Paciente morre enquanto socorristas e médico discutem


Paciente morre enquanto socorristas e médico discutiam

Um motorista morreu após ser baleado em um bar do bairro Antônio Diogo, no Maciço de Baturité. Marcos Fábio Alves dos Santos, de 38 anos, foi encaminhado ao Hospital Municipal Dr. Paulo Sarasate, no município de Redenção.

Por Rosana Romão, Felipe Lima e Hayanne Narlla em Polícia

10 de abril de 2012 às 09:25

Há 7 anos

Um motorista morreu após ser baleado em um bar do bairro Antônio Diogo, no Maciço de Baturité. Marcos Fábio Alves dos Santos, de 38 anos, foi encaminhado ao Hospital Municipal Dr. Paulo Sarasate, no município de Redenção.

Quando chegou lá, houve uma discussão entre os profissionais do SAMU e o médico plantonista por conta da gravidade do paciente, que necessitava de uma transferência.

Durante o tumulto, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. Os envolvidos na confusão procuraram a delegacia da cidade para resolver o problema. A equipe do Jangadeiro Online tentou entrar em contato com o médico plantonista, mas não teve resposta sobre o caso.

Leia mais:
Paciente morre ao ser atendido no chão do HGF
Mãe e filha morrem após atendimento no HGF

Publicidade

Dê sua opinião

Paciente morre enquanto socorristas e médico discutiam

Um motorista morreu após ser baleado em um bar do bairro Antônio Diogo, no Maciço de Baturité. Marcos Fábio Alves dos Santos, de 38 anos, foi encaminhado ao Hospital Municipal Dr. Paulo Sarasate, no município de Redenção.

Por Rosana Romão, Felipe Lima e Hayanne Narlla em Polícia

10 de abril de 2012 às 09:25

Há 7 anos

Um motorista morreu após ser baleado em um bar do bairro Antônio Diogo, no Maciço de Baturité. Marcos Fábio Alves dos Santos, de 38 anos, foi encaminhado ao Hospital Municipal Dr. Paulo Sarasate, no município de Redenção.

Quando chegou lá, houve uma discussão entre os profissionais do SAMU e o médico plantonista por conta da gravidade do paciente, que necessitava de uma transferência.

Durante o tumulto, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. Os envolvidos na confusão procuraram a delegacia da cidade para resolver o problema. A equipe do Jangadeiro Online tentou entrar em contato com o médico plantonista, mas não teve resposta sobre o caso.

Leia mais:
Paciente morre ao ser atendido no chão do HGF
Mãe e filha morrem após atendimento no HGF