Presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários é presa durante protesto - Noticias


Presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários é presa durante protesto

Dezenas de agentes se mobilizaram desde a manhã em frente a unidade prisional para protestar e pedir aumento salarial

Por Tribuna do Ceará em Polícia

31 de março de 2012 às 17:34

Há 7 anos

A Polícia Militar prendeu na tarde deste sábado, 31, a presidente do Sindicato dos Agentes e dos Servidores Público do Sistema Penitenciário do Ceará, Socorro Marques, durante protesto em frente ao Instituto Penal Professor Olavo Oliveira 2, em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. Outro agente também recebeu voz de prisão.

Dezenas de funcionários do sistema penitenciário se mobilizaram desde a manhã em frente a unidade prisional para protestar e pedir que o Governo cumpra o acordo feito pela Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) para o reajuste salarial da categoria.

Em contato com o Jangadeiro Online, a Sejus informou que Socorro Marques e o outro agente não foram presos, mas sim, levados para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú para a realização de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desobediência, pois eles teriam tentado ficar dentro do IPPOO 2. A Secretaria de Justiça relatou que eles já foram liberados.

Após os agentes decretarem greve, já aconteceu uma rebelião na Cadeia Pública de Sobral e uma tentativa de fuga em Horizonte.

Publicidade

Dê sua opinião

Presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários é presa durante protesto

Dezenas de agentes se mobilizaram desde a manhã em frente a unidade prisional para protestar e pedir aumento salarial

Por Tribuna do Ceará em Polícia

31 de março de 2012 às 17:34

Há 7 anos

A Polícia Militar prendeu na tarde deste sábado, 31, a presidente do Sindicato dos Agentes e dos Servidores Público do Sistema Penitenciário do Ceará, Socorro Marques, durante protesto em frente ao Instituto Penal Professor Olavo Oliveira 2, em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. Outro agente também recebeu voz de prisão.

Dezenas de funcionários do sistema penitenciário se mobilizaram desde a manhã em frente a unidade prisional para protestar e pedir que o Governo cumpra o acordo feito pela Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) para o reajuste salarial da categoria.

Em contato com o Jangadeiro Online, a Sejus informou que Socorro Marques e o outro agente não foram presos, mas sim, levados para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú para a realização de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desobediência, pois eles teriam tentado ficar dentro do IPPOO 2. A Secretaria de Justiça relatou que eles já foram liberados.

Após os agentes decretarem greve, já aconteceu uma rebelião na Cadeia Pública de Sobral e uma tentativa de fuga em Horizonte.