Assembleia deve votar salários dos professores sem pressão da categoria - Noticias


Assembleia deve votar salários dos professores sem pressão da categoria

Os gradis que são usados para bloquear o acesso ao plenário da Casa estão no rall de entrada da Assembleia. A prevenção é para uma possível presença massiva de professores para acompanhar a votação da mensagem do executivo que trata do salário do magistério

Por Tribuna do Ceará em Política

2 de dezembro de 2011 às 09:18

Há 8 anos

A Assembleia Legislativa deve votar hoje a mensagem do governador sobre os salários dos professores. Os parlamentares aprovaram nesta quinta-feira (1°) o regime de urgência pra a apreciação do assunto.

Os gradis que são usados para bloquear o acesso ao plenário da Casa estão no rall de entrada da Assembleia.  A prevenção é para uma possível presença massiva de professores para acompanhar a votação da mensagem do executivo que trata do salário do magistério.

Mas, se depender do Apeoc, o sindicato da categoria, não haverá tensão. Conforme o presidente, Anísio Uchoa, a entidade não pretende realizar mobilização na Assembleia.

Ainda de acordo com Anísio, o sindicato deseja que a votação da mensagem aconteça rápido, mesmo não atendendo todos os anseios da categoria. A intenção é pleitear o restantes dos benefícios no ano de 2012.

Campanha salarial 2012

Pelo menos três pontos devem constar na pauta de reivindicações para a campanha salarial de 2012. Um deles é o salário inicial da carreira que, para a Apeoc, deveria ser de R$ 2.000,00, no mínimo. Outra questão é a valorização dos professores especialistas, já que a mensagem do governo privilegiou apenas os mestres e doutores. O terceiro ponto seria a descompressão da carreira, ou seja, a criação de novos critérios para a valorização dos professores que estão há muito tempo em atividade.

Mensagem

A mensagem do Governo  altera o vencimento base dos professores de nível superior do grupo ocupacional magistério da educação básica (MAG). O projeto de lei que acompanha a mensagem eleva em 7,5% o vencimento base dos professores de nível superior do grupo MAG, retroativo a 1º de novembro de 2011.

Com a aprovação do reajuste o vencimento base do nível 1, passa, a partir de novembro, para R$ 1.428,30 e o nível 18 (último) R$ 3. 273,67. A proposta também estabelece a majoração da gratificação de regência de classe em 10% para os professores mestres e 30% para doutores que se encontrem no exercício da docência e suporte pedagógico, em unidades escolares da rede pública estadual de ensino.

Leia mais
Matéria que trata de reajuste de professores da rede estadual chega a Assembleia

Publicidade

Dê sua opinião

Assembleia deve votar salários dos professores sem pressão da categoria

Os gradis que são usados para bloquear o acesso ao plenário da Casa estão no rall de entrada da Assembleia. A prevenção é para uma possível presença massiva de professores para acompanhar a votação da mensagem do executivo que trata do salário do magistério

Por Tribuna do Ceará em Política

2 de dezembro de 2011 às 09:18

Há 8 anos

A Assembleia Legislativa deve votar hoje a mensagem do governador sobre os salários dos professores. Os parlamentares aprovaram nesta quinta-feira (1°) o regime de urgência pra a apreciação do assunto.

Os gradis que são usados para bloquear o acesso ao plenário da Casa estão no rall de entrada da Assembleia.  A prevenção é para uma possível presença massiva de professores para acompanhar a votação da mensagem do executivo que trata do salário do magistério.

Mas, se depender do Apeoc, o sindicato da categoria, não haverá tensão. Conforme o presidente, Anísio Uchoa, a entidade não pretende realizar mobilização na Assembleia.

Ainda de acordo com Anísio, o sindicato deseja que a votação da mensagem aconteça rápido, mesmo não atendendo todos os anseios da categoria. A intenção é pleitear o restantes dos benefícios no ano de 2012.

Campanha salarial 2012

Pelo menos três pontos devem constar na pauta de reivindicações para a campanha salarial de 2012. Um deles é o salário inicial da carreira que, para a Apeoc, deveria ser de R$ 2.000,00, no mínimo. Outra questão é a valorização dos professores especialistas, já que a mensagem do governo privilegiou apenas os mestres e doutores. O terceiro ponto seria a descompressão da carreira, ou seja, a criação de novos critérios para a valorização dos professores que estão há muito tempo em atividade.

Mensagem

A mensagem do Governo  altera o vencimento base dos professores de nível superior do grupo ocupacional magistério da educação básica (MAG). O projeto de lei que acompanha a mensagem eleva em 7,5% o vencimento base dos professores de nível superior do grupo MAG, retroativo a 1º de novembro de 2011.

Com a aprovação do reajuste o vencimento base do nível 1, passa, a partir de novembro, para R$ 1.428,30 e o nível 18 (último) R$ 3. 273,67. A proposta também estabelece a majoração da gratificação de regência de classe em 10% para os professores mestres e 30% para doutores que se encontrem no exercício da docência e suporte pedagógico, em unidades escolares da rede pública estadual de ensino.

Leia mais
Matéria que trata de reajuste de professores da rede estadual chega a Assembleia