Mãe e filho são encontrados mortos no Planalto Pici - Noticias


Mãe e filho são encontrados mortos no Planalto Pici

Eles apresentavam sinais de estrangulamento e o principal suspeito é o ex-companheiro da mulher

Por Tribuna do Ceará em Polícia

3 de fevereiro de 2010 às 12:46

Há 9 anos

Foto: Repórter Emanuella Braga

Ivânia da Silva Teixeira, de 26 anos, e seu filho Emerson Teixeira de Sousa, de 8 anos,  foram encontrados mortos em sua residência na manhã desta quarta-feira (3), dentro de casa, na Travessa A do bairro Planalto Pici, em Fortaleza.

Os cadáveres foram encontrados quando a irmã de Ivânia foi chamar o sobrinho para ir ao colégio e viu os corpos. Eles apresentavam sinais de estrangulamento.

O principal suspeito é o ex-companheiro da mulher – identificado apenas como Narcélio -, de quem ela havia se separado há pelo menos quatro meses. Testemunhas o viram entrar na residência. Contra Narcélio, já existe um inquérito instaurado por assalto.

Segundo uma amiga da vítima, o homem era uma pessoa com comportamentos agressivos. Ela também informou que Ivânia era bastante ciumenta.

Familiares das vítimas dizem não terem ouvido nada e suspeitam que o crime tenha acontecido durante a madrugada.

Com informações da repórter Emanuella Braga

Publicidade

Dê sua opinião

Mãe e filho são encontrados mortos no Planalto Pici

Eles apresentavam sinais de estrangulamento e o principal suspeito é o ex-companheiro da mulher

Por Tribuna do Ceará em Polícia

3 de fevereiro de 2010 às 12:46

Há 9 anos

Foto: Repórter Emanuella Braga

Ivânia da Silva Teixeira, de 26 anos, e seu filho Emerson Teixeira de Sousa, de 8 anos,  foram encontrados mortos em sua residência na manhã desta quarta-feira (3), dentro de casa, na Travessa A do bairro Planalto Pici, em Fortaleza.

Os cadáveres foram encontrados quando a irmã de Ivânia foi chamar o sobrinho para ir ao colégio e viu os corpos. Eles apresentavam sinais de estrangulamento.

O principal suspeito é o ex-companheiro da mulher – identificado apenas como Narcélio -, de quem ela havia se separado há pelo menos quatro meses. Testemunhas o viram entrar na residência. Contra Narcélio, já existe um inquérito instaurado por assalto.

Segundo uma amiga da vítima, o homem era uma pessoa com comportamentos agressivos. Ela também informou que Ivânia era bastante ciumenta.

Familiares das vítimas dizem não terem ouvido nada e suspeitam que o crime tenha acontecido durante a madrugada.

Com informações da repórter Emanuella Braga