Ministério Público vai apurar o desligamento da Dra. Mayra do HGF

INVESTIGAÇÃO

Ministério Público vai apurar o desligamento da Dra. Mayra do HGF

Há mais de uma semana, ela havia tornado público um novo vídeo denunciando o caso de vários pacientes à espera de atendimento no corredor do HGF

Por Tribuna Bandnews FM em Eleições 2018

31 de outubro de 2018 às 19:11

Há 9 meses
Mayra foi afastada do HGF (FOTO: Reprodução Facebook Dra.Mayra)

Mayra foi afastada do HGF (FOTO: Reprodução Facebook Dra.Mayra)

Três promotorias do Ministério Público do Estado vão apurar o desligamento da médica Mayra Pinheiro, do Hospital Geral de Fortaleza, ocorrida na última quinta-feira (25), após 15 anos de serviço.

O órgão investiga o que motivou o afastamento, já que a profissional denunciava falhas no atendimento do HGF, hospital publico da rede estadual.

A Associação Médica Cearense e o Sindicato dos Médicos avaliam que o desligamento de Mayra Pinheiro foi uma retaliação, motivada pelas denúncias que a profissional fazia desde 2015 relacionadas à precariedade do atendimento no HGF, desde as filas nos corredores até problemas estruturais.

Há mais de uma semana, ela havia tornado público um novo vídeo denunciando o caso de vários pacientes à espera de atendimento no corredor da unidade.

A pediatra também acionou a justiça e reivindica, entre outras medidas, reintegração da vaga e danos morais, já que foi desligada sem direito de defesa.

De acordo com o promotor Ricardo Rocha, da 26ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, se confirmada a denúncia feita pela pediatra, existe a possibilidade do afastamento se configurar num ato de improbidade administrativa, infração trabalhista e até crime eleitoral por parte do governo do estado.

Confira mais detalhes na entrevista realizada pelo repórter Jackson de Moura, da Tribuna BandNews FM: 

Publicidade

Dê sua opinião

INVESTIGAÇÃO

Ministério Público vai apurar o desligamento da Dra. Mayra do HGF

Há mais de uma semana, ela havia tornado público um novo vídeo denunciando o caso de vários pacientes à espera de atendimento no corredor do HGF

Por Tribuna Bandnews FM em Eleições 2018

31 de outubro de 2018 às 19:11

Há 9 meses
Mayra foi afastada do HGF (FOTO: Reprodução Facebook Dra.Mayra)

Mayra foi afastada do HGF (FOTO: Reprodução Facebook Dra.Mayra)

Três promotorias do Ministério Público do Estado vão apurar o desligamento da médica Mayra Pinheiro, do Hospital Geral de Fortaleza, ocorrida na última quinta-feira (25), após 15 anos de serviço.

O órgão investiga o que motivou o afastamento, já que a profissional denunciava falhas no atendimento do HGF, hospital publico da rede estadual.

A Associação Médica Cearense e o Sindicato dos Médicos avaliam que o desligamento de Mayra Pinheiro foi uma retaliação, motivada pelas denúncias que a profissional fazia desde 2015 relacionadas à precariedade do atendimento no HGF, desde as filas nos corredores até problemas estruturais.

Há mais de uma semana, ela havia tornado público um novo vídeo denunciando o caso de vários pacientes à espera de atendimento no corredor da unidade.

A pediatra também acionou a justiça e reivindica, entre outras medidas, reintegração da vaga e danos morais, já que foi desligada sem direito de defesa.

De acordo com o promotor Ricardo Rocha, da 26ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, se confirmada a denúncia feita pela pediatra, existe a possibilidade do afastamento se configurar num ato de improbidade administrativa, infração trabalhista e até crime eleitoral por parte do governo do estado.

Confira mais detalhes na entrevista realizada pelo repórter Jackson de Moura, da Tribuna BandNews FM: