Operário morre enquanto trabalhava na comunidade Che Guevara - Noticias


Operário morre enquanto trabalhava na comunidade Che Guevara

Ao cair, o trabalhador teria tentado se segurar na fiação da rede elétrica

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

29 de maio de 2011 às 09:52

Há 8 anos

Adão José da Silva, de 36 anos, morreu no último sábado (28), vítima de acidente de trabalho. Ele estava na construção de um galpão, na comunidade Che Guevara, à margem da BR-116, quando perdeu o equilíbrio e caiu, tendo morte imediata.

Leia mais:
TST lança campanha contra acidentes de trabalho

Os colegas de Adão da Silva apresentaram duas versões para o acidente fatal. A primeira é que o operário levou um choque e, por isso, caiu. A segunda dá conta que ele tentou apoiar o pé em uma tábua que estava mal posicionada sobre o andaime.

João Eraldo, técnico da Coelce, informou que Adão da Silva, ao cair, tentou se segurar na fiação da rede elétrica e recebeu uma forte descarga. Os colegas do operário disseram que ele trabalhava sem os equipamentos de segurança.

Com informações do repórter Jeovani Silva

Publicidade

Dê sua opinião

Operário morre enquanto trabalhava na comunidade Che Guevara

Ao cair, o trabalhador teria tentado se segurar na fiação da rede elétrica

Por Tribuna do Ceará em Fortaleza

29 de maio de 2011 às 09:52

Há 8 anos

Adão José da Silva, de 36 anos, morreu no último sábado (28), vítima de acidente de trabalho. Ele estava na construção de um galpão, na comunidade Che Guevara, à margem da BR-116, quando perdeu o equilíbrio e caiu, tendo morte imediata.

Leia mais:
TST lança campanha contra acidentes de trabalho

Os colegas de Adão da Silva apresentaram duas versões para o acidente fatal. A primeira é que o operário levou um choque e, por isso, caiu. A segunda dá conta que ele tentou apoiar o pé em uma tábua que estava mal posicionada sobre o andaime.

João Eraldo, técnico da Coelce, informou que Adão da Silva, ao cair, tentou se segurar na fiação da rede elétrica e recebeu uma forte descarga. Os colegas do operário disseram que ele trabalhava sem os equipamentos de segurança.

Com informações do repórter Jeovani Silva