Viciado em crack, garoto de 9 anos é apreendido em Potengi - Noticias


Viciado em crack, garoto de 9 anos é apreendido em Potengi

A história da criança é destaque do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro, desta quinta-feira (19)

Por Tribuna do Ceará em Polícia

19 de novembro de 2009 às 11:29

Há 10 anos
Imagem da reportagem do Barra Pesada

Imagem da reportagem do Barra Pesada

Um garoto de nove anos de idade está recolhido pelo Conselho Tutelar da cidade de Potengi, na Região do Cariri, acusado de praticar assaltos. Em depoimento à equipe da TV Jangadeiro, ele disse ser viciado em crack desde os seis anos, garantiu ter fumado mais de 10 pedras em um só dia e afirmou já ter sido apreendido, mais de cem vezes, por roubos e furtos.

A criança foi apreendida pelos próprios moradores do bairro João Cabral Potengi, que o acusaram de roubar relógios e moedas e o entregaram ao Conselho Tutelar. Segundo ele, os roubos são para comprar droga. “Eu já usei mais que um mundo de pedra”, disse ele.

O garoto afirmou que a mãe dele mora na Bahia, o pai faleceu e que vive com a avó em Juazeiro do Norte. Ele pegou carona com um “amigo” para roubar em Potengi. Sobre as seguidas apreensões, uma resposta rápida: “É sendo pego e sendo solto no mesmo dia”.

Assista à matéria exibida no programa Barra Pesada desta quinta-feira (19).

Publicidade

Dê sua opinião

Viciado em crack, garoto de 9 anos é apreendido em Potengi

A história da criança é destaque do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro, desta quinta-feira (19)

Por Tribuna do Ceará em Polícia

19 de novembro de 2009 às 11:29

Há 10 anos
Imagem da reportagem do Barra Pesada

Imagem da reportagem do Barra Pesada

Um garoto de nove anos de idade está recolhido pelo Conselho Tutelar da cidade de Potengi, na Região do Cariri, acusado de praticar assaltos. Em depoimento à equipe da TV Jangadeiro, ele disse ser viciado em crack desde os seis anos, garantiu ter fumado mais de 10 pedras em um só dia e afirmou já ter sido apreendido, mais de cem vezes, por roubos e furtos.

A criança foi apreendida pelos próprios moradores do bairro João Cabral Potengi, que o acusaram de roubar relógios e moedas e o entregaram ao Conselho Tutelar. Segundo ele, os roubos são para comprar droga. “Eu já usei mais que um mundo de pedra”, disse ele.

O garoto afirmou que a mãe dele mora na Bahia, o pai faleceu e que vive com a avó em Juazeiro do Norte. Ele pegou carona com um “amigo” para roubar em Potengi. Sobre as seguidas apreensões, uma resposta rápida: “É sendo pego e sendo solto no mesmo dia”.

Assista à matéria exibida no programa Barra Pesada desta quinta-feira (19).