No bairro Henrique Jorge, eleitor tenta votar, mas descobre que seu título já tinha sido usado


No bairro Henrique Jorge, eleitor tenta votar, mas descobre que seu título já tinha sido usado

O problema foi registrado em ata e será enviado ao Tribunal Regional Eleitoral

Por Lucas Matos em Política

26 de outubro de 2014 às 16:08

Há 5 anos
Francisco Gonçalves não pôde registrar seu voto (FOTO: FRAN LIMA)

Francisco Gonçalves não pôde registrar seu voto (FOTO: FRAN LIMA)

Um caso inusitado foi registrado na manhã deste domingo (26), no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. O eleitor Francisco Gonçalves Lima, de 52 anos, foi surpreendido quando chegou para votar no Colégio Ayrton Senna da Silva. Ele afirma que não pôde votar porque outra pessoa já havia votado em seu lugar, usando seu número do título de eleitor.

Segundo sua filha, Fran Lima, o pai estava na fila junto a outros eleitores, mas quando foi assinar o livro de votação, a mesária afirmou que ele já tinha votado. “Meu pai tem 52 anos e não foi muito instruído sobre como proceder. Quando ele foi votar, a mesária disse que ele já tinha votado, e ainda mostrou a assinatura dele. Quando saímos do local de votação, voltamos para casa e procuramos um advogado. Depois voltamos ao local onde ele iria votar, mas a mesária disse que ele tinha que assinar a ata, onde cada seção tem o seu para registrar algum tipo de problema”, relata Fran.

Em contato com o Tribuna do Ceará, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) informou que pode ter ocorrido um erro do mesário ao pedir a assinatura do eleitor. Segundo Eduardo Cantarino, assessor do TRE/CE, como “os números são pequenos e ficam um perto do outro, o mesário pode ter se equivocado, mas o processo eleitoral continua normalmente”, explica.

Publicidade

Dê sua opinião

No bairro Henrique Jorge, eleitor tenta votar, mas descobre que seu título já tinha sido usado

O problema foi registrado em ata e será enviado ao Tribunal Regional Eleitoral

Por Lucas Matos em Política

26 de outubro de 2014 às 16:08

Há 5 anos
Francisco Gonçalves não pôde registrar seu voto (FOTO: FRAN LIMA)

Francisco Gonçalves não pôde registrar seu voto (FOTO: FRAN LIMA)

Um caso inusitado foi registrado na manhã deste domingo (26), no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. O eleitor Francisco Gonçalves Lima, de 52 anos, foi surpreendido quando chegou para votar no Colégio Ayrton Senna da Silva. Ele afirma que não pôde votar porque outra pessoa já havia votado em seu lugar, usando seu número do título de eleitor.

Segundo sua filha, Fran Lima, o pai estava na fila junto a outros eleitores, mas quando foi assinar o livro de votação, a mesária afirmou que ele já tinha votado. “Meu pai tem 52 anos e não foi muito instruído sobre como proceder. Quando ele foi votar, a mesária disse que ele já tinha votado, e ainda mostrou a assinatura dele. Quando saímos do local de votação, voltamos para casa e procuramos um advogado. Depois voltamos ao local onde ele iria votar, mas a mesária disse que ele tinha que assinar a ata, onde cada seção tem o seu para registrar algum tipo de problema”, relata Fran.

Em contato com o Tribuna do Ceará, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) informou que pode ter ocorrido um erro do mesário ao pedir a assinatura do eleitor. Segundo Eduardo Cantarino, assessor do TRE/CE, como “os números são pequenos e ficam um perto do outro, o mesário pode ter se equivocado, mas o processo eleitoral continua normalmente”, explica.