Manifestação favorável à construção de viadutos acontece neste sábado


Manifestação favorável à construção de viadutos acontece neste sábado

Grupo deve se reunir a partir das 14h, no cruzamento das avenidas Engenheiro Santana Júnior e Antônio Sales

Por Roberta Tavares em Fortaleza

17 de agosto de 2013 às 09:15

Há 6 anos

Uma manifestação a favor da construção de viadutos está prevista para ocorrer na tarde deste sábado (17), no cruzamento das avenidas Engenheiro Santana Junior e Antônio Sales, em Fortaleza.

O encontro, que deve iniciar às 14h, é divulgado nas redes sociais e em adesivos de carro. Mais de 5,9 mil pessoas apoiam o grupo “Sou a favor dos viadutos”, criado no dia 7 de agosto, na rede social Facebook.

Na internet, são compartilhados textos e opiniões sobre a obra. “Gostaria de ver uma declaração de todos que são contra os viadutos se comprometendo a nunca trafegar sobre eles depois de construídos, afinal seria uma tremenda contradição utilizar algo que se lutou para que não existisse”, diz a administração do perfil na rede social.

“A população tem pressa em resolver o problema daquele cruzamento que está insuportável. Afinal, este projeto tem mais de 10 anos e ninguém antes se propôs a mudá-lo”, explica um dos curtidores da página.

Outras opiniões

No entanto, pessoas contrárias à obra também deixam relatos no grupo. “Se você quer mobilidade urbana, defenda a construção de metrôs, trens, ônibus, transportes coletivos baratos e de qualidade, não obras que impulsionam justamente o uso de transportes individuais e agravam ainda mais o problema. Pra quê mais um viaduto engarrafado em Fortaleza?”, indaga.

“Não sou a favor de viadutos e nem contra. Sou a favor da natureza, da paz, e o que é melhor para o homem”, afirma uma internauta.

Liberação da obra

No Twitter, apoiadores da manifestação a favor da construção dos viadutos comemoraram a suspensão da liminar que embargava a obra. Com a liberação da obra pelo Tribunal Regional Federal, a retomada dos trabalhos deve ser feita no momento em que o grupo acampado no Parque do Cocó saia do local.

Expulsão

Cerca de 300 guardas do Grupamento de Operações Especiais da Guarda Municipal de Fortaleza expulsaram, na madrugada de quinta-feira (8), os manifestantes que estavam acampados no Parque do Cocó desde 12 de julho contra a derrubada de árvores para construção de dois viadutos na área.

Houve confronto entre manifestantes e a Guarda Municipal. Spray de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha foram utilizadas para retirar os ativistas do local.

Publicidade

Dê sua opinião

Manifestação favorável à construção de viadutos acontece neste sábado

Grupo deve se reunir a partir das 14h, no cruzamento das avenidas Engenheiro Santana Júnior e Antônio Sales

Por Roberta Tavares em Fortaleza

17 de agosto de 2013 às 09:15

Há 6 anos

Uma manifestação a favor da construção de viadutos está prevista para ocorrer na tarde deste sábado (17), no cruzamento das avenidas Engenheiro Santana Junior e Antônio Sales, em Fortaleza.

O encontro, que deve iniciar às 14h, é divulgado nas redes sociais e em adesivos de carro. Mais de 5,9 mil pessoas apoiam o grupo “Sou a favor dos viadutos”, criado no dia 7 de agosto, na rede social Facebook.

Na internet, são compartilhados textos e opiniões sobre a obra. “Gostaria de ver uma declaração de todos que são contra os viadutos se comprometendo a nunca trafegar sobre eles depois de construídos, afinal seria uma tremenda contradição utilizar algo que se lutou para que não existisse”, diz a administração do perfil na rede social.

“A população tem pressa em resolver o problema daquele cruzamento que está insuportável. Afinal, este projeto tem mais de 10 anos e ninguém antes se propôs a mudá-lo”, explica um dos curtidores da página.

Outras opiniões

No entanto, pessoas contrárias à obra também deixam relatos no grupo. “Se você quer mobilidade urbana, defenda a construção de metrôs, trens, ônibus, transportes coletivos baratos e de qualidade, não obras que impulsionam justamente o uso de transportes individuais e agravam ainda mais o problema. Pra quê mais um viaduto engarrafado em Fortaleza?”, indaga.

“Não sou a favor de viadutos e nem contra. Sou a favor da natureza, da paz, e o que é melhor para o homem”, afirma uma internauta.

Liberação da obra

No Twitter, apoiadores da manifestação a favor da construção dos viadutos comemoraram a suspensão da liminar que embargava a obra. Com a liberação da obra pelo Tribunal Regional Federal, a retomada dos trabalhos deve ser feita no momento em que o grupo acampado no Parque do Cocó saia do local.

Expulsão

Cerca de 300 guardas do Grupamento de Operações Especiais da Guarda Municipal de Fortaleza expulsaram, na madrugada de quinta-feira (8), os manifestantes que estavam acampados no Parque do Cocó desde 12 de julho contra a derrubada de árvores para construção de dois viadutos na área.

Houve confronto entre manifestantes e a Guarda Municipal. Spray de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha foram utilizadas para retirar os ativistas do local.