Centro de Fortaleza tem via de comércio temático chamada de "Rua da Bicicleta"


Centro tem via de comércio temático chamada de “Rua da Bicicleta”

A Rua São Paulo é enfeitada com bicicletas. Não só no chão, onde a magrela costuma estar, mas estendidas como cortinas de lojas

Por Hayanne Narlla em Mobilidade Urbana

17 de dezembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Eliseu frequenta a rua das bicicletas há dois anos (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Eliseu Bezerra frequenta a Rua da Bicicleta há dois anos (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Há 10 anos, Eliseu Bezerra trocou o carro pela bicicleta. Percorre em média 20 quilômetros por dia em Fortaleza. Com o novo hábito, ele emagreceu e adquiriu mais saúde. Por isso, troca a magrela a cada ano. É que ele gosta de ter um equipamento bonito e com tudo certificado.

Para economizar e encontrar mais variedades, há dois anos Eliseu frequenta o Centro de Fortaleza: mais precisamente, a Rua São Paulo. Na via, conhecida como a “Rua da Bicicleta“, há cinco lojas de produtos especializados no veículo.

Quarteirão temático

Mais variedade e com preços melhores, rua no Centro atrai compradores (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Mais variedade e com preços melhores, rua no Centro atrai compradores (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Entre as ruas General Sampaio e Senador Pompeu, as calçadas são enfeitadas com bicicletas. Não só no chão, onde a magrela costuma estar, mas estendidas como se fossem cortinas das lojas.

Álvaro Timbó tem um estabelecimento no local há 20 anos. E relata que, mesmo em tempo de crise, a procura aumentou. Isso por causa da cultura da “bike” adquirida em Fortaleza. Sobre ter o concorrente ao seu lado, o comerciante não se incomoda com a presença.

Preço mais em conta

“É até melhor, porque a pessoa já vem direcionada para cá. E aqui é mais em conta, porque compramos direto da fábrica e há uma barganha maior com o cliente”, explicou.

Do outro lado da via, Naldo Pinheiro é vendedor de uma loja há oito anos. Ele também enfatizou que o local é o que tem maior variedade quando se fala de bicicleta em Fortaleza. Com preços de R$ 300 a R$ 12 mil, os ciclistas encontram os modelos mais apropriados para uso urbano ou trilha.

Além disso, sinalizadores e capacetes também são bem procurados. Ainda dá para encontrar outros artigos, como pneu, aro e até mais materiais para a montagem de uma bike sozinho. Para quem curte pedalar, melhor do que ir a um shopping.

Confira imagens

Rua das bicicletas
1/3

Rua das bicicletas

Comércio no Centro é reconhecido entre os ciclistas (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Rua das bicicletas
2/3

Rua das bicicletas

Comércio no Centro é reconhecido entre os ciclistas (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Rua das bicicletas
3/3

Rua das bicicletas

Comércio no Centro é reconhecido entre os ciclistas (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

Centro tem via de comércio temático chamada de “Rua da Bicicleta”

A Rua São Paulo é enfeitada com bicicletas. Não só no chão, onde a magrela costuma estar, mas estendidas como cortinas de lojas

Por Hayanne Narlla em Mobilidade Urbana

17 de dezembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Eliseu frequenta a rua das bicicletas há dois anos (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Eliseu Bezerra frequenta a Rua da Bicicleta há dois anos (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Há 10 anos, Eliseu Bezerra trocou o carro pela bicicleta. Percorre em média 20 quilômetros por dia em Fortaleza. Com o novo hábito, ele emagreceu e adquiriu mais saúde. Por isso, troca a magrela a cada ano. É que ele gosta de ter um equipamento bonito e com tudo certificado.

Para economizar e encontrar mais variedades, há dois anos Eliseu frequenta o Centro de Fortaleza: mais precisamente, a Rua São Paulo. Na via, conhecida como a “Rua da Bicicleta“, há cinco lojas de produtos especializados no veículo.

Quarteirão temático

Mais variedade e com preços melhores, rua no Centro atrai compradores (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Mais variedade e com preços melhores, rua no Centro atrai compradores (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Entre as ruas General Sampaio e Senador Pompeu, as calçadas são enfeitadas com bicicletas. Não só no chão, onde a magrela costuma estar, mas estendidas como se fossem cortinas das lojas.

Álvaro Timbó tem um estabelecimento no local há 20 anos. E relata que, mesmo em tempo de crise, a procura aumentou. Isso por causa da cultura da “bike” adquirida em Fortaleza. Sobre ter o concorrente ao seu lado, o comerciante não se incomoda com a presença.

Preço mais em conta

“É até melhor, porque a pessoa já vem direcionada para cá. E aqui é mais em conta, porque compramos direto da fábrica e há uma barganha maior com o cliente”, explicou.

Do outro lado da via, Naldo Pinheiro é vendedor de uma loja há oito anos. Ele também enfatizou que o local é o que tem maior variedade quando se fala de bicicleta em Fortaleza. Com preços de R$ 300 a R$ 12 mil, os ciclistas encontram os modelos mais apropriados para uso urbano ou trilha.

Além disso, sinalizadores e capacetes também são bem procurados. Ainda dá para encontrar outros artigos, como pneu, aro e até mais materiais para a montagem de uma bike sozinho. Para quem curte pedalar, melhor do que ir a um shopping.

Confira imagens

Rua das bicicletas
1/3

Rua das bicicletas

Comércio no Centro é reconhecido entre os ciclistas (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Rua das bicicletas
2/3

Rua das bicicletas

Comércio no Centro é reconhecido entre os ciclistas (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Rua das bicicletas
3/3

Rua das bicicletas

Comércio no Centro é reconhecido entre os ciclistas (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)