Polícia prende integrante do Primeiro Comando da Capital em Pacajus - Noticias


Polícia prende integrante do Primeiro Comando da Capital em Pacajus

A prisão aconteceu em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O cearense é acusado de cometer vários assaltos e homicídios em São Paulo, cidade onde morou por um tempo

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

19 de maio de 2011 às 10:55

Há 8 anos

O Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil prendeu, na manhã desta quinta-feira (19), um cearense ligado ao Primeiro Comando da Capital (PCC). A prisão aconteceu no município de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Wílson Espindola Souza foi preso no local em que trabalhava, a Prefeitura de Pacajus. Ele é acusado de cometer vários assaltos e homicídios na cidade de São Paulo, onde morou por um tempo, tendo retornado ao Ceará após os crimes.

O acusado foi levado para a Superintendênca da Polícia Civil, onde vai ficar preso. Não há informações ainda se o bandido vai responder pelos assaltos e homicídios em Fortaleza ou se será encaminhado para São Paulo.

Veja a matéria do Barra Pesada:

Publicidade

Dê sua opinião

Polícia prende integrante do Primeiro Comando da Capital em Pacajus

A prisão aconteceu em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O cearense é acusado de cometer vários assaltos e homicídios em São Paulo, cidade onde morou por um tempo

Por Felipe Lima e Thamiris Treigher em Polícia

19 de maio de 2011 às 10:55

Há 8 anos

O Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil prendeu, na manhã desta quinta-feira (19), um cearense ligado ao Primeiro Comando da Capital (PCC). A prisão aconteceu no município de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Wílson Espindola Souza foi preso no local em que trabalhava, a Prefeitura de Pacajus. Ele é acusado de cometer vários assaltos e homicídios na cidade de São Paulo, onde morou por um tempo, tendo retornado ao Ceará após os crimes.

O acusado foi levado para a Superintendênca da Polícia Civil, onde vai ficar preso. Não há informações ainda se o bandido vai responder pelos assaltos e homicídios em Fortaleza ou se será encaminhado para São Paulo.

Veja a matéria do Barra Pesada: