Mulher morre de overdose e deixa dois filhos órfãos - Noticias


Mulher morre de overdose e deixa dois filhos órfãos

Os policiais entraram em contato com o paí biológico das crianças, que disse não poder ir ao local por estar no interior do Estado trabalhando

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

12 de fevereiro de 2010 às 07:39

Há 9 anos

Maria Quelma Marques de Araújo, 37, morreu de overdose dentro de casa, na Rua Marechal Napeon, no bairro Goiabeiras, em Fortaleza, durante a noite desta quinta-feira (11).

Segundo a Polícia, ela já era viciada em drogas e os vizinhos disseram que Maria vinha tentando se livrar do vício, mas teve uma recaída e morreu dentro de sua residência. No local, foram encontradas latas e palitos de fósforos, material típico de quem usa crack.

A mulher tinha dois filhos, um de nove e outro de onze anos, ambos moravam com ela.

Um ex-companheiro de Maria esteve no local e disse que tinha deixado-a justamente por causa do vício.

Os policiais entraram em contato com o paí biológico das crianças, que disse não poder ir ao local por estar trabalhando no interior do Estado.

Representantes do Conselho Tutelar estão dedicados ao caso para resolver a situação dos dois meninos.

Redação Jangadeiro Online, com informações do repórter Nilson Bezerra

Veja reportagem ao meio dia, no programa Barra Pesada

Publicidade

Dê sua opinião

Mulher morre de overdose e deixa dois filhos órfãos

Os policiais entraram em contato com o paí biológico das crianças, que disse não poder ir ao local por estar no interior do Estado trabalhando

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

12 de fevereiro de 2010 às 07:39

Há 9 anos

Maria Quelma Marques de Araújo, 37, morreu de overdose dentro de casa, na Rua Marechal Napeon, no bairro Goiabeiras, em Fortaleza, durante a noite desta quinta-feira (11).

Segundo a Polícia, ela já era viciada em drogas e os vizinhos disseram que Maria vinha tentando se livrar do vício, mas teve uma recaída e morreu dentro de sua residência. No local, foram encontradas latas e palitos de fósforos, material típico de quem usa crack.

A mulher tinha dois filhos, um de nove e outro de onze anos, ambos moravam com ela.

Um ex-companheiro de Maria esteve no local e disse que tinha deixado-a justamente por causa do vício.

Os policiais entraram em contato com o paí biológico das crianças, que disse não poder ir ao local por estar trabalhando no interior do Estado.

Representantes do Conselho Tutelar estão dedicados ao caso para resolver a situação dos dois meninos.

Redação Jangadeiro Online, com informações do repórter Nilson Bezerra

Veja reportagem ao meio dia, no programa Barra Pesada