Startup de estudante cearense é selecionada para torneio mundial de tecnologia

EMPREENDEDORISMO

Startup de estudante cearense é selecionada para torneio mundial de tecnologia

O Aqualuz é um sistema mecatrônico de filtragem de água baseada em luz solar. O vencedor ganhará prêmio de R$ 75 mil

Por Tribuna do Ceará em Educação

26 de fevereiro de 2019 às 07:00

Há 4 meses
O torneio acontece em abril nos Estados Unidos (FOTO: Divulgação)

O torneio acontece em abril nos Estados Unidos (FOTO: Divulgação)

Projeto da estudante de Engenharia Ambiental, Letícia Nunes Bezerra, da Universidade Federal do Ceará (UFC), foi selecionado para o Brazil Conference 2019, um torneio mundial de tecnologia que acontece nos Estados Unidos em abril.

Desenvolvido junto aos estudantes baianos dos cursos de Biotecnologia e Ciências da Computação, Anna Luísa e Lucas Gama Dantas, o Aqualuz é um sistema mecatrônico de filtragem de água baseada em luz solar. Ele tem o propósito de ajudar a resolver problemas relacionados à água potável que afeta a região do semiárido.

A startup faz parte do Academic Working Capital (AWC). O programação é uma iniciativa é voltado aos estudantes em fase final de graduação, que possuem seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com soluções tecnológicas ou de inovação.

O vencedor da disputa, que conta com outros dois projetos brasileiros, ganhará um prêmio de R$ 75 mil para o desenvolvimento do projeto, e o segundo lugar será recompensado com R$ 25 mil. As três startups da AWC; Aqualuz, a Helidrop e a NextCam possuem projetos que utilizam a tecnologia para resolução de problemas do país como saúde, educação e meio ambiente.

A iniciativa de empreendedorismo universitário é do Instituto TIM. Até o final em abril, as equipes receberão treinamento e mentoria de investidores, empresários e alunos do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e da Universidade de Harvard.

Publicidade

Dê sua opinião

EMPREENDEDORISMO

Startup de estudante cearense é selecionada para torneio mundial de tecnologia

O Aqualuz é um sistema mecatrônico de filtragem de água baseada em luz solar. O vencedor ganhará prêmio de R$ 75 mil

Por Tribuna do Ceará em Educação

26 de fevereiro de 2019 às 07:00

Há 4 meses
O torneio acontece em abril nos Estados Unidos (FOTO: Divulgação)

O torneio acontece em abril nos Estados Unidos (FOTO: Divulgação)

Projeto da estudante de Engenharia Ambiental, Letícia Nunes Bezerra, da Universidade Federal do Ceará (UFC), foi selecionado para o Brazil Conference 2019, um torneio mundial de tecnologia que acontece nos Estados Unidos em abril.

Desenvolvido junto aos estudantes baianos dos cursos de Biotecnologia e Ciências da Computação, Anna Luísa e Lucas Gama Dantas, o Aqualuz é um sistema mecatrônico de filtragem de água baseada em luz solar. Ele tem o propósito de ajudar a resolver problemas relacionados à água potável que afeta a região do semiárido.

A startup faz parte do Academic Working Capital (AWC). O programação é uma iniciativa é voltado aos estudantes em fase final de graduação, que possuem seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com soluções tecnológicas ou de inovação.

O vencedor da disputa, que conta com outros dois projetos brasileiros, ganhará um prêmio de R$ 75 mil para o desenvolvimento do projeto, e o segundo lugar será recompensado com R$ 25 mil. As três startups da AWC; Aqualuz, a Helidrop e a NextCam possuem projetos que utilizam a tecnologia para resolução de problemas do país como saúde, educação e meio ambiente.

A iniciativa de empreendedorismo universitário é do Instituto TIM. Até o final em abril, as equipes receberão treinamento e mentoria de investidores, empresários e alunos do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e da Universidade de Harvard.