Laudo sobre morte de jovem em festa particular deve sair em 10 dias


Laudo sobre morte de jovem em festa particular deve sair em 10 dias

O laudo sobre a morte da jovem em uma festa particular de marinheiros, registrada no último dia 29 de julho, deve sair em 10 dias

Por Rodrigo Cavalcante em Polícia

20 de agosto de 2012 às 11:14

Há 7 anos

O laudo sobre a morte da jovem em uma festa particular com marinheiros no último dia 29 de julho, deve sair em 10 dias. A informação foi repassada, ao Jangadeiro Online, pela família da vítima na manhã desta segunda-feira (20).

O caso, que estava sendo investigado pelo 2° Distrito Policial (DP), mas foi encaminhado para o 9° DP. “Ouvimos quatro marinheiros e um parente da vítima. Há notícias de que a vítima, Natália Regiele, namorava com um deles”, explica a delegada responsável pela unidade, Maria de Jesus.

As investigações agora vão ser feitas pela Delegacia da Mulher. O tio da vítima, Chagas Tabosa, disse que a delegacia deu um prazo de 10 dias para entregar o laudo.

Relembre

O fato aconteceu em um apartamento na avenida Abolição, no bairro Mucuripe, em Fortaleza. De acordo a polícia, Natália Regiele Tabosa da Silva teria chegado ao apartamento após sair de uma festa de pagode com um dos marinheiros. Já no apartamento, a jovem teria sofrido um mal estar.

Segundo ainda a polícia, os marinheiros tentaram reanimar a moça com um banho. Sem sucesso, o grupo teria colocado a jovem para “dormir”. Os marinheiros somente perceberam que a jovem estava sem vida na manhã de domingo (29).

Publicidade

Dê sua opinião

Laudo sobre morte de jovem em festa particular deve sair em 10 dias

O laudo sobre a morte da jovem em uma festa particular de marinheiros, registrada no último dia 29 de julho, deve sair em 10 dias

Por Rodrigo Cavalcante em Polícia

20 de agosto de 2012 às 11:14

Há 7 anos

O laudo sobre a morte da jovem em uma festa particular com marinheiros no último dia 29 de julho, deve sair em 10 dias. A informação foi repassada, ao Jangadeiro Online, pela família da vítima na manhã desta segunda-feira (20).

O caso, que estava sendo investigado pelo 2° Distrito Policial (DP), mas foi encaminhado para o 9° DP. “Ouvimos quatro marinheiros e um parente da vítima. Há notícias de que a vítima, Natália Regiele, namorava com um deles”, explica a delegada responsável pela unidade, Maria de Jesus.

As investigações agora vão ser feitas pela Delegacia da Mulher. O tio da vítima, Chagas Tabosa, disse que a delegacia deu um prazo de 10 dias para entregar o laudo.

Relembre

O fato aconteceu em um apartamento na avenida Abolição, no bairro Mucuripe, em Fortaleza. De acordo a polícia, Natália Regiele Tabosa da Silva teria chegado ao apartamento após sair de uma festa de pagode com um dos marinheiros. Já no apartamento, a jovem teria sofrido um mal estar.

Segundo ainda a polícia, os marinheiros tentaram reanimar a moça com um banho. Sem sucesso, o grupo teria colocado a jovem para “dormir”. Os marinheiros somente perceberam que a jovem estava sem vida na manhã de domingo (29).