Guimarães nega candidatura ao Governo, mas não rechaça hipótese


Guimarães nega candidatura ao Governo, mas não rechaça hipótese

O líder parlamentar do governo Cid Gomes afirma que, se for necessários, o Pros do Ceará brigará na Justiça pelo direito à candidatura própria no estado.

Por Pedro Alves em Política

14 de maio de 2014 às 11:46

Há 5 anos
Guimarães: não fala sobre hipóteses (Foto: site oficial)

Guimarães: não fala sobre hipóteses (Foto: site oficial)

O deputado federal José Guimarães (PT) negou nesta quarta-feira (14/04) que tenha mudado de planos quanto à sua pré-candidatura ao Senado Federal. Em conversa com o Tribuna do Ceará, ele deixou claro que, até o momento, nada mudou na estratégia do PT de ter uma candidatura para brigar pela vaga atualmente ocupada pelo senador Inácio Arruda (PCdoB).

Nos últimos dias, informações que rondaram os bastidores indicavam que as dificuldades enfrentadas por Cid Gomes (Pros) com lideranças nacionais de seu partido, poderiam levar o governador a lançar um candidato do PT na briga pela sucessão estadual. Esse candidato seria Guimarães, em uma reviravolta nas estratégias da base governista.

O petista negou, mas não rechaçou a hipótese. Questionado se estaria disposto a concorrer para governador em caso de mudanças significativas no cenário pré-eleitoral, o deputado se negou a responder, alegando que não poderia falar sobre possibilidades. “Eu falo com base na resolução do PT estadual, que diz que teremos uma candidatura para o Senado. Tudo o mais é hipótese e eu não vou fazer política com base em hipótese”.

O líder parlamentar do governo Cid Gomes, deputado José Sarto (Pros), afirmou que não há possibilidade de o Pros apoiar um candidato de outro partido para o Governo do Estado. E que o Poder Judiciário poderá ser acionado para garantir a candidatura do Pros no Ceará.

Publicidade

Dê sua opinião

Guimarães nega candidatura ao Governo, mas não rechaça hipótese

O líder parlamentar do governo Cid Gomes afirma que, se for necessários, o Pros do Ceará brigará na Justiça pelo direito à candidatura própria no estado.

Por Pedro Alves em Política

14 de maio de 2014 às 11:46

Há 5 anos
Guimarães: não fala sobre hipóteses (Foto: site oficial)

Guimarães: não fala sobre hipóteses (Foto: site oficial)

O deputado federal José Guimarães (PT) negou nesta quarta-feira (14/04) que tenha mudado de planos quanto à sua pré-candidatura ao Senado Federal. Em conversa com o Tribuna do Ceará, ele deixou claro que, até o momento, nada mudou na estratégia do PT de ter uma candidatura para brigar pela vaga atualmente ocupada pelo senador Inácio Arruda (PCdoB).

Nos últimos dias, informações que rondaram os bastidores indicavam que as dificuldades enfrentadas por Cid Gomes (Pros) com lideranças nacionais de seu partido, poderiam levar o governador a lançar um candidato do PT na briga pela sucessão estadual. Esse candidato seria Guimarães, em uma reviravolta nas estratégias da base governista.

O petista negou, mas não rechaçou a hipótese. Questionado se estaria disposto a concorrer para governador em caso de mudanças significativas no cenário pré-eleitoral, o deputado se negou a responder, alegando que não poderia falar sobre possibilidades. “Eu falo com base na resolução do PT estadual, que diz que teremos uma candidatura para o Senado. Tudo o mais é hipótese e eu não vou fazer política com base em hipótese”.

O líder parlamentar do governo Cid Gomes, deputado José Sarto (Pros), afirmou que não há possibilidade de o Pros apoiar um candidato de outro partido para o Governo do Estado. E que o Poder Judiciário poderá ser acionado para garantir a candidatura do Pros no Ceará.