Operário cai do 1º andar de prédio em reforma na Aldeota - Noticias


Operário cai do 1º andar de prédio em reforma na Aldeota

O trabalhador caiu de uma altura de 12 metros. Ele foi socorrido por uma ambulância do SAMU para o IJF, em estado gravíssimo

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

24 de julho de 2010 às 11:28

Há 9 anos

Atualizada às 13h35min

Construção onde o acidente aconteceu (Foto: Leal Mota Filho)

Um operário da construção civil caiu do primeiro andar de um prédio em reforma localizado no cruzamento das ruas Osvaldo Cruz e João Brígido, na Aldeota, em Fortaleza. O acidente, ocorrido na manhã deste sábado (24), foi ocasionado, de acordo com testemunhas, porque os parafusos da viga que dava sustentação ao trabalhador no andaime sacaram, abalando a estrutura. Carlos Alexandre de Oliveira Maia caiu de uma altura de 12 metros. Ele estaria subindo no andaime para instalar um elevador de suporte para o trabalho de reforma.

Carlos Alexandre sofreu um corte e uma forte pancada na cabeça. De acordo com as primeiras informações, teve traumatismo craniano. Ele foi socorrido por uma ambulância do SAMU para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro, em estado gravíssimo. Inclusive, respirando por aparelhos.

Segundo uma testemunha que presenciou o acidente, o operário dispunha de todos os equipamentos de segurança, mas no momento da queda não os utilizava.

Redação Jangadeiro Online com informações do repórter Leal Mota Filho

Publicidade

Dê sua opinião

Operário cai do 1º andar de prédio em reforma na Aldeota

O trabalhador caiu de uma altura de 12 metros. Ele foi socorrido por uma ambulância do SAMU para o IJF, em estado gravíssimo

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

24 de julho de 2010 às 11:28

Há 9 anos

Atualizada às 13h35min

Construção onde o acidente aconteceu (Foto: Leal Mota Filho)

Um operário da construção civil caiu do primeiro andar de um prédio em reforma localizado no cruzamento das ruas Osvaldo Cruz e João Brígido, na Aldeota, em Fortaleza. O acidente, ocorrido na manhã deste sábado (24), foi ocasionado, de acordo com testemunhas, porque os parafusos da viga que dava sustentação ao trabalhador no andaime sacaram, abalando a estrutura. Carlos Alexandre de Oliveira Maia caiu de uma altura de 12 metros. Ele estaria subindo no andaime para instalar um elevador de suporte para o trabalho de reforma.

Carlos Alexandre sofreu um corte e uma forte pancada na cabeça. De acordo com as primeiras informações, teve traumatismo craniano. Ele foi socorrido por uma ambulância do SAMU para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro, em estado gravíssimo. Inclusive, respirando por aparelhos.

Segundo uma testemunha que presenciou o acidente, o operário dispunha de todos os equipamentos de segurança, mas no momento da queda não os utilizava.

Redação Jangadeiro Online com informações do repórter Leal Mota Filho