Ciclofaixa de mão dupla agrada ciclistas e libera calçadão da Av. Beira Mar para pedestres


Ciclofaixa de mão dupla agrada ciclistas e libera calçadão da Av. Beira Mar para pedestres

Em menos de uma semana em funcionamento, a iniciativa já traz boa avaliação. Ciclistas e pedestres apontam segurança como diferencial

Por Matheus Ribeiro em Mobilidade Urbana

24 de dezembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Ciclofaixa de mão dupla melhora trânsito entre ciclista e aumenta segurança do local (FOTO: Matheus Ribeiro)

Ciclofaixa de mão dupla melhora trânsito entre ciclistas e aumenta segurança (FOTO: Matheus Ribeiro/ Tribuna do Ceará)

Em pouco tempo de execução, o projeto do binário da Praia de Iracema anima quem precisa utilizar o meio de transporte público diariamente. Além das mudanças de sentido da avenida Historiador Raimundo Girão, o local passou da contar com uma ciclovia bidirecional com funcionamento desde a última sexta-feira (18). O novo projeto, que se inicia na  avenida Rui Barbosa e termina no cruzamento da Avenida Historiador Raimundo Girão com a Rua Ildefonso Albano, dá prioridade para quem usa ônibus ou bicicleta como transporte diário.

Para o vendedor ambulante do calçadão da Beira Mar, Jacinto Pereira, de 61 anos, a iniciativa é positiva e deve melhorar bastante o trânsito no local em períodos de grande fluxo. “A nova ciclofaixa deu mais mobilidade para a avenida. Estava precisando dessa mudança, porque em horário de pico o trânsito dos ciclistas ficava complicado. Agora com as duas faixas ficou mais fácil”.

Já para o ciclista Aldízio Ferreira, que trafega diariamente pelo local, a segurança foi o ponto principal na mudança. “O novo desvio por trás da parada ônibus ficou muito bom. Foi uma solução certa, porque traz segurança tanto para os ciclistas e quanto para os passageiros que ficam esperando o ônibus na parada”, ressalta o Aldízio.

De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), desde o início da atual gestão o crescimento de alternativas para melhorar o tráfego aumentou consideravelmente. “No início da atual gestão, Fortaleza tinha 72,9 km de infraestrutura cicloviária. Atualmente, com a iniciativa, a cidade possui 137,5 km de infraestruturas cicloviárias, sendo 80,5 km de ciclovias e 57 km de ciclofaixas”, indica.

Ainda segundo a secretaria, a meta é aumentar os benefícios. “Por meio do Programa de Expansão da Malha Cicloviária, a meta é expandir as ciclofaixas. Até o final de 2016, a tendência é aumentar a infraestrutura cicloviárias para 216 km e, até 2018 a meta é completar 300 estações do Bicicletar em toda a capital”.

Usabilidade

Mesmo com a iniciativa, o mau uso das novas faixas ainda preocupa. Para dona Maria Nazaré da Silva, de 64 anos, as pessoas devem se conscientizar e evitar pedalar na calçada a partir de agora. “Constantemente eu vejo ainda gente pedalando em cima da calçada, e isso pode colocar em risco a segurança de quem pratica atividade física no calçadão”, destaca a dona de casa.

Clique na foto para ampliar

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
1/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Mesmo com adaptações, ciclistas ainda trafegam pelo calçadão e colocam em risco segurança de pedestres

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
2/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
3/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
4/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
5/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Mesmo com adaptações, ciclistas ainda trafegam pelo calçadão e colocam em risco segurança de pedestres

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
6/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
7/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
8/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Faixa de pedestre diagonal reduz tempo de travessia

Jacinto Pereira usa as faixas diariamente
9/9

Jacinto Pereira usa as faixas diariamente

Jacinto Pereira usa as faixas diariamente

Publicidade

Dê sua opinião

Ciclofaixa de mão dupla agrada ciclistas e libera calçadão da Av. Beira Mar para pedestres

Em menos de uma semana em funcionamento, a iniciativa já traz boa avaliação. Ciclistas e pedestres apontam segurança como diferencial

Por Matheus Ribeiro em Mobilidade Urbana

24 de dezembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Ciclofaixa de mão dupla melhora trânsito entre ciclista e aumenta segurança do local (FOTO: Matheus Ribeiro)

Ciclofaixa de mão dupla melhora trânsito entre ciclistas e aumenta segurança (FOTO: Matheus Ribeiro/ Tribuna do Ceará)

Em pouco tempo de execução, o projeto do binário da Praia de Iracema anima quem precisa utilizar o meio de transporte público diariamente. Além das mudanças de sentido da avenida Historiador Raimundo Girão, o local passou da contar com uma ciclovia bidirecional com funcionamento desde a última sexta-feira (18). O novo projeto, que se inicia na  avenida Rui Barbosa e termina no cruzamento da Avenida Historiador Raimundo Girão com a Rua Ildefonso Albano, dá prioridade para quem usa ônibus ou bicicleta como transporte diário.

Para o vendedor ambulante do calçadão da Beira Mar, Jacinto Pereira, de 61 anos, a iniciativa é positiva e deve melhorar bastante o trânsito no local em períodos de grande fluxo. “A nova ciclofaixa deu mais mobilidade para a avenida. Estava precisando dessa mudança, porque em horário de pico o trânsito dos ciclistas ficava complicado. Agora com as duas faixas ficou mais fácil”.

Já para o ciclista Aldízio Ferreira, que trafega diariamente pelo local, a segurança foi o ponto principal na mudança. “O novo desvio por trás da parada ônibus ficou muito bom. Foi uma solução certa, porque traz segurança tanto para os ciclistas e quanto para os passageiros que ficam esperando o ônibus na parada”, ressalta o Aldízio.

De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), desde o início da atual gestão o crescimento de alternativas para melhorar o tráfego aumentou consideravelmente. “No início da atual gestão, Fortaleza tinha 72,9 km de infraestrutura cicloviária. Atualmente, com a iniciativa, a cidade possui 137,5 km de infraestruturas cicloviárias, sendo 80,5 km de ciclovias e 57 km de ciclofaixas”, indica.

Ainda segundo a secretaria, a meta é aumentar os benefícios. “Por meio do Programa de Expansão da Malha Cicloviária, a meta é expandir as ciclofaixas. Até o final de 2016, a tendência é aumentar a infraestrutura cicloviárias para 216 km e, até 2018 a meta é completar 300 estações do Bicicletar em toda a capital”.

Usabilidade

Mesmo com a iniciativa, o mau uso das novas faixas ainda preocupa. Para dona Maria Nazaré da Silva, de 64 anos, as pessoas devem se conscientizar e evitar pedalar na calçada a partir de agora. “Constantemente eu vejo ainda gente pedalando em cima da calçada, e isso pode colocar em risco a segurança de quem pratica atividade física no calçadão”, destaca a dona de casa.

Clique na foto para ampliar

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
1/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Mesmo com adaptações, ciclistas ainda trafegam pelo calçadão e colocam em risco segurança de pedestres

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
2/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
3/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
4/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
5/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Mesmo com adaptações, ciclistas ainda trafegam pelo calçadão e colocam em risco segurança de pedestres

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
6/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
7/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)
8/9

Iniciativa prioriza usuários do transporte público de Fortaleza (Foto: Matheus Ribeiro)

Faixa de pedestre diagonal reduz tempo de travessia

Jacinto Pereira usa as faixas diariamente
9/9

Jacinto Pereira usa as faixas diariamente

Jacinto Pereira usa as faixas diariamente