Eleitor tem 60 dias para justificar ausência no 2º turno das eleições


Eleitor tem 60 dias para justificar ausência no 2º turno das eleições

Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral não pode, por exemplo, obter passaporte ou carteira de identidade

Por Roberta Tavares em Política

26 de outubro de 2014 às 20:19

Há 5 anos
Eleitor tem até 60 dias para justificar voto (FOTO: Divulgação)

Eleitor tem até 60 dias para justificar voto (FOTO: Divulgação)

O eleitor que não votou neste segundo turno das eleições terá até 60 dias para preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral. O documento pode ser acessado gratuitamente nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), cartórios eleitorais e postos de atendimento ao eleitor.

Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral não pode, por exemplo, obter passaporte ou carteira de identidade, participar de concursos públicos e obter empréstimos em estabelecimentos mantidos pelo governo.

Caso o requerimento não seja entregue no dia da votação, o eleitor tem até 60 dias, a partir de segunda-feira (27), para levá-lo pessoalmente a qualquer Cartório Eleitoral ou enviá-lo,  via postal, ao juiz da zona eleitoral onde está inscrito. Nas duas hipóteses, o requerimento deve ser acompanhado de documento comprovando as razões da ausência. Conforme técnicos do TSE, serão aceitos passagens ou atestado médico.

Publicidade

Dê sua opinião

Eleitor tem 60 dias para justificar ausência no 2º turno das eleições

Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral não pode, por exemplo, obter passaporte ou carteira de identidade

Por Roberta Tavares em Política

26 de outubro de 2014 às 20:19

Há 5 anos
Eleitor tem até 60 dias para justificar voto (FOTO: Divulgação)

Eleitor tem até 60 dias para justificar voto (FOTO: Divulgação)

O eleitor que não votou neste segundo turno das eleições terá até 60 dias para preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral. O documento pode ser acessado gratuitamente nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), cartórios eleitorais e postos de atendimento ao eleitor.

Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral não pode, por exemplo, obter passaporte ou carteira de identidade, participar de concursos públicos e obter empréstimos em estabelecimentos mantidos pelo governo.

Caso o requerimento não seja entregue no dia da votação, o eleitor tem até 60 dias, a partir de segunda-feira (27), para levá-lo pessoalmente a qualquer Cartório Eleitoral ou enviá-lo,  via postal, ao juiz da zona eleitoral onde está inscrito. Nas duas hipóteses, o requerimento deve ser acompanhado de documento comprovando as razões da ausência. Conforme técnicos do TSE, serão aceitos passagens ou atestado médico.