Suplentes são presos acusados de planejar a morte de vereador de Pacatuba


Suplentes acusados de planejar a morte de vereador de Pacatuba são presos

O crime ocorreu em frente ao comércio da vítima, onde funciona uma oficina de reciclagem

Por Camila Cabral em Polícia

22 de março de 2013 às 17:34

Há 6 anos

Quatro homens foram presos na tarde desta sexta-feira (22), acusados de planejar e matar o vereador da cidade de Pacatuba, Valdomiro Nascimento de Sousa, 35 anos, no dia 25 de janeiro. Entre os acusados estão o líder do Partido Trabalhista Brasileiro de Pacatuba (PTB), partido o qual a vítima fazia parte, e dois suplentes, entre eles o que assumiu a vaga de Valdomiro na câmara da cidade.

Natan da silva modesto, de 28 anos, é o acusado de ter atirado na vítima; Ariel Ribeiro de Farias, de 34 anos, líder do PTB; além dos suplentes José Cleodon Rodrigues Costa, de 42 anos e  Edivan Porcírio Pires, de 50 anos. Eles foram presos após ação conjunta da Superintendência da Polícia Civil e Equipe da Divisão de Homicídios. A prisão foi decretada pela delegada Milena Maciel, titular do 24º Distrito Policial.

O caso

O crime ocorreu em frente ao comércio da vítima, onde funciona uma oficina de reciclagem.  Um homem teria chegado a pé e efetuado os disparos contra o vereador. Logo após ele fugiu a pé e entrou em um carro que estava a sua espera. Valdomiro Nascimento ainda foi levado para hospital de Maracanaú, mas não resistiu aos ferimentos.

Com informações do repórter Jefferson Abreu

Publicidade

Dê sua opinião

Suplentes acusados de planejar a morte de vereador de Pacatuba são presos

O crime ocorreu em frente ao comércio da vítima, onde funciona uma oficina de reciclagem

Por Camila Cabral em Polícia

22 de março de 2013 às 17:34

Há 6 anos

Quatro homens foram presos na tarde desta sexta-feira (22), acusados de planejar e matar o vereador da cidade de Pacatuba, Valdomiro Nascimento de Sousa, 35 anos, no dia 25 de janeiro. Entre os acusados estão o líder do Partido Trabalhista Brasileiro de Pacatuba (PTB), partido o qual a vítima fazia parte, e dois suplentes, entre eles o que assumiu a vaga de Valdomiro na câmara da cidade.

Natan da silva modesto, de 28 anos, é o acusado de ter atirado na vítima; Ariel Ribeiro de Farias, de 34 anos, líder do PTB; além dos suplentes José Cleodon Rodrigues Costa, de 42 anos e  Edivan Porcírio Pires, de 50 anos. Eles foram presos após ação conjunta da Superintendência da Polícia Civil e Equipe da Divisão de Homicídios. A prisão foi decretada pela delegada Milena Maciel, titular do 24º Distrito Policial.

O caso

O crime ocorreu em frente ao comércio da vítima, onde funciona uma oficina de reciclagem.  Um homem teria chegado a pé e efetuado os disparos contra o vereador. Logo após ele fugiu a pé e entrou em um carro que estava a sua espera. Valdomiro Nascimento ainda foi levado para hospital de Maracanaú, mas não resistiu aos ferimentos.

Com informações do repórter Jefferson Abreu