Camilo Santana ajuda Ciro após mal desempenho em pesquisa no Ceará

Só 15% no Ibope

Camilo Santana ajuda Ciro após mal desempenho em pesquisa no Ceará

“Estamos juntos”, disse o governador petista, após Ibope registrar desempenho de Ciro abaixo do esperado. O ex-governador perderia no Ceará para Lula.

Por Wanderley Filho em Eleições 2018

20 de agosto de 2018 às 11:59

Há 10 meses
Camilo Santana e Ciro Gomes se abraçando

Em discurso, o petista não poupou elogios ao presidenciável (FOTO: Reprodução/Nordestv)

Em minha coluna para a rádio Tribuna BandNews (101.7) do último sábado (18), eu disse o seguinte:

“O Ibope [pesquisa divulgada pela TV Verdes Mares na semana passada] mostrou que, para a disputa presidencial, Ciro Gomes (PDT) teria apenas 15% da preferência dos cearenses, contra 56% do ex-presidente Lula (PT), preso por corrupção. Já no cenário sem o petista, Ciro subiria para 39%, desempenho ainda bem inferior ao registrado pelo governador Camilo Santana (PT), que largou com 64% para tentar a reeleição. É bem verdade que os adversários na disputa estadual ainda são desconhecidos, o que facilita as coisas para Camilo neste início, mas, de toda forma, e por isso mesmo, o engajamento do governador na campanha de Ciro seria fundamental para dar uma margem maior ao presidenciável em seu próprio estado. Neste começo, Camilo sinalizou ter optado pela neutralidade entre Lula e Ciro, mas, agora, com vários candidatos podendo ir ao segundo turno, qualquer ponto percentual poderá fazer a diferença no final. Assim, a pressão por aqui pode aumentar muito.”

Pois é, dito e feito. Horas mais tarde, durante evento do PDT, Camilo Santana deixou de lado as costumeiras tergiversações da política e foi direto ao ponto, como registrou a Tribuna do Ceará: Camilo finalmente diz de que lado está: “Ciro, estamos juntos”.

A matéria mostra ainda outra passagem no discurso do governador: “Quero desejar [a Ciro] toda a sorte do mundo, que Deus abençoe a sua missão, para que você possa cumprir essa missão pelo povo brasileiro”.  Por sua missão, entenda-se vencer as eleições, derrotando até mesmo um candidato petista.

Obviamente as falas e as agendas coincidiram com uma ação de aproximação de imagens. Que situação. Resta ver como o PT irá reagir caso Fernando Haddad, o substituto de Lula na chapa presidencial, cresça nas pesquisas mais adiante.

Acompanhe outras análises de Wanderley Filho sobre as convenções:

17/8/18: As eleições no Ceará já estão definidas?

14/8/18: Ciro critica Eunício toda semana, mas seus partidos seguem unidos no Ceará

9/8/18 Ceará é destaque nacional de insegurança, principal tema das eleições

8/8/18 Cid Gomes e a arte do possível

7/8/18 Quem vota em um, vota no outro?

4/8/18 – Convenções reúnem sumidos na onda de ataques

2/8/18 – “A disputa é comigo!”, diz Ciro Gomes sobre Lula e o PT. Bem que eu avisei…

1/8/18 – Camilo reconhece que segurança pública será o grande tema das eleições no Ceará

30/7/18 – Brás Cubas explica silêncio de Eunício sobre críticas de “aliados”

29/7/18 – O fim de semana em que cearenses ficaram entre facções e convenções

27/7/18 – “Tenho sido alvo do PT”, diz Ciro na véspera de encontro petista no Ceará

26/7/18 – O alerta de Tancredo que serve para Ciro

25/7/18 – Luizianne pressiona Camilo a decidir entre Lula e Ciro

25/7/18 – Concurso público de Sobral testa conhecimentos sobre a família Ferreira Gomes

23/7/18 – O maior inimigo de Ciro é o PT

22/7/18 – Quem faz o papel de Centrão no Ceará?

20/7/18 – Veja como a perda de apoio do Centrão a Ciro Gomes afeta as eleições no Ceará

Publicidade

Dê sua opinião

Só 15% no Ibope

Camilo Santana ajuda Ciro após mal desempenho em pesquisa no Ceará

“Estamos juntos”, disse o governador petista, após Ibope registrar desempenho de Ciro abaixo do esperado. O ex-governador perderia no Ceará para Lula.

Por Wanderley Filho em Eleições 2018

20 de agosto de 2018 às 11:59

Há 10 meses
Camilo Santana e Ciro Gomes se abraçando

Em discurso, o petista não poupou elogios ao presidenciável (FOTO: Reprodução/Nordestv)

Em minha coluna para a rádio Tribuna BandNews (101.7) do último sábado (18), eu disse o seguinte:

“O Ibope [pesquisa divulgada pela TV Verdes Mares na semana passada] mostrou que, para a disputa presidencial, Ciro Gomes (PDT) teria apenas 15% da preferência dos cearenses, contra 56% do ex-presidente Lula (PT), preso por corrupção. Já no cenário sem o petista, Ciro subiria para 39%, desempenho ainda bem inferior ao registrado pelo governador Camilo Santana (PT), que largou com 64% para tentar a reeleição. É bem verdade que os adversários na disputa estadual ainda são desconhecidos, o que facilita as coisas para Camilo neste início, mas, de toda forma, e por isso mesmo, o engajamento do governador na campanha de Ciro seria fundamental para dar uma margem maior ao presidenciável em seu próprio estado. Neste começo, Camilo sinalizou ter optado pela neutralidade entre Lula e Ciro, mas, agora, com vários candidatos podendo ir ao segundo turno, qualquer ponto percentual poderá fazer a diferença no final. Assim, a pressão por aqui pode aumentar muito.”

Pois é, dito e feito. Horas mais tarde, durante evento do PDT, Camilo Santana deixou de lado as costumeiras tergiversações da política e foi direto ao ponto, como registrou a Tribuna do Ceará: Camilo finalmente diz de que lado está: “Ciro, estamos juntos”.

A matéria mostra ainda outra passagem no discurso do governador: “Quero desejar [a Ciro] toda a sorte do mundo, que Deus abençoe a sua missão, para que você possa cumprir essa missão pelo povo brasileiro”.  Por sua missão, entenda-se vencer as eleições, derrotando até mesmo um candidato petista.

Obviamente as falas e as agendas coincidiram com uma ação de aproximação de imagens. Que situação. Resta ver como o PT irá reagir caso Fernando Haddad, o substituto de Lula na chapa presidencial, cresça nas pesquisas mais adiante.

Acompanhe outras análises de Wanderley Filho sobre as convenções:

17/8/18: As eleições no Ceará já estão definidas?

14/8/18: Ciro critica Eunício toda semana, mas seus partidos seguem unidos no Ceará

9/8/18 Ceará é destaque nacional de insegurança, principal tema das eleições

8/8/18 Cid Gomes e a arte do possível

7/8/18 Quem vota em um, vota no outro?

4/8/18 – Convenções reúnem sumidos na onda de ataques

2/8/18 – “A disputa é comigo!”, diz Ciro Gomes sobre Lula e o PT. Bem que eu avisei…

1/8/18 – Camilo reconhece que segurança pública será o grande tema das eleições no Ceará

30/7/18 – Brás Cubas explica silêncio de Eunício sobre críticas de “aliados”

29/7/18 – O fim de semana em que cearenses ficaram entre facções e convenções

27/7/18 – “Tenho sido alvo do PT”, diz Ciro na véspera de encontro petista no Ceará

26/7/18 – O alerta de Tancredo que serve para Ciro

25/7/18 – Luizianne pressiona Camilo a decidir entre Lula e Ciro

25/7/18 – Concurso público de Sobral testa conhecimentos sobre a família Ferreira Gomes

23/7/18 – O maior inimigo de Ciro é o PT

22/7/18 – Quem faz o papel de Centrão no Ceará?

20/7/18 – Veja como a perda de apoio do Centrão a Ciro Gomes afeta as eleições no Ceará