645 mil pessoas vão declarar o Imposto de Renda no Ceará; Veja se você é um deles

ATENÇÃO AOS PRAZOS

645 mil pessoas vão declarar o Imposto de Renda no Ceará; Veja se você é um deles

O primeiro lote da restituição já está previsto para sair em junho. A prioridade para recebimento são idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos e pessoas com deficiência ou doença grave

Por Tribuna do Ceará em Negócios

9 de março de 2019 às 07:00

Há 5 meses
A declaração pode ser feita simplificada ou completa (FOTO: Freepik)

A declaração pode ser feita simplificada ou completa (FOTO: Freepik)

A declaração do Imposto de Renda já pode ser feita e os contribuintes devem ficar atentos às datas. Segundo dados da Receita Federal, cerca de 645 mil contribuintes devem prestar contas com o fisco no Ceará.

O contador Marcos Sá lembra que, para fazer o procedimento, é necessário baixar o programa gerador da declaração do Imposto de Renda de 2019 da Receita Federal. “Todos aqueles que atingirem um rendimento acima de R$ 28.579,50 em 2018, que receberam um rendimento e não foram isentos ou não tributáveis superiores a R$ 40 mil no ano passado”.

Ele ainda informa que, por exemplo, quem exerce atividade rural e teve um ganho na receita superior a R$ 142.798,50 também tem que declarar. “Ou quem tem seus bens de direto superiores a R$ 300 mil reais”.

Existem duas maneiras de declarar o Imposto de Renda. “A simplificada dá desconto nos rendimentos tributáveis de 20% da sua receita bruta limitada a R$ 16.754,34. Já quem optar pela completa pode ter os descontos de 100% dos gastos com saúde”.

A assessora técnica da Secretaria de Saúde do Estado, Bárbara Maria, opta por contratar um profissional para fazer a declaração. “Esse é o quarto ano que vou declarar e eu acabo sempre pagando uma pessoa, porque não entendo e não consigo fazer sozinha. Eu passo meus rendimentos que a empresa manda no começo do ano. Com isso, ele faz a minha declaração rapidinho e eu sempre opto por fazer no começo, caso tenha restituição saindo nos primeiros lotes”.

O primeiro lote da restituição já está previsto para sair em junho, mas a prioridade para recebimento são idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos e pessoas com deficiência ou doença grave.

Confira entrevistas concedidas a repórter Juliana Marques, da Tribuna BandNews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

ATENÇÃO AOS PRAZOS

645 mil pessoas vão declarar o Imposto de Renda no Ceará; Veja se você é um deles

O primeiro lote da restituição já está previsto para sair em junho. A prioridade para recebimento são idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos e pessoas com deficiência ou doença grave

Por Tribuna do Ceará em Negócios

9 de março de 2019 às 07:00

Há 5 meses
A declaração pode ser feita simplificada ou completa (FOTO: Freepik)

A declaração pode ser feita simplificada ou completa (FOTO: Freepik)

A declaração do Imposto de Renda já pode ser feita e os contribuintes devem ficar atentos às datas. Segundo dados da Receita Federal, cerca de 645 mil contribuintes devem prestar contas com o fisco no Ceará.

O contador Marcos Sá lembra que, para fazer o procedimento, é necessário baixar o programa gerador da declaração do Imposto de Renda de 2019 da Receita Federal. “Todos aqueles que atingirem um rendimento acima de R$ 28.579,50 em 2018, que receberam um rendimento e não foram isentos ou não tributáveis superiores a R$ 40 mil no ano passado”.

Ele ainda informa que, por exemplo, quem exerce atividade rural e teve um ganho na receita superior a R$ 142.798,50 também tem que declarar. “Ou quem tem seus bens de direto superiores a R$ 300 mil reais”.

Existem duas maneiras de declarar o Imposto de Renda. “A simplificada dá desconto nos rendimentos tributáveis de 20% da sua receita bruta limitada a R$ 16.754,34. Já quem optar pela completa pode ter os descontos de 100% dos gastos com saúde”.

A assessora técnica da Secretaria de Saúde do Estado, Bárbara Maria, opta por contratar um profissional para fazer a declaração. “Esse é o quarto ano que vou declarar e eu acabo sempre pagando uma pessoa, porque não entendo e não consigo fazer sozinha. Eu passo meus rendimentos que a empresa manda no começo do ano. Com isso, ele faz a minha declaração rapidinho e eu sempre opto por fazer no começo, caso tenha restituição saindo nos primeiros lotes”.

O primeiro lote da restituição já está previsto para sair em junho, mas a prioridade para recebimento são idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos e pessoas com deficiência ou doença grave.

Confira entrevistas concedidas a repórter Juliana Marques, da Tribuna BandNews FM: