Camilo Santana vai discutir ações de combate à violência no Ceará com especialistas do Rio


Camilo Santana vai discutir ações de combate à violência no Ceará com especialistas do Rio

Petista concedeu entrevista à rádio Tribuna Band News FM, à TV Jangadeiro e ao portal Tribuna do Ceará

Por Rosana Romão em Política

6 de janeiro de 2015 às 11:00

Há 5 anos
Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

Em seu sexto dia de mandato, o governador do Ceará, Camilo Santana, visitou o Sistema Jangadeiro de Comunicação, na manhã desta terça-feira (6), para anunciar medidas do seu plano de governo e responder a questionamentos dos ouvintes da Tribuna BandNews FM e telespectadores da TV Jangadeiro. A preocupação com a segurança pública foi destaque mais uma vez.

A agenda do governador está movimentada desde o dia 1º de janeiro. Após acompanhar a posse de Cid Gomes como ministro da educação, Camilo esteve no Palácio da Abolição realizando reuniões internas. A primeira delas foi com o secretário de segurança, Delci Teixeira.

Camilo deseja se reunir com os profissionais de segurança pública para ouvir suas demandas e analisar o que é possível ser solucionado. “É claro que eu não vou conseguir atender todas as demandas da categoria, mas há questões que precisam ser resolvidas, como a promoção profissional. Uma grande reclamação da tropa é de que tem policial que passa 15 anos sem ser promovido e soldado para cabo, e eu quero corrigir isso”, prometeu. Outro compromisso assumido foi de nivelar a média salarial à da categoria no Nordeste.

Um plano para a área de segurança também está sendo estudado. Inspirado no programa Pacto pela Vida, realizado em Pernambuco, o governador do Ceará deseja trazer quatro especialistas em segurança do Rio de Janeiro para troca de experiências. A partir disso, o petista pretende criar uma ação conjunta de intervenção social com colaboração de profissionais da saúde e cultura em regiões que apresentem altos índices de violência. Ele também defende que sejam instaladas bases fixas da polícia em alguns bairros com monitoramento de câmeras e ações de combate ao tráfico e uso de drogas.

Volta da CPMF

Indagado sobre a articulação da volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira), o extinto tributo cobrado automaticamente a cada transmissão de valores no banco, Camilo mostrou-se favorável. “Se houver essa contribuição, eu defendo que o valor seja voltado exclusivamente para a saúde e que o dinheiro vá diretamente para os municípios e para os estados. Também defendo que essa contribuição seja para pessoas que ganham acima de 15 salários-mínimos, o que representa apenas 1,2% da população econômica do Brasil, ou seja, toda a classe trabalhadora e classe média ficaria fora dessa contribuição”, destaca.

Parceria com Cid Gomes

Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

O governador cearense ressaltou a importância da bagagem e conhecimento que obteve sobre gestão pública por meio do acompanhamento nas ações do ex-governador e atual Ministro de Educação, Cid Gomes. “A minha experiência começou como secretário nas duas gestões dele, eu já tinha conhecimento de como funciona a máquina pública. Na própria transição eu me reuni com todas as secretarias, isso permitiu que eu pudesse me adiantar um pouco nas minhas decisões e nas minhas prioridades para 2015”, revela.

Sobre a parceria com Cid, Camilo pretende, em breve, anunciar as demandas do Ceará para o Ministro da Educação. Reafirmou o compromisso de ampliar a rede de escolas profissionalizantes, melhorar e aperfeiçoar o programa de alfabetização na idade certa e melhorar a qualidade do ensino médio no estado do Ceará.

Mais educação

Os professores do Ceará terão piso nacional. A garantia foi dada pelo novo governado ainda durante a entrevista da Tribuna BandNews. O novo valor deve ser revelado por Cid Gomes nesta quarta-feira (7). O reajuste deve ser de 12% a 14%.

Antes do anúncio, Camilo reuniu-se com representantes as universidades estaduais do Ceará para debater a regularização das atividades, já que as instituições se encontram em greve.

Confira mais informações na matéria exibida no Jornal Jangadeiro:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15331680″]

Publicidade

Dê sua opinião

Camilo Santana vai discutir ações de combate à violência no Ceará com especialistas do Rio

Petista concedeu entrevista à rádio Tribuna Band News FM, à TV Jangadeiro e ao portal Tribuna do Ceará

Por Rosana Romão em Política

6 de janeiro de 2015 às 11:00

Há 5 anos
Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

Em seu sexto dia de mandato, o governador do Ceará, Camilo Santana, visitou o Sistema Jangadeiro de Comunicação, na manhã desta terça-feira (6), para anunciar medidas do seu plano de governo e responder a questionamentos dos ouvintes da Tribuna BandNews FM e telespectadores da TV Jangadeiro. A preocupação com a segurança pública foi destaque mais uma vez.

A agenda do governador está movimentada desde o dia 1º de janeiro. Após acompanhar a posse de Cid Gomes como ministro da educação, Camilo esteve no Palácio da Abolição realizando reuniões internas. A primeira delas foi com o secretário de segurança, Delci Teixeira.

Camilo deseja se reunir com os profissionais de segurança pública para ouvir suas demandas e analisar o que é possível ser solucionado. “É claro que eu não vou conseguir atender todas as demandas da categoria, mas há questões que precisam ser resolvidas, como a promoção profissional. Uma grande reclamação da tropa é de que tem policial que passa 15 anos sem ser promovido e soldado para cabo, e eu quero corrigir isso”, prometeu. Outro compromisso assumido foi de nivelar a média salarial à da categoria no Nordeste.

Um plano para a área de segurança também está sendo estudado. Inspirado no programa Pacto pela Vida, realizado em Pernambuco, o governador do Ceará deseja trazer quatro especialistas em segurança do Rio de Janeiro para troca de experiências. A partir disso, o petista pretende criar uma ação conjunta de intervenção social com colaboração de profissionais da saúde e cultura em regiões que apresentem altos índices de violência. Ele também defende que sejam instaladas bases fixas da polícia em alguns bairros com monitoramento de câmeras e ações de combate ao tráfico e uso de drogas.

Volta da CPMF

Indagado sobre a articulação da volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira), o extinto tributo cobrado automaticamente a cada transmissão de valores no banco, Camilo mostrou-se favorável. “Se houver essa contribuição, eu defendo que o valor seja voltado exclusivamente para a saúde e que o dinheiro vá diretamente para os municípios e para os estados. Também defendo que essa contribuição seja para pessoas que ganham acima de 15 salários-mínimos, o que representa apenas 1,2% da população econômica do Brasil, ou seja, toda a classe trabalhadora e classe média ficaria fora dessa contribuição”, destaca.

Parceria com Cid Gomes

Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

Camilo Santana anunciou contenção de despesas e preocupação com a seca no Ceará, além do desejo de iniciar, em 2015, uma campanha para economizar água. (FOTO: Tribuna do Ceará/ Renata Monte)

O governador cearense ressaltou a importância da bagagem e conhecimento que obteve sobre gestão pública por meio do acompanhamento nas ações do ex-governador e atual Ministro de Educação, Cid Gomes. “A minha experiência começou como secretário nas duas gestões dele, eu já tinha conhecimento de como funciona a máquina pública. Na própria transição eu me reuni com todas as secretarias, isso permitiu que eu pudesse me adiantar um pouco nas minhas decisões e nas minhas prioridades para 2015”, revela.

Sobre a parceria com Cid, Camilo pretende, em breve, anunciar as demandas do Ceará para o Ministro da Educação. Reafirmou o compromisso de ampliar a rede de escolas profissionalizantes, melhorar e aperfeiçoar o programa de alfabetização na idade certa e melhorar a qualidade do ensino médio no estado do Ceará.

Mais educação

Os professores do Ceará terão piso nacional. A garantia foi dada pelo novo governado ainda durante a entrevista da Tribuna BandNews. O novo valor deve ser revelado por Cid Gomes nesta quarta-feira (7). O reajuste deve ser de 12% a 14%.

Antes do anúncio, Camilo reuniu-se com representantes as universidades estaduais do Ceará para debater a regularização das atividades, já que as instituições se encontram em greve.

Confira mais informações na matéria exibida no Jornal Jangadeiro:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15331680″]