MPF pede paralisação das obras de usina termelétrica no Pecém - Noticias


MPF pede paralisação das obras de usina termelétrica no Pecém

Objetivo principal é a valorização dos ecossistemas presentes no local

Por Tribuna do Ceará em Esportes

10 de setembro de 2008 às 16:11

Há 11 anos

<p align="left"><font size="2">O Minist&eacute;rio P&uacute;blico Federal no Cear&aacute; formulou &agrave; Justi&ccedil;a pedido de paralisa&ccedil;&atilde;o das obras da usina termel&eacute;trica MPX Energia S/A, no Complexo Industrial do Pec&eacute;m (CIPP), no litoral cearense. </font></p><p align="left"><font size="2">A solicita&ccedil;&atilde;o foi realizada pelos procuradores da Rep&uacute;blica Alessander Sales e M&aacute;rcio Torres com o objetivo de manter a integridade ambiental dos ecossistemas presentes no local onde o empreendimento pretende ser instalado. Os procuradores enfatizam na a&ccedil;&atilde;o, que tamb&eacute;m t&ecirc;m a inten&ccedil;&atilde;o de evitar que novos impactos ambientais possam surgir, sem o adequado estudo de suas propriedades cumulativas, ao longo da explora&ccedil;&atilde;o da &aacute;rea do CIPP, ocasionando danos aos ecossistemas da zona costeira.<br /></font></p><p align="left"><font size="2">As obras de constru&ccedil;&atilde;o da usina termel&eacute;trica, a ser implantada no complexo do porto do Pec&eacute;m, dever&aacute; ocupar uma &aacute;rea de 20 hectares. Ela funcionar&aacute; a base de carv&atilde;o mineral importado da Col&ocirc;mbia. </font></p><p>&nbsp;</p>

Publicidade

Dê sua opinião

MPF pede paralisação das obras de usina termelétrica no Pecém

Objetivo principal é a valorização dos ecossistemas presentes no local

Por Tribuna do Ceará em Esportes

10 de setembro de 2008 às 16:11

Há 11 anos

<p align="left"><font size="2">O Minist&eacute;rio P&uacute;blico Federal no Cear&aacute; formulou &agrave; Justi&ccedil;a pedido de paralisa&ccedil;&atilde;o das obras da usina termel&eacute;trica MPX Energia S/A, no Complexo Industrial do Pec&eacute;m (CIPP), no litoral cearense. </font></p><p align="left"><font size="2">A solicita&ccedil;&atilde;o foi realizada pelos procuradores da Rep&uacute;blica Alessander Sales e M&aacute;rcio Torres com o objetivo de manter a integridade ambiental dos ecossistemas presentes no local onde o empreendimento pretende ser instalado. Os procuradores enfatizam na a&ccedil;&atilde;o, que tamb&eacute;m t&ecirc;m a inten&ccedil;&atilde;o de evitar que novos impactos ambientais possam surgir, sem o adequado estudo de suas propriedades cumulativas, ao longo da explora&ccedil;&atilde;o da &aacute;rea do CIPP, ocasionando danos aos ecossistemas da zona costeira.<br /></font></p><p align="left"><font size="2">As obras de constru&ccedil;&atilde;o da usina termel&eacute;trica, a ser implantada no complexo do porto do Pec&eacute;m, dever&aacute; ocupar uma &aacute;rea de 20 hectares. Ela funcionar&aacute; a base de carv&atilde;o mineral importado da Col&ocirc;mbia. </font></p><p>&nbsp;</p>