Acusado de matar ex-mulher com 36 facadas é condenado a 21 anos de prisão - Noticias


Acusado de matar ex-mulher com 36 facadas é condenado a 21 anos de prisão

Um homem foi condenado a 21 anos de prisão pela morte de sua ex-mulher em 2005, no município de Missão Velha, Região do Cariri, nesta terça-feira (8). Roberto Ítalo Dantas Milfont, de 26 anos, matou Denise Wyviane Lima, que estava com 27 anos, com 36 golpes de faca

Por Tribuna do Ceará em Polícia

9 de novembro de 2011 às 16:34

Há 8 anos

Um homem foi condenado a 21 anos de prisão pela morte de sua ex-mulher em 2005, no município de Missão Velha, Região do Cariri, nesta terça-feira (8). Roberto Ítalo Dantas Milfont, de 26 anos, matou Denise Wyviane Lima, que estava com 27 anos, com 36 golpes de faca.

O assassino teria aumentado o volume da televisão para cometer o crime e não ser percebido pelos vizinhos. O corpo da vítima, que era casada com Roberto há três meses, foi encontrado por seus familiares. Segundo o depoimento de algumas testemunhas, o homicídio foi motivado por ciúmes.

Roberto chegou a ficar nove meses preso na Cadeia Pública do Crato, mas foi liberado por conta de um habeas corpus expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O acusado recorreu da sentença e aguarda um novo pronunciamento da Justiça em liberdade.

Na saída do Fórum de Missão Velha Roberto foi vaiado por amigos e familiares de Denise. Eles também exibiam cartazes com pedidos de justiça.

Leia mais:
Acusados de participação em chacina serão julgados em dezembro
Acusado de matar estudantes de Medicina em Iguatu será levado a Júri
Julgamento de policial militar acusado de tentativa de homicídio é transferido para Fortaleza

Redação Jangadeiro Online

Publicidade

Dê sua opinião

Acusado de matar ex-mulher com 36 facadas é condenado a 21 anos de prisão

Um homem foi condenado a 21 anos de prisão pela morte de sua ex-mulher em 2005, no município de Missão Velha, Região do Cariri, nesta terça-feira (8). Roberto Ítalo Dantas Milfont, de 26 anos, matou Denise Wyviane Lima, que estava com 27 anos, com 36 golpes de faca

Por Tribuna do Ceará em Polícia

9 de novembro de 2011 às 16:34

Há 8 anos

Um homem foi condenado a 21 anos de prisão pela morte de sua ex-mulher em 2005, no município de Missão Velha, Região do Cariri, nesta terça-feira (8). Roberto Ítalo Dantas Milfont, de 26 anos, matou Denise Wyviane Lima, que estava com 27 anos, com 36 golpes de faca.

O assassino teria aumentado o volume da televisão para cometer o crime e não ser percebido pelos vizinhos. O corpo da vítima, que era casada com Roberto há três meses, foi encontrado por seus familiares. Segundo o depoimento de algumas testemunhas, o homicídio foi motivado por ciúmes.

Roberto chegou a ficar nove meses preso na Cadeia Pública do Crato, mas foi liberado por conta de um habeas corpus expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O acusado recorreu da sentença e aguarda um novo pronunciamento da Justiça em liberdade.

Na saída do Fórum de Missão Velha Roberto foi vaiado por amigos e familiares de Denise. Eles também exibiam cartazes com pedidos de justiça.

Leia mais:
Acusados de participação em chacina serão julgados em dezembro
Acusado de matar estudantes de Medicina em Iguatu será levado a Júri
Julgamento de policial militar acusado de tentativa de homicídio é transferido para Fortaleza

Redação Jangadeiro Online