Após rebelião polícia encontra túnel e transfere 100 presos


Após rebelião, polícia encontra túnel e transfere 100 presos

A rebelião, que aconteceu nesta manhã, teve a participação de mais de 200 detentos

Por Matheus Ribeiro em Polícia

28 de novembro de 2012 às 17:03

Há 7 anos

Após rebelião na Casa de Privação Provisória de Liberdade Clodoaldo Pinto (CPPL) II, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza, policiais realizaram uma vistoria na tarde desta quarta-feira (28), e encontraram um túnel de 12 metros. Por medidas de segurança, 100 detentos foram transferidos.

A rebelião

Segundo a polícia, os detentos do pavilhão “C” atearam fogo nos colchões impedindo a entrada dos policiais para uma vistoria antifuga. A rebelião, que aconteceu nesta manhã, teve a participação de mais de 200 detentos.

Desde terça-feira (27), a Coordenadoria de Inteligência Penitenciária da Sejus havia informado ao comandante da unidade, Major Praciano, a descoberta de um túnel com proporções para fuga em massa.

Equipes do Comando Tático Motorizado (Cotam), Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foram acionadas para conter a rebelião. Ninguém ficou ferido.

Medidas de segurança

Após encontrarem um túnel de 12 metros, 100 internos foram transferidos para o presídio e Pacatuba e para o Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO II) por medidas de segurança. A assessoria da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus) informou que todos os presos receberão punição disciplinar.

Segundo a Sejus, o túnel já está sendo fechado e, na próxima semana, os presos voltarão para a unidade de detenção. Atualmente, o CPPL II comporta 1.224 detentos.

Publicidade

Dê sua opinião

Após rebelião, polícia encontra túnel e transfere 100 presos

A rebelião, que aconteceu nesta manhã, teve a participação de mais de 200 detentos

Por Matheus Ribeiro em Polícia

28 de novembro de 2012 às 17:03

Há 7 anos

Após rebelião na Casa de Privação Provisória de Liberdade Clodoaldo Pinto (CPPL) II, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza, policiais realizaram uma vistoria na tarde desta quarta-feira (28), e encontraram um túnel de 12 metros. Por medidas de segurança, 100 detentos foram transferidos.

A rebelião

Segundo a polícia, os detentos do pavilhão “C” atearam fogo nos colchões impedindo a entrada dos policiais para uma vistoria antifuga. A rebelião, que aconteceu nesta manhã, teve a participação de mais de 200 detentos.

Desde terça-feira (27), a Coordenadoria de Inteligência Penitenciária da Sejus havia informado ao comandante da unidade, Major Praciano, a descoberta de um túnel com proporções para fuga em massa.

Equipes do Comando Tático Motorizado (Cotam), Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foram acionadas para conter a rebelião. Ninguém ficou ferido.

Medidas de segurança

Após encontrarem um túnel de 12 metros, 100 internos foram transferidos para o presídio e Pacatuba e para o Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO II) por medidas de segurança. A assessoria da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus) informou que todos os presos receberão punição disciplinar.

Segundo a Sejus, o túnel já está sendo fechado e, na próxima semana, os presos voltarão para a unidade de detenção. Atualmente, o CPPL II comporta 1.224 detentos.