Ceará que ganharam dinheiro em 2014

Cearenses deram um show em inovação durante o ano. O desejo é que, em 2015, o estado tenha cada vez mais empreendedores sem medo de arriscar

Por Roberta Tavares em Cotidiano

28 de dezembro de 2014 às 10:00

Há 5 anos

Dizem que a necessidade é a mãe de todas as invenções. E, em 2014, os cearenses deram um show em inovação. Desenvolvimento de aplicativos criativos para smartphones, abertura de lojas a partir de sonhos, criação de bonecos de massa de modelar e até de miniaturas de caminhões foram as novidades do ano. O desejo é que, em 2015, o Ceará tenha cada vez mais pessoas empreendedoras, sem medo de arriscar. Confira 14 empreendedores do estado que foram tema de matérias do Tribuna do Ceará:

1. Cearense vira empresária de sucesso depois de se fantasiar como Mulher-Gato

Sylvia Design grita, pula e mia nas gravações, vencendo como uma das empreendedoras mais irreverentes do varejo de móveis em SP (FOTO: Divulgação)

Sylvia Design grita, pula e mia nas gravações, vencendo como uma das empreendedoras mais irreverentes do varejo de móveis em SP (FOTO: Divulgação)

Ela ganhou fama vestindo-se de Mulher-Gato e gritando ‘miau’ na TV para liquidar estoques de sofá. A menina humilde do interior do estado, que andava de jegue na infância, subia em árvores para pegar goiaba e tomava banho de rio, tornou-se uma empresária do ramo moveleiro que dá autógrafos e tira fotos com celebridade.

2. Rede cearense Bebelu vira a 5ª franquia de fast-food do Brasil

Empresário pretende triplicar o número de franquias em três anos (FOTO: Divulgação / Jarbas Oliveira)

Empresário pretende triplicar o número de franquias em três anos (FOTO: Divulgação / Jarbas Oliveira)

Rony Ximenes é empresário e diretor da Bebelu Lanches. O fundador Dernier Pessoas Rios criou a marca em 1986, a partir da necessidade de matar a fome dos amigos após noites de festas. Os sabores ganharam ar comercial em um carrinho de lanches ambulante montado na calçada da residência da família de Dernier, no Bairro Monte Castelo, em Fortaleza. Concorrente “mordida-a-mordida” com gigantes do ramo fast-food, a empresa cearense Bebelu conseguiu ocupar um lugar de destaque no setor alimentício nacional.

3. Mesmo com deficiência na mão, artesão cria bonecas que parecem reais

Por todo o lado lúdico que o “brincar de boneca” apresenta, as reborn babies são bastante procuradas para ajudar no tratamento da depressão e do Alzheimer (FOTO: Arquivo pessoal)

Por todo o lado lúdico que o “brincar de boneca” apresenta, as reborn babies são bastante procuradas para ajudar no tratamento da depressão e do Alzheimer (FOTO: Arquivo pessoal)

Silgene Evangelista vive da Arte Reborn, uma técnica capaz de “dar vida” a bonecas, mesmo com a dificuldade em se movimentar e a limitação em uma das mãos. A artesã conta que não pode falar que a boneca é vendida. Na verdade, ela é “adotada”, tamanha a semelhança com uma criança real. Dependendo das especificações, a boneca ela pode chegar a custar em torno de R$ 4 mil.

4. Startup cearense cria aplicativo que alerta motoristas sobre troca de óleo

O usuário escolhe a loja que mais lhe agrada e reserva o atendimento com o preço negociado pelo aplicativo (FOTO: Divulgação/Óleo web)

O usuário escolhe a loja que mais lhe agrada e reserva o atendimento com o preço negociado pelo aplicativo (FOTO: Divulgação/Óleo web)

Uma startup cearense desenvolveu um aplicativo para alertar motoristas sobre a troca de óleo do carro, indicando os produtos adequados, além de apontar as lojas especializadas próximas à localização do usuário. Foram 14 meses desde a concepção, desenvolvimento e cadastro das aplicações de lubrificantes de acordo com o modelo do carro e da indicação do produto pela montadora. Há 21.684 combinações de modelo, óleo e filtro.

5. Estudantes desenvolvem aplicativo para facilitar interação entre alunos

(IMAGEM: Divulgação)

(IMAGEM: Divulgação)

Um grupo de estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) teve a ideia de criar um aplicativo gratuito de celular para facilitar a interação entre os alunos. Intitulado iSA, o app objetiva permitir que o usuário encontre os locais de xerox, as bibliotecas, e ainda promover a relação dos estudantes.

6. Cearense lucra com lançamentos de dindins alcoólicos

A unidade custa R$ 2,50 (FOTO: Divulgação)

A unidade custa R$ 2,50 (FOTO: Divulgação)

A microempresária Carol Faruk apostou na simples e descolada ideia de vender dindins alcoólicos no começo do ano, e criou o Dindin do Brilho. As cores fortes dos dindins chamam a atenção. São 11 sabores que podem conter cachaça, vodca, rum, vinho ou saquê. O preço da unidade é R$ 2,50, mas pode ser barateado se for fechado um pacote.

7. Cearenses criam app que premia com descontos quem consegue se desconectar do celular

Offzone premia quem consegue obter sucesso no desafio de se desconectar do celular (FOTO: Divulgação)

Offzone premia quem consegue obter sucesso no desafio de se desconectar do celular (FOTO: Divulgação)

Os cearenses Rafael Coelho e Cardoso Neto criaram o Offzone. O aplicativo tem a proposta de fazer com que as pessoas possam, cada vez mais, sentirem-se próximas umas das outras. Essa aproximação entre os indivíduos é feita graças à reconexão ao mundo real. O Offzone premia quem consegue obter sucesso no desafio de se desconectar do celular e interagir com as pessoas ao redor.

8. Jornalista transforma cozinha de casa em padaria e faz sucesso nas redes sociais

Os valores variam de R$ 6 a R$ 35 (FOTO: Arquivo pessoal)

Os valores variam de R$ 6 a R$ 35 (FOTO: Arquivo pessoal)

Por insistência de uma amiga, a jornalista Kerla Alencar, de 38 anos, montou uma padaria na cozinha de casa. Tudo começou como um hobby, que acabou se tornando complemento de renda. O valor dos pães varia de R$ 6 a R$ 35. São feitos cerca de 70 produtos por semana – produção que a cozinha da jornalista dá conta.

9. Cearense cria miniaturas de caminhões que chamam a atenção pela riqueza de detalhes

Para agradar ao filho, Cícero criava os próprios brinquedos para criança (FOTO: Arquivo Pessoal)

Para agradar ao filho, Cícero criava os próprios brinquedos para criança (FOTO: Arquivo Pessoal)

Aos 15 anos, Cícero Rodrigues descobriu uma aptidão por artesanato, fazendo miniaturas de aviões e carros. Hoje com 48, persiste na habilidade, com mais tempo dedicado a fazer réplicas de caminhão em miniatura. Preocupado com a sustentabilidade, os materiais utilizados em sua arte são recicláveis: madeira, plástico e borracha.

10. Cearenses desenvolvem aplicativo que ajuda na malhação

A ideia é fidelizar os frequentadores das academias, evitando a evasão (FOTO: Reprodução)

A ideia é fidelizar os frequentadores das academias, evitando a evasão (FOTO: Reprodução)

A ideia surgiu a partir da união de três cearenses, que fundaram a startup FitPro. Musculação, luta, dança ou apenas ergometria. Não importa qual é o exercício. O app FitProapp funciona como um elo entre academias e alunos, facilitando a interação.

11. Artista faz bonecos incrivelmente realísticos com massa de modelar

Edinho é escultor e se inspira em personagens de filmes (FOTO: Arquivo Pessoal)

Edinho é escultor e se inspira em personagens de filmes (FOTO: Arquivo Pessoal)

Escultor por vocação e empreendedor por experiência. Edison Magalhães – ou Edinho Maga, como gosta de ser chamado – é cearense, tem 32 anos e é fã de filmes e super heróis. Após dez anos de muito trabalho, utilizando massinha de modelar, Edinho já enviou bonecos para diversos países, como França, Alemanha, Austrália, Vietnã e Paquistão. Os bonecos mais vendidos são os de Stallone como Rambo ou Rocky Balboa.

12. ‘Pizza no carrinho’: educador físico tira sonho do papel e monta pizzaria itinerante

Adriano Gurgel criou segundo horário de trabalho para transformar sonho em realidade (MONTAGEM: Reprodução/ Instagram)

Adriano Gurgel criou segundo horário de trabalho para transformar sonho em realidade (MONTAGEM: Reprodução/ Instagram)

O educador físico e aluno de gastronomia Adriano Gurgel resolveu tirar do papel um sonho antigo: montar uma pizzaria. Em abril deste ano, com a ajuda financeira dos pais, Adriano comprou uma Kombi adaptada para vendas e fundou o Pizza Nakombi. Algumas adaptações ainda foram necessárias, como a instalação de um forno, o que deixou o investimento total em torno de R$ 28 mil, de acordo com o empreendedor.

13. Professores e alunos cearenses desenvolvem app para romeiros e turistas em Canindé

O app Santuário de Canindé traz informações sobre locais de visitação e de serviço (FOTO: Arquivo pessoal)

O app Santuário de Canindé traz informações sobre locais de visitação e de serviço (FOTO: Arquivo pessoal)

Para ajudar os milhares de devotos que visitam a cidade, um grupo do Instituto Federal do Ceará (IFCE) desenvolveu um aplicativo para smartphones, com informações sobre a cidade. O app Santuário de Canindé traz informações sobre locais de visitação e de serviço sobre a cidade, como hotéis e restaurantes.

14. Apaixonada por doces, administradora abre confeitaria a partir de TCC de faculdade

Possina Siqueira abriu o próprio negócio logo depois de se formar; loja faz sucesso na Região do Cariri (FOTO: Divulgação/UFCA)

Possina Siqueira abriu o próprio negócio logo depois de se formar; loja faz sucesso na Região do Cariri (FOTO: Divulgação/UFCA)

Ana Possina Siqueira, de 27 anos, aliou o útil ao agradável. Montou o próprio negócio e realizou o sonho profissional logo depois de concluir o curso de Administração, na Universidade Federal do Cariri (UFCA). A cearense abriu loja referência em qualidade gastronômica na Região do Cariri. Seu trabalho de conclusão de curso serviu de base.