Com alta de 13,2% em 2013, valorização dos imóveis em Fortaleza deve continuar em 2014


Com alta de 13,2% em 2013, valorização dos imóveis em Fortaleza deve continuar em 2014

Mesmo com a diversidade de opções e uma leve estabilização, o preço continuará subindo

Por Hayanne Narlla em Fortaleza

5 de dezembro de 2013 às 11:23

Há 6 anos

Quem está interessado em comprar um imóvel em 2014 deve tirar mais dinheiro bolso. Mesmo com a diversidade de opções e uma leve estabilização, o preço continuará subindo. João Carlos Gondim, que é vice-presidente de Administração de Imóveis do Sindicato do Mercado Imobiliário (Sevoci-CE), garante esse fato.

Em 2013, Fortaleza teve a quinta maior elevação no valor dos imóveis em novembro deste ano, registrando um aumento de 1,9% (FOTO: Falcão Jr)

Em 2013, Fortaleza teve a quinta maior elevação no valor dos imóveis em novembro deste ano, registrando um aumento de 1,9% (FOTO: Falcão Jr)

“A tendência é que fique entre 10% e 15% no próximo ano. Em 2011 e 2012 teve um crescimento bem acelerado no setor, com taxa de elevação de 20% ou mais. Mas houve pouco lançamento, porque as empresas só conseguiram aprovar em 2013. Então, neste ano a oferta subiu. O consumidor tendo mais ofertas para escolher influencia na desaceleração do aumento do preço”, explica.

Taxa de elevação

Fortaleza teve a 5ª maior elevação no valor dos imóveis em novembro deste ano, registrando um aumento de 1,9%. Florianópolis liderou o ranking, com 2,3%, seguido de Belo Horizonte (2,2%), Curitiba (2,1%) e Vitória (2,1%). As informações são do Índice FipeZap.

Durante todo o ano de 2013, o preço dos imóveis de Fortaleza subiu 13,2%, mantendo a cidade na quinta posição do ranking. “A tendência é de valorização em 2014. Quem acha que vai diminuir os preços ou fala de bolha imobiliária, isso não vai acontecer. É praticamente impossível”, reforça.

Variação no preço dos imóveis em 2013

| Create infographics

Essa valorização é causada principalmente pela facilidade de financiamento que há atualmente. “A renda não subiu, mas agora pode comprar pelos bancos, pagando menos juros. Ainda dobrou o tempo para pagar”, ressalta.

> LEIA MAIS:

Compras e valorização

Os bairros com preços em elevação (e que vão continuar crescendo) são: Água Fria, Guararapes, Bairro de Fátima e Cambeba. Além disso, mesmo com valorização mais estagnada, Cocó e Meireles também tem aumento no valor.

Além da capital cearense, os imóveis da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Sobral, Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha também apresentam valorização desses empreendimentos.

O perfil dos compradores, na maioria dos casos, é de cearenses. Fora eles, Gondim aponta que os turistas com mais incidência no mercado do Ceará são de: São Paulo, Brasília, Manaus, Belém e Porto Alegre. O interesse dos estrangeiros diminuiu. “A violência influencia um pouco em relação a quem vem de fora, na venda para quem vem fora. A gente escuta a pessoas comentando sobre os problemas do Ceará. Mas acho que essa influencia ainda é pequena”.

Publicidade

Dê sua opinião

Com alta de 13,2% em 2013, valorização dos imóveis em Fortaleza deve continuar em 2014

Mesmo com a diversidade de opções e uma leve estabilização, o preço continuará subindo

Por Hayanne Narlla em Fortaleza

5 de dezembro de 2013 às 11:23

Há 6 anos

Quem está interessado em comprar um imóvel em 2014 deve tirar mais dinheiro bolso. Mesmo com a diversidade de opções e uma leve estabilização, o preço continuará subindo. João Carlos Gondim, que é vice-presidente de Administração de Imóveis do Sindicato do Mercado Imobiliário (Sevoci-CE), garante esse fato.

Em 2013, Fortaleza teve a quinta maior elevação no valor dos imóveis em novembro deste ano, registrando um aumento de 1,9% (FOTO: Falcão Jr)

Em 2013, Fortaleza teve a quinta maior elevação no valor dos imóveis em novembro deste ano, registrando um aumento de 1,9% (FOTO: Falcão Jr)

“A tendência é que fique entre 10% e 15% no próximo ano. Em 2011 e 2012 teve um crescimento bem acelerado no setor, com taxa de elevação de 20% ou mais. Mas houve pouco lançamento, porque as empresas só conseguiram aprovar em 2013. Então, neste ano a oferta subiu. O consumidor tendo mais ofertas para escolher influencia na desaceleração do aumento do preço”, explica.

Taxa de elevação

Fortaleza teve a 5ª maior elevação no valor dos imóveis em novembro deste ano, registrando um aumento de 1,9%. Florianópolis liderou o ranking, com 2,3%, seguido de Belo Horizonte (2,2%), Curitiba (2,1%) e Vitória (2,1%). As informações são do Índice FipeZap.

Durante todo o ano de 2013, o preço dos imóveis de Fortaleza subiu 13,2%, mantendo a cidade na quinta posição do ranking. “A tendência é de valorização em 2014. Quem acha que vai diminuir os preços ou fala de bolha imobiliária, isso não vai acontecer. É praticamente impossível”, reforça.

Variação no preço dos imóveis em 2013

| Create infographics

Essa valorização é causada principalmente pela facilidade de financiamento que há atualmente. “A renda não subiu, mas agora pode comprar pelos bancos, pagando menos juros. Ainda dobrou o tempo para pagar”, ressalta.

> LEIA MAIS:

Compras e valorização

Os bairros com preços em elevação (e que vão continuar crescendo) são: Água Fria, Guararapes, Bairro de Fátima e Cambeba. Além disso, mesmo com valorização mais estagnada, Cocó e Meireles também tem aumento no valor.

Além da capital cearense, os imóveis da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Sobral, Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha também apresentam valorização desses empreendimentos.

O perfil dos compradores, na maioria dos casos, é de cearenses. Fora eles, Gondim aponta que os turistas com mais incidência no mercado do Ceará são de: São Paulo, Brasília, Manaus, Belém e Porto Alegre. O interesse dos estrangeiros diminuiu. “A violência influencia um pouco em relação a quem vem de fora, na venda para quem vem fora. A gente escuta a pessoas comentando sobre os problemas do Ceará. Mas acho que essa influencia ainda é pequena”.