Gerente de banco de Redenção sofre sequestro relâmpago


Gerente de banco de Redenção sofre sequestro relâmpago

A vítima estava no estacionamento de onde morava, quando foi sequestrado por três homens

Por Jackson Cruz em Polícia

19 de outubro de 2012 às 15:51

Há 7 anos

O gerente da agência do banco Bradesco de Redenção, distante 63 quilômetros de Fortaleza, sofreu um sequestro relâmpago por volta das 2h30m desta sexta-feira (19). A Polícia Militar de Baturité afirmou que a vítima foi abordada no estacionamento do local onde reside.

A PM disse que uma testemunha avistou a ação e logo acionou a polícia. Segundo ela, três homens com máscaras cirúrgicas e armados abordaram o gerente de 50 anos no Centro de Redenção. A tesmunhas contou que a vítima foi levada em um carro.

Após 40 minutos, a polícia encontrou o gerente amarrado e abandonado na localidade de Tibau, entre Acarapé e Barreira. Os sequestradores levaram pertences pessoais, como relógio, a carteira, a pulseira, o cordão, além das chaves da agência bancária e da residência do gerente.

A polícia ainda está em busca dos sequestradores e ninguém foi preso. Segundo a PM, mesmo portanto a chave da agência, os criminosos não estiveram no local.

Publicidade

Dê sua opinião

Gerente de banco de Redenção sofre sequestro relâmpago

A vítima estava no estacionamento de onde morava, quando foi sequestrado por três homens

Por Jackson Cruz em Polícia

19 de outubro de 2012 às 15:51

Há 7 anos

O gerente da agência do banco Bradesco de Redenção, distante 63 quilômetros de Fortaleza, sofreu um sequestro relâmpago por volta das 2h30m desta sexta-feira (19). A Polícia Militar de Baturité afirmou que a vítima foi abordada no estacionamento do local onde reside.

A PM disse que uma testemunha avistou a ação e logo acionou a polícia. Segundo ela, três homens com máscaras cirúrgicas e armados abordaram o gerente de 50 anos no Centro de Redenção. A tesmunhas contou que a vítima foi levada em um carro.

Após 40 minutos, a polícia encontrou o gerente amarrado e abandonado na localidade de Tibau, entre Acarapé e Barreira. Os sequestradores levaram pertences pessoais, como relógio, a carteira, a pulseira, o cordão, além das chaves da agência bancária e da residência do gerente.

A polícia ainda está em busca dos sequestradores e ninguém foi preso. Segundo a PM, mesmo portanto a chave da agência, os criminosos não estiveram no local.