No Ceará, Fernando Haddad minimiza apoio de Camilo Santana a Ciro Gomes

SEM PREOCUPAÇÃO

No Ceará, Fernando Haddad minimiza apoio de Camilo Santana a Ciro Gomes

Candidato a vice-presidente pelo PT, Haddad também “leva recado” de Eunício Oliveira que tenta se colar a Lula para garantir reeleição

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

31 de agosto de 2018 às 18:53

Há 11 meses
Declarações foram feitas durante coletiva em Fortaleza (Foto: Ricardo Stuckert)

Declarações foram feitas durante coletiva em Fortaleza (Foto: Ricardo Stuckert)

Fernando Haddad, candidato a vice-presidente pelo PT, declarou que não tem dúvida sobre quem Camilo Santana (PT) apoiará se tiver que decidir entre Luís Inácio Lula da Silva ou Ciro Gomes (PDT). “A minha convicção é que, registrada a candidatura do Lula, não restará dúvida sobre o que o Camilo fará. O Camilo é do PT e tem compromisso com o partido”, ressaltou Haddad nesta sexta-feira (31), em visita a Fortaleza.

Lula está preso desde abril deste ano, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Há duas semanas, Camilo declarou apoio ao candidato à Presidência da República Ciro Gomes. “Quero dizer ao meu amigo Ciro que tenho uma forte admiração por ele, uma pessoa que estimulou todos nós dessa nova geração da política (…) Ciro, nós estamos juntos”. Já em julho último, o governador havia garantido que estaria ao lado de Lula “em qualquer circunstância”.

Mesmo seguro sobre o posicionamento de Camilo, Haddad afirmou compreender os compromissos locais do governador.

Recado de Eunício

O senador Eunício Oliveira (MDB) também foi pauta de Fernando Haddad. O petista afirmou que esteve reunido com o emedebista e tornou pública, durante a coletiva, a mensagem do presidente do Senado ao ex-presidente Lula. “Eu fiz uma visita ao Eunício como presidente do Senado. Ele me pediu que eu transmitisse ao presidente Lula que ele [Eunício] pretende votar no Lula. Diante de qualquer resultado da Justiça, ele pretende votar em Lula ou em quem ele indicar”.

Nesta semana, a coligação PSDB/Pros denunciou Eunício Oliveira ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) por utilização ilícita de imagens de candidatos ligados à coligação adversária. O presidente do Senado está em aliança informal com Camilo e o também candidato ao Senado Cid Gomes (PDT). Segundo a denúncia, ele teria também mandado confeccionar adesivos com os dizeres “O Senador do Lula”.

Agenda

Após a entrevista coletiva, Haddad seguiu até o Centro de Fortaleza. Encontrou com militantes na Praça da Bandeira e seguiu em caminhada até a Praça do Ferreira, também no Centro, onde encontrou o governador Camilo Santana para o encerramento.

Publicidade

Dê sua opinião

SEM PREOCUPAÇÃO

No Ceará, Fernando Haddad minimiza apoio de Camilo Santana a Ciro Gomes

Candidato a vice-presidente pelo PT, Haddad também “leva recado” de Eunício Oliveira que tenta se colar a Lula para garantir reeleição

Por Tribuna do Ceará em Eleições 2018

31 de agosto de 2018 às 18:53

Há 11 meses
Declarações foram feitas durante coletiva em Fortaleza (Foto: Ricardo Stuckert)

Declarações foram feitas durante coletiva em Fortaleza (Foto: Ricardo Stuckert)

Fernando Haddad, candidato a vice-presidente pelo PT, declarou que não tem dúvida sobre quem Camilo Santana (PT) apoiará se tiver que decidir entre Luís Inácio Lula da Silva ou Ciro Gomes (PDT). “A minha convicção é que, registrada a candidatura do Lula, não restará dúvida sobre o que o Camilo fará. O Camilo é do PT e tem compromisso com o partido”, ressaltou Haddad nesta sexta-feira (31), em visita a Fortaleza.

Lula está preso desde abril deste ano, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Há duas semanas, Camilo declarou apoio ao candidato à Presidência da República Ciro Gomes. “Quero dizer ao meu amigo Ciro que tenho uma forte admiração por ele, uma pessoa que estimulou todos nós dessa nova geração da política (…) Ciro, nós estamos juntos”. Já em julho último, o governador havia garantido que estaria ao lado de Lula “em qualquer circunstância”.

Mesmo seguro sobre o posicionamento de Camilo, Haddad afirmou compreender os compromissos locais do governador.

Recado de Eunício

O senador Eunício Oliveira (MDB) também foi pauta de Fernando Haddad. O petista afirmou que esteve reunido com o emedebista e tornou pública, durante a coletiva, a mensagem do presidente do Senado ao ex-presidente Lula. “Eu fiz uma visita ao Eunício como presidente do Senado. Ele me pediu que eu transmitisse ao presidente Lula que ele [Eunício] pretende votar no Lula. Diante de qualquer resultado da Justiça, ele pretende votar em Lula ou em quem ele indicar”.

Nesta semana, a coligação PSDB/Pros denunciou Eunício Oliveira ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) por utilização ilícita de imagens de candidatos ligados à coligação adversária. O presidente do Senado está em aliança informal com Camilo e o também candidato ao Senado Cid Gomes (PDT). Segundo a denúncia, ele teria também mandado confeccionar adesivos com os dizeres “O Senador do Lula”.

Agenda

Após a entrevista coletiva, Haddad seguiu até o Centro de Fortaleza. Encontrou com militantes na Praça da Bandeira e seguiu em caminhada até a Praça do Ferreira, também no Centro, onde encontrou o governador Camilo Santana para o encerramento.